Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5723
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVila, Maria do Carmopt_BR
dc.contributor.authorSilva, Fabrícia Lúcia Costa Ferreira da-
dc.date.accessioned2015-11-04T16:59:46Z-
dc.date.available2015-11-04T16:59:46Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.citationSILVA, Fabrícia Lúcia Costa Ferreira da. Analisando contribuições da teoria das situações didáticas no ensino e na aprendizagem da estatística e das probabilidades no ensino fundamental. 2015. 162 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/5723-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Educação Matemática. Departamento de Matemática, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractA presente pesquisa visa a contribuir com o debate e sugestões de alternativas pedagógicas para o ensino e a aprendizagem desses conteúdos no Ensino Fundamental, tendo por base a Teoria das Situações Didáticas, de Guy Brousseau (2008, 2013, 1998, 1996) e trabalhos de alguns educadores matemáticos. O objetivo principal desta investigação foi coletar informações que pudessem responder à seguinte questão de pesquisa: Quais as contribuições da Teoria das Situações Didáticas no ensino e na aprendizagem da Estatística e das Probabilidades no 6o ano do Ensino Fundamental? Ela foi realizada com 30 alunos do 6o ano do Ensino Fundamental de uma escola municipal de Congonhas, Minas Gerais. Para a coleta de dados foram utilizados os seguintes instrumentos: caderno de campo da professora-pesquisadora com os registros das observações feitas em classe, caderno de anotações dos participantes, grupos focais, testes, questionários, manifestações orais dos participantes e gravações em áudio e vídeo. As gravações foram transcritas para análise. Os resultados apresentaram fortes indícios de que a teoria em questão contribui de vários modos para o ensino e a aprendizagem da Estatística e das Probabilidades: autonomia dos alunos, envolvimento e satisfação dos alunos na realização das atividades; estímulo à interação e cooperação aluno-aluno e aluno-professor em sala de aula; percepção do aluno sobre a importância do saber matemático; apropriação pelos alunos dos saberes estatísticos e probabilísticos trabalhados durante a pesquisa. Além disso, os resultados evidenciaram as dificuldades vivenciadas pelos alunos na aquisição dos conhecimentos e os erros por eles cometidos. Na Teoria das Situações Didáticas, quando identificados, os erros e as dificuldades cometidos pelos alunos tornam-se uma valiosa fonte de informação para a elaboração de boas questões ou de novas situações problemas que possam atender, mais claramente, os objetivos desejáveis.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectGerenciamento de informaçãopt_BR
dc.subjectEducação matemáticapt_BR
dc.titleAnalisando contribuições da teoria das situações didáticas no ensino e na aprendizagem da estatística e das probabilidades no ensino fundamental.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 26/10/2015 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.description.abstractenThis research aims to contribute to the discussion and suggestions of educational alternatives for teaching and learning of these contents in Primary Education, based on the Theory of Didactic Situations (Brousseau, 2008, 2013, 1998, 1996) and works of some mathematics educators. The main objective of this research was to collect information that could answer the research question: What are the contributions of the Theory of Didactic Situations in teaching and learning of Statistics and Probability in the 6th grade of elementary school? It was conducted with 30 students of the 6th grade of elementary school of a municipal school in Congonhas, Minas Gerais. For data collection the following instruments were used: the teacher-researcher's field notebook with records of observations made in class, notebook student, focus groups, tests, quizzes, oral manifestations of students and audio recordings and video. The recordings were transcribed for analysis. The results showed strong evidence that the theory in question contributes in various ways to the teaching and learning of Statistics and Probability: autonomy, involvement and student satisfaction in carrying out activities; stimulating interaction and cooperation student-student and student-teacher in the classroom; perception of students about the importance of mathematical knowledge; appropriation by the students of statistical and probabilistic knowledge worked during the search. In addition, the results showed the difficulties experienced by students in the acquisition of knowledge and the errors they committed. For the Theory of Didactic Situations, when identified, mistakes and difficulties made by the student become a valuable source of information for the preparation of good issues or new situations problems that can meet more clearly desirable goals.-
Appears in Collections:PPGEDMAT - Mestrado profissional (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AnalisandoContribuiçõesTeoria.pdf2,49 MBAdobe PDFView/Open
PRODUTO_EstatísitcaProbabilidadesEnsino.pdf934,98 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons