Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10625
Título: Quantificação de magnetita em pelotas de minério de ferro por meio de propriedades magnéticas.
Autor(es): Silva, Cristiano Lopes da
Orientador(es): Silva, Sávio Augusto Lopes da
Euzébio, Thiago Antonio Melo
Palavras-chave: Pelotas
Magnetita
Permeabilidade magnética
Data do documento: 2018
Membros da banca: Silva, Sávio Augusto Lopes da
Euzébio, Thiago Antonio Melo
Rêgo Segundo, Alan Kardek
Reis, Agnaldo José da Rocha
Resende, Valdirene Gonzaga de
Referência: SILVA, Cristiano Lopes da. Quantificação de magnetita em pelotas de minério de ferro por meio de propriedades magnéticas. 2018. 72 f. Dissertação (Mestrado em Instrumentação, Controle e Automação de Processos de Mineração) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2018.
Resumo: Nesta dissertação, estão descritas as etapas de desenvolvimento de um protótipo de um medidor de teor de magnetita em pelotas de minério de ferro. O protótipo proposto utiliza o fenômeno físico da indutância mútua como princípio de funcionamento e realiza as medições com base em propriedades magnéticas das pelotas de minério de ferro. O processo de formação de magnetita em pelotas de minério de ferro ocorre no forno de endurecimento, a elevadas temperaturas. A presença de magnetita diminui a resistência física das pelotas produzidas. Logo, a determinação do teor de magnetita em pelotas queimadas fornece uma importante informação para o controle do processo da pelotização. Um controle adequado de temperatura do forno pode reduzir a quantidade de magnetita formada nas pelotas, além de reduzir o gasto energético com combustível, gerando ganhos financeiro e ambientais. O protótipo desenvolvido neste trabalho foi calibrado com amostras de pelotas de minério de ferro produzidas em uma planta de pelotização. Os resultados obtidos mostraram que o protótipo é capaz de estimar o teor de magnetita em amostras de pelotas de minério de ferro.
Resumo em outra língua: In this dissertation, the stages of development of a prototype of a magnetite content meter in iron ore pellets are described. The proposed prototype uses the physical phenomenon of mutual inductance as a working principle and performs measurements based on the magnetic properties of the iron ore pellets. The process of formation of magnetite in iron ore pellets occurs in the hardening furnace, at high temperatures. The presence of magnetite decreases the physical resistance of the pellets produced. Therefore, the analysis of magnetite content in pellets provides important information to control the pelletizing process. A suitable furnace temperature control can reduce the amount of magnetite formed in pellets, in addition to reducing the energy expenditure with fuel, generating financial and environmental gains. The prototype was calibrated with samples of pellets produced by pelletizing plant. The results showed that the prototype is capable of estimating the magnetite content in samples of iron ore pellets.
Descrição: Programa de Pós-Graduação em Instrumentação, Controle e Automação de Processos de Mineração. Departamento de Engenharia de Controle e Automação, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10625
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 08/01/2019 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite a adaptação.
Aparece nas coleções:PROFICAM - Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_QuantificaçãoMagnetitaPelotas.pdf24,34 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons