Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8548
Title: Proposta de uma sequência didática fundamentada na teoria Ator Rede : o estatuto do embrião.
Authors: Oliveira, Juliana Roberto de
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Fábio Augusto Rodrigues e
Keywords: Teoria Ator-Rede
Ciência e tecnologia
Issue Date: 2017
metadata.dc.contributor.referee: Allain, Luciana Resende
Cruz, Luciana Hoffert Castro
Silva, Fábio Augusto Rodrigues e
Citation: OLIVEIRA, Juliana Roberto de. Proposta de uma sequência didática fundamentada na teoria Ator Rede : o estatuto do embrião. 2017. 126f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências) – Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2017.
Abstract: Vemos a sala de aula como um espaço multicultural em que estão presentes variadas formas de viver e de ver o mundo. Sob este ponto de vista seus agentes - professores e alunos - podem apresentar culturas e visões de mundo distintas que podem ser compatíveis e complementares ou completamente distintas entre si dificultando ou até mesmo impossibilitando o diálogo e assim a aprendizagem. No século 20, a partir dos anos 90, é construído em torno do conhecimento científico um status de superioridade epistemológica em relação aos demais conhecimentos. Nesta mesma época pesquisadores e educadores passam a questionar a depreciação do saber popular e o cientificismo imperante. Diversos debates que daí surgem traduzem maneiras diferentes de alcançar um objetivo comum de tornar o ensino de ciências culturalmente mais sensível. É neste sentido que apresentamos a proposta deste trabalho: desenvolver de forma compartilhada uma sequência didática (SD) sobre questões sociocientíficas suscitadas pelo Estatuto do Embrião - projeto de lei que envolve o encontro de diversos conhecimentos e saberes e propicia a simulação de processos decisórios. A ênfase desse trabalho encontra-se na explicitação e no mapeamento dos processos de elaboração e de adequação da SD que foi desenvolvida sob a inspiração da cartografia de controvérsias (CdC). O intuito principal é o desenvolvimento de metodologias que incentivem que as salas de aula se abram para o trabalho com as controvérsias que nos cercam cotidianamente. Os aportes teórico-metodológicos da Teoria Ator-Rede nos permitem mapear as complexas relações entre os polos da ciência e da sociedade, portanto utilizamo-nos destes tanto para a elaboração da SD quanto para a análise dos dados desta pesquisa. A SD enquanto um objeto sociotécnico possibilitou o surgimento e a união de diversas redes que antes não se conectavam. Calculamos podermos contribuir no que diz respeito ao apontamento de um caminho para o trabalho de temas controversos por meio de sequências didáticas e também por meio do método de análise de dados que desenvolvemos à partir da TAR para a identificação dos atores humanos e não humanos participantes da rede sociomaterial propiciada pela SD. Tal método nos propiciou compreender o que emergiu ou foi mobilizado em termos de competências, conhecimentos, saberes e aprendizados profissionais pelos envolvidos no processo. Interessamo-nos por uma educação científica que permita aos cidadãos apropriarem-se de conhecimentos e habilidades necessários ao questionamento do raciocínio técnico de cientistas e governantes e que propicie o desenvolvimento de uma postura mais ativa em momentos em que se exige tomada de decisões sobre riscos e incertezas produzidos pela ciência e pela técnica. Na atualidade percebemos o pouco esforço no que tange a equipar cidadãos com novas ferramentas para compreensão de questões controversas de forma ajustada à situação presente. Sob este aspecto acreditamos e defendemos que a Teoria Ator-Rede e a cartografia de controvérsias sejam potenciais instrumentos na tentativa de representar - de forma sensível e compreensível - os debates em torno de questões de interesse público.
metadata.dc.description.abstracten: We see the classroom as a multicultural space in which there are varied ways of living and seeing the world. From this standpoint, its agents - teachers and students - can present distinct cultures and worldviews that may be compatible and complementary or completely different from each other, making it difficult or even impossible to dialogue and thus learning. In the 20th century, from the 1990s, a status of epistemological superiority was built around scientific knowledge regarding other fields of knowledge. At the same time researchers and educators began to question the depreciation of popular knowledge and prevailing scientism. Many emerging debates translate different ways of achieving a common goal of making science education culturally more sensitive. It is in this sense that we present the proposal of this work: to develop in a shared way a didactic sequence (DS) on socio-scientific questions raised by the Embryo Statute - a bill that involves the meeting of several kinds of knowledge and allows the simulation of decision processes. The emphasis of this work is on the explanation and mapping of the processes of elaboration and adequacy of DS that was developed under the inspiration of cartography of controversies (CofC). The main purpose is to develop methodologies that encourage classrooms to open themselves up to work with the controversies that surround us daily. The theoretical-methodological contributions of the Actor-Network Theory allow us to map the complex relations between the poles of science and society, so we use them both for the elaboration of DS and for the analysis of the data of this research. DS as a sociotechnical object allowed the emergence and union of several networks that were not connected before. We estimate that we can contribute with regard to pointing out a path to work on controversial topics through didactic sequences and also through the data analysis method we developed from ANT to identify the human and nonhuman actors participating in sociomaterial network provided by DS. This method allowed us to understand what emerged or was mobilized in terms of skills, knowledge, knowledge and professional learning by those involved in the process. We are interested in a scientific education that enables citizens to appropriate the knowledge and skills necessary to question the technical reasoning of scientists and government officials and to foster the development of a more active attitude at a time when risk and uncertainties are produced by science and technology. Nowadays we notice the little effort in equipping citizens with new tools to understand controversial issues in a way that is adjusted to the present situation. In this matter we believe and defend that the actor-network theory and the cartography of controversies are potential instruments in an attempt to represent - in a sensitive and understandable way - the debates around issues of public interest.
Description: Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/8548
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pela autora, 04/08/2017, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Appears in Collections:MPEC - Mestrado (Dissertação)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_PropostaSequênciaDidática.pdf2,34 MBAdobe PDFView/Open
PRODUTO_PropostaSequênciaDidática.pdf384,16 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons