Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6523
Title: Utilização de rejeito de barragem de minério de ferro como matéria prima para infraestrutura rodoviária.
Authors: Bastos, Lucas Augusto de Castro
metadata.dc.contributor.advisor: Peixoto, Ricardo André Fiorotti
Keywords: Resíduos industriais
Minérios de ferro
Pavimentação rodoviária
Issue Date: 2013
metadata.dc.contributor.referee: Fernandes, Gilberto
Padula, Flávio Renato de Góes
Citation: BASTOS, Lucas Augusto de Castro. Utilização de rejeito de barragem de minério de ferro como matéria prima para infraestrutura rodoviária. 2013. 112 f. Dissertação (Mestrado em Geotecnia) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2013.
Abstract: O aumento na geração de resíduos sólidos das atividades minerárias tem motivado reflexões a respeito da sustentabilidade frente aos graves problemas urbanos e ambientais; bem como a um gerenciamento oneroso e complexo destes rejeitos. As idéias relacionadas a conservação do meio ambiente e a exploração responsável de recursos naturais têm levado grandes empresas a investir em pesquisa e desenvolvimento no sentido de encontrar maneiras sustentáveis e econômicas de reaproveitar os resíduos gerados pelas atividades produtivas de suas plantas industriais. O presente trabalho teve como finalidade verificar a aplicabilidade do rejeito de minério de ferro estabilizado granulométrica e quimicamente buscando materiais alternativos quais pudessem contribuir de forma efetiva para a construção de obras de infraestrutura de pavimentação e que contribuíssem também com a redução dos impactos ambientais causados pelas atividades mineradoras. A metodologia proposta consistiu-seda caracterização do rejeito de minério de ferro a partir das análises de granulometria conjunta, limites de Atterberg, massa específica, compactação, CBR, expansão, resistência à compressão simples, absorção, durabilidade; análises químicas de Difração de Raios-X e análises ambientais. A partir das análises procedidas, verificou-se a necessidade de estabilização do rejeito. Para estabilização química do rejeito foram utilizados como ligantes; cimento, cal e escória de aciaria, dosados segundo misturas de rejeito-cimento, rejeito-cal e rejeito-escória nos teores de 1%, 2%, 5% e 10%. Para a estabilização granulométrica, desenvolveram-se dosagens em que determinaram-se misturas com escória nos teores de 30%, 50% e 70%, como mais indicados. O planejamento experimental das misturas estabilizadas foi composto pelos ensaios de compactação, CBR, expansão, resistência à compressão, absorção e durabilidade. Para análise dos resultados foi adotado um comparativo entre os valores do rejeito “in natura” e as misturas estabilizadas química e granulometricamente. Os resultados obtidos mostraram que o rejeito de minério de ferro apresenta potencial para ser empregado como material de infraestrutura rodoviária seja por meio de estabilização granulométrica ou pela estabilização química.
metadata.dc.description.abstracten: The increase in solid waste generation from the mining activities has motivated reflections about the sustainability front to the serious urban and environmental problems, as well as an onerous and complex management of this tailings. The ideas related to environmental conservation and responsible exploration of natural resources have led large companies to invest in research and development in order to find sustainable and economical ways to reuse the waste generated by the production activities of its industrial plants. This study aimed to verify the applicability of iron ore tailing granulometric and chemically stabilized seeking for alternative materials which could effectively contribute to the construction of infrastructure paving and also reduct the environmental impacts caused by mining activities. The methodology consisted in the characterization of iron ore tailings from the following tests: granulometry joint, Atterberg limits, specific mass, compaction, CBR, expansion, resistence to simple compression, absorption, durability, chemical analyzes of diffraction of x-rayand environmental analyzes. The results evidenced the need of waste stabilization. For chemical stabilization of tailings were used as binders, cement, lime and steel slag measured from mixtures of waste-cement, waste-lime and tailing slag in the levels of 1%, 2%, 5% and 10%.For the granulometric stabilization were developed dosages which determined mixtures with slag contents of 30%, 50% and 70%, for better results. The experimental planning of the stabilized mixtures was composed by compaction, CBR, expansion, resistence to compression, absorbency and durability tests. For data analysis we adopted a comparative between the values of the waste "in natura" and mixtures stabilized chemically and granulometrically. The results showed that the iron ore tailing has potential to be used as a material for road infrastructure through granulometric stabilization or chemical stabilization.
Description: Programa de Pós-Graduação em Geotecnia. Núcleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6523
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 02/06/2016 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:POSGEO - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_UtilizaçãoRejeitoBarragem.pdf2,6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.