Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8870
Title: Hegel e o historicismo frente ao desafio da contingência.
Authors: Rodrigues, Renato Paes
metadata.dc.contributor.advisor: Mata, Sérgio Ricardo da
Keywords: História - filosofia
Issue Date: 2017
metadata.dc.contributor.referee: Mata, Sérgio Ricardo da
Rangel, Marcelo de Mello
Caldas, Pedro Spinola Pereira
Citation: RODRIGUES, Renato Paes. Hegel e o historicismo frente ao desafio da contingência. 2017. 219 f. Dissertação (Mestrado em História) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2017.
Abstract: Esta dissertação reavalia o debate entre o filósofo Georg Wilhelm Friedrich Hegel e os historicistas clássicos, Leopold von Ranke, Jacob Burckhardt e Johann Gustav Droysen, tendo como fio condutor o problema da contingência. É possível afirmar que todos os autores citados respondem de algum modo ao desafio da contingência pela ideia de continuidade do processo histórico, ainda que no caso de Ranke e Burckhardt, isso não pareça ter relação com a filosofia da história hegeliana. Em Droysen, por outro lado, a ideia de continuidade tem nitidamente uma precedência hegeliana. Desse modo, nossa hipótese é de que há um desenvolvimento ou continuidade da história, que, com o passar dos séculos, torna a humanidade mais integrada e complexa, sendo Hegel fundamental para compreender esta dinâmica.
metadata.dc.description.abstracten: This dissertation re-examines the debate between philosopher Georg Wilhelm Friedrich Hegel and classical historicism, Leopold von Ranke, Jacob Burckhardt and Johann Gustav Droysen, with the problem of contingency as the guiding principle. It is possible to affirm that all the mentioned authors respond in some way to the challenge of contingency by the idea of continuity of the historical process, although in the case of Ranke and Burckhardt, this does not seem to have relation with the philosophy of the Hegelian history. In Droysen, on the other hand, the idea of continuity clearly has a Hegelian origin. Thus, our hypothesis is that there is a development or continuity of history, which, over the centuries, makes humanity more integrated and complex, and that Hegel is fundamental to understand this dynamic.
Description: Programa de Pós-Graduação em História. Departamento de História, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8870
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 02/10/2017, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Appears in Collections:PPGHis - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO_HegelHistoricismoFrente.pdf1,51 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons