Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3135
Título: A cor local e a escrita da história no século XIX : o uso da retórica pictórica na historiografia nacional.
Autor(es): Cardoso, Eduardo Wright
Orientador(es): Nicolazzi, Fernando Felizardo
Palavras-chave: Cor local
Historiografia
História - estudo e ensino
Brasil - historiografia
Data do documento: 2012
Editora / Evento / Instituição: Programa de Pós-Graduação em História. Departamento de História, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
Referência: CARDOSO, E. W. A cor local e a escrita da história no século XIX : o uso da retórica pictórica na historiografia nacional. 2012. 187 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2012.
Resumo: Recurso originalmente vinculado ao campo pictórico, a cor local é um mecanismo narrativo de largo emprego que se manifesta em diferentes tipos discursivos e engendra um feixe de expressões contíguas que pode ser denominado de retórica pictórica. Durante o século XIX, o dispositivo é incorporado pela escrita historiográfica e torna-se parte significativa de uma poética da história mobilizada para a representação histórica do passado. O objetivo desta pesquisa é, pois, investigar as implicações do emprego da cor local na escrita da história oitocentista no Brasil. Para isso, recorro aos textos fundadores produzidos no âmbito do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB) e a obras de historiadores do período, sobretudo Francisco Adolfo de Varnhagen, com o intuito de verificar como se efetiva a utilização da retórica pictórica. Como hipótese, parto da noção de que a aproximação empreendida entre escrita da história e pintura, topos comum ao dispositivo objeto desta pesquisa, expressa não somente um anseio estético, mas se constitui como um fator de construção do argumento historiográfico. Isso porque a cor local resguarda uma dimensão imagética que permite ao historiador não somente relatar, mas também mostrar o passado e a paisagem ao leitor. Ao estimular e configurar a visão para historiadores e leitores, a cor local se revela, pois, um componente fundamental para a historiografia oitocentista. __________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: Resource originally linked to the pictorial field, the local color is a narrative mechanism for broad application that manifests itself in different discursive types and generates a set of contiguous expressions that can be called pictorial rhetoric. During the 19th century, the device is incorporated in the historiographical writing and becomes a significant part of the poetic of history mobilized for the historical representation of the past. The objective of this research is, therefore, to investigate the implications of the use of local color in the writing of history in nineteenth century in Brazil. For this, I refer to the founding texts produced under the Brazilian Historical and Geographical Institute (IHGB) and the works of historians of the period, especially Francisco Adolfo de Varnhagen, in order to verify how operates the use of pictorial rhetoric. As a hypothesis, I take the notion that the approach undertaken between history writing and painting, common topos to the narrative device, express a desire not only aesthetic, but is constituted as a factor for the construction of the historiographical argument. This is because the local color maintains a imagery dimension that allows the historian not only reporting, but also show the past and the landscape to the reader. By encouraging and setting the vision for historians and readers, the local color reveals itself as a key component to the nineteenth-century historiography.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3135
Aparece nas coleções:PPGHis - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_CorLocalEscrita.pdf1,29 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.