Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/4595
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorMoreira, Plínio Cavalcanti-
dc.contributor.authorFerreira, Emília Barra-
dc.contributor.authorJordane, Alex-
dc.contributor.authorNóbriga, Jorge Cássio Costa-
dc.contributor.authorFischer, Maria Cecília Bueno-
dc.contributor.authorSilveira, Everaldo-
dc.contributor.authorBorba, Marcelo de Carvalho-
dc.date.accessioned2015-03-12T18:48:03Z-
dc.date.available2015-03-12T18:48:03Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.citationMOREIRA, P. C. et al. Quem quer ser professor de matemática? Zetetike, Campinas, v. 20, n. 37, p. 11-36, jan./jun. 2012. Disponível em: <https://www.fe.unicamp.br/revistas/ged/zetetike/article/view/2850/3729>. Acesso em: 09 mar. 2015.pt_BR
dc.identifier.issn2176-1744-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4595-
dc.description.abstractEste artigo relata um estudo sobre o perfil dos ingressantes nos cursos de licenciatura em matemática no Brasil. Os sujeitos da pesquisa foram 664 alunos que entraram na licenciatura em matemática em 19 instituições de ensino superior de 10 estados brasileiros nos anos de 2008, 2009 e 2010. Os dados foram obtidos através de um questionário com 27 perguntas sobre as condições socioeconômicas, a formação escolar e o processo de escolha da licenciatura em matemática como formação universitária. Os resultados indicam que, em sua grande maioria, o ingressante é jovem, solteiro, estudou na escola pública, escolheu a licenciatura atraído mais pela matemática do que pela docência, possui pelo menos um computador em casa, tem renda familiar abaixo de 5 salários mínimos, não contribui para o sustento da família e está ascendendo a um nível de escolaridade superior ao dos pais, entre outras características.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectEducação matemáticapt_BR
dc.subjectFormação de professorespt_BR
dc.subjectLicenciatura em matemáticapt_BR
dc.subjectProfessor de matemáticapt_BR
dc.subjectPerfil do licenciando em matemáticapt_BR
dc.titleQuem quer ser professor de matemática?pt_BR
dc.title.alternativeWho wants to be a mathematics teacher?pt_BR
dc.typeArtigo publicado em periodicopt_BR
dc.rights.licenseOs trabalhos publicados na Zetetiké estão sob Licença Creative Commons que permite copiar, distribuir, transmitir e adaptar o trabalho, desde que sejam citados o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais. Fonte: Zetetiké <http://ojs.fe.unicamp.br/ged/zetetike/about/submissions#copyrightNotice>. Acesso em: 02 fev. 2017.pt_BR
dc.description.abstractenIn this article we report on a study whose purpose was to identify the profile of prospective mathematics teachers. The subjects of the study were 664 students that entered teacher education programs in 19 Brazilian universities in 10 different states in the years of 2008, 2009 and 2010. A questionnaire with 27 questions was used to collect data concerning socioeconomic status, schooling and the decision to enter the university to prepare to be a mathematics teacher. The results point to the following elements of the profile, among others: the prospective mathematics teachers are young, single, studied in public schools, chose the mathematics teaching field attracted more by mathematics than by teaching, come from families with a family income of less than 5 minimum salaries a month and are ascending to an educational level higher than that of their parents.-
Appears in Collections:DEMAT - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_QuemQuerSer.pdf174,47 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.