Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4316
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSant'Anna, Eneida Maria Eskinazipt_BR
dc.contributor.authorPaes, Thécia Alfenas Silva Valente-
dc.date.accessioned2015-01-21T18:23:35Z-
dc.date.available2015-01-21T18:23:35Z-
dc.date.issued2010-
dc.identifier.citationPAES, Thécia Alfenas Silva Valente. Influência dos mecanismos de controle ascendentes sobre a composição e estrutura da comunidade zooplanctônica em reservatórios eutróficos do Semi-Árido brasileiro. 2010. 32 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2010.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4316-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais. Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractEm ecossistemas eutróficos, as cianobactérias são dominantes e exercem forte influência sobre os organismos zooplanctônicos, causando modificações na estrutura trófica. Com o objetivo de avaliar como as cianobactérias podem afetar diferentes grupos zooplanctônicos, foram realizadas coletas de água e plâncton em três reservatórios em fevereiro, agosto e novembro de 2008 e março e maio de 2009. O biovolume de cianobactérias esteve positivamente correlacionado com a concentração de microcistina na água dos reservatórios (r=0,44; p<,01). No entanto, não foram observadas associações entre as concentrações de microcistinas e a biomassa dos grupos zooplanctônicos. O biovolume das cianobactérias esteve positivamente correlacionado com a biomassa de rotíferos (r=0,57; p<,001), de copépodos Cyclopoida (r= 0,56; p<,001) e copépodos Calanoida (r= 0,54; p<,001). Os mecanismos de controle ascendentes relacionados às florações algais (efeitos negativos da microcistina e biovolume de cianobactérias) não foram verificados sobre os organismos da comunidade zooplanctônica dos reservatórios.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectCianobactériaspt_BR
dc.subjectReservatóriospt_BR
dc.subjectAlelopatiapt_BR
dc.titleInfluência dos mecanismos de controle ascendentes sobre a composição e estrutura da comunidade zooplanctônica em reservatórios eutróficos do Semi-Árido brasileiro.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor(a), 05/11/2014, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.pt_BR
dc.contributor.refereeSant'Anna, Eneida Maria Eskinazi-
dc.contributor.refereeAttayde, José Luiz de-
dc.contributor.refereeLeite, Mariangela Garcia Praça-
dc.description.abstractenIn eutrophic systems cyanobacteria are dominants and exert a strong influence on zooplankton community, causing changes in trophic structure. With the aim of assessing the effects of cyanobacteria under different zooplankton groups, water and plankton samples were taken from three reservoirs in February, August and November 2008 and March and May 2009. The biovolume of cyanobacteria was positively correlated with the concentration of microcystin in the water (r = 0.44, p <0.01). However, any association between the concentrations of microcystins and biomass of zooplankton groups was observed. T he biovolume of cyanobacteria was positively correlated with the biomass of rotifers (r = 0.57, p <.001), cyclopoid copepods (r = 0.56, p <.001) and calanoid copepods (r = 0.54; p <.001). The bottom-up mechanisms as control for zooplankton biomass ((negative effectes of microcystin and cyanobacteria biovolume) was not observed in the zooplankton community of the reservoirs.-
Appears in Collections:PPGEBT - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_MecanismosAcendentesInfluência.pdf1,49 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons