Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/8541
Title: Caracterização tecnológica de rejeito de jigagem de minério de ferro.
Authors: Dauce, Pedro Domingos
metadata.dc.contributor.advisor: Lima, Rosa Malena Fernandes
Keywords: Minério de ferro - rejeito
Determinação mineralógica - tecnologia
Minério de ferro - tratamento - Espiral de Humphreys
Flotação
Issue Date: 2017
metadata.dc.contributor.referee: Lima, Rosa Malena Fernandes
Alexandrino, Júnia Soares
Lima, Margarida Márcia Fernandes
Citation: DAUCE, Pedro Domingos. Caracterização tecnológica de rejeito de jigagem de minério de ferro. 2017. 152 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mineral) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2017.
Abstract: Este trabalho apresenta estudos de caracterização tecnológica do rejeito grosseiro de jigagem da planta de beneficiamento de minério de ferro de uma mina do Complexo Serra Azul (Quadrilátero Ferrífero). O objetivo principal foi a proposição de rota de concentração do rejeito que se adeque às características físicas, mineralógicas e químicas do material. Em primeira fase foram efetuados determinações de área superficial específica e porosidade (BET), densidade (picnômetro a gás), distribuição granulométrica (peneiramento e granulômetro a laser), análises químicas (titulometria), PPC (termogravimétrica). Os constituintes mineralógicos principais foram determinados por difração de raios X e o grau de liberação do quartzo por microscopia ótica. De posse dos resultados de caracterização, foram executados ensaios de concentração em espiral de Humphreys (% de sólidos = 20 e 30%, tipo de amostra = global e fração +200#), separação magnética com as mesmas amostras utilizadas na espiral de Humphreys em dois campos magnéticos (3575 e 5465 Gauss) e flotação em bancada, tendo como variáveis a dosagem de amina (50 e 100g/t) e dosagem de amido (200 e 400g/t). Os valores de densidade, área superficial específica e diâmetro dos poros da amostra foram 3,4g/cm³, 14,136m2/g e 17,8Å, respectivamente. O d80 e d50 do material foram de 4200μm e 1800μm, respectivamente. Os teores recalculados foram de 30,35% de Fe, 50,36% de SiO2, 0,19% de Mn, 0,132% de P, 2,10% de Al2O3, e 3,029% de PPC. Os minerais de ferro identificados na amostra de rejeito foram hematita, goethita e magnetita e o material de ganga identificado foi quartzo. Verificou-se que na peneira de 150μm (100#) a liberação do quartzo foi de 82%. Dos métodos de concentração testados, os resultados da concentração magnética foram melhores, alcançando os seguintes resultados: teor de 52,56% de Fe, 19,35% de SiO2, 3,3% de índice de seletividade de Gaudin, para uma recuperação em massa de 38,38% e recuperação metalúrgica de 65,64% para faixa granulométrica +75μm (+200#) e campo magnético de 5465 Gauss (7A).
metadata.dc.description.abstracten: This work presents result of technological characterization carried out with jigging coarse tailing of the iron ore beneficiation plant of a mine located at Serra Azul Complex (Quadrilátero Ferrífero). The main objective of this work was to propose a concentration route of this material. First was performed determinations of specific surface area and porosity (BET), density (gas pycnometer), granulometric distribution (sieving and laser size analyzer), chemical composition (titulometry), loss of ignition - wi (thermogravimetric). The main mineralogical constituents were determined by X-ray diffraction and the quartz liberation spectrum by optical microscopy. With the characterization results, were tested Humphreys spiral concentration (% solids = 20 and 30%, sample type = global and fraction + 200#), magnetic separation with the same samples used in the Humphreys spiral in two magnetic fields (3575 and 5465 Gauss) and bench flotation, the tested was variables amine (50 and 100g/t) and starch dosage (200 and 400g/t). The values of density, specific surface area and pore diameter of the sample were respectively 3,41g/cm³, 14,136m2/g and 17,8Å. The d80 and d50 of the material were 4200μm and 1800μm, respectively. The recalculated grades of sample were 30,35% Fe, 50,36% SiO2, 0,19% Mn, 0,132% P, 2,10% Al2O3, and 3,029% wi. The iron minerals identified in the tailing sample were hematite, goethite, magnetite and the main identified gangue mineral was quartz. It was verified that in the sieve of 150μm (100#) the quartz liberation was 82%. From the concentration methods tested, the results of the magnetic concentration were better, reaching the following results: grades of 52,56% Fe, 19,35% SiO2, 3,3 Gaudin selectivity index, for mass recovery of 38,38% and metallurgical recovery of 65,64% for size fraction +75μm (+200#) and magnetic field of 5465 Gauss (7A).
Description: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral. Departamento de Engenharia de Minas, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8541
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 07/03/2017 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PPGEM - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO_CaracterizaçãoTecnológicaRejeito.pdf8,2 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons