Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3423
Title: Pesquisando a própria prática : narrativa de uma professora de Matemática.
Authors: Braga, Nádia Helena
metadata.dc.contributor.advisor: Kawasaki, Teresinha Fumi
Keywords: Matemática - estudo e ensino
Prática de ensino
Narrativas pessoais
Autobiografia
Issue Date: 2013
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática. Departamento de Matemática, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: BRAGA, N. H. Pesquisando a própria prática : narrativa de uma professora de Matemática. 2013. 178 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2013.
Abstract: Esta é uma pesquisa sobre a minha própria prática. Trata-se de uma abordagem qualitativa. Os dados – as observações sobre a minha própria prática – foram coletados em 2012, em uma turma do Ensino Fundamental, em uma escola da Rede Municipal de Belo Horizonte. Para realizar as observações sobre a minha prática em sala de aula, contei com a participação e colaboração de uma turma de oitavo ano e, com essa turma, planejei e trabalhei uma sequência de atividades matemáticas (reformuladas constantemente), que foram realizadas em sala de aula no segundo semestre de 2012. Ao longo dessa investigação, as aulas foram gravadas em áudio e vídeo e, como outro recurso de recolha de dados, produzi um diário de campo, no qual relatei os fatos e acontecimentos durante o período da investigação. Após as transcrições das filmagens em sala de aula, juntamente com o diário de campo produzi um texto narrativo, “O Diário da Pesquisa”. Construí também um texto (auto)biográfico com a narrativa da minha história de formação escolar. Dos textos produzidos foram destacados: palavras, frases, questionamentos, reflexões a respeito de minhas ações. No exercício da construção desses textos narrativos sobre mim mesma, advieram análises e reflexões sobre essas ações; busquei na narrativa (auto)biográfica e no Diário de Pesquisa a compreensão de minha prática atual. Em minhas reflexões, me dei conta de que, como professora de Matemática, tenho expectativas que foram, por vezes, superestimadas e, em outras, superadas. Quase sempre, trabalhamos com scripts prontos, com sequência de passos programados. A sala de aula pode nos surpreender e precisamos nos preparar para rever passos, conceitos e preconceitos que envolvem a nossa prática de sala de aula. Apesar desse processo difícil e doloroso, posso dizer que realizar a pesquisa sobre a própria prática contribuiu, de forma preciosa,para o meu (auto)conhecimento e,desse modo, para (re)significar a minha prática em sala de aula.
metadata.dc.description.abstracten: This is a research about my own practice. It is a qualitative study. The data – observations about my own practice – were collected in 2012, in the last years of a primary school classroom (13-15 years old), in a public school based on the city of Belo Horizonte. To realize this investigation, I counted on the participation and collaboration of a group of eighth year students, and with them I planned and worked a series of mathematical activities (constantly reformulated) in the second half of 2012. Throughout this investigation, the classes were audio and video taped, and as another resource of data collection, I produced a field diary, in which I reported the all facts, events, thoughtsand feelings that outcome during the investigation. After the transcripts of filming and audio tapingwere done, along with the field diary, I produced a narrative text: the "Research Diary". I also wrote an (auto)biographical narrative with the story that reconstruct the path throughout I became a Mathematics teacher. In these texts, words, sentences, questions, thoughts about my actions were highlighted. This exercise – of producing these narrative texts about myself –produced analyzes and reflections on these actions. I sought in the autobiographical narrative, and on the research diary, an understanding of my current practice. In my reflections, I realized that, as a mathematics teacher, I have expectations on my practice and on students learning that will not be met the way I expected. Sometimes, they are overrated, and,in other occasions, they turned to be the other way around. Students can amazingly surprise us. The fact is that, in most cases, we work in our classes with prewritten scripts ina well-defined sequence of steps, for we are not prepared to review steps, concepts and preconceptions that involve our practice and to rewrite the script. Despite the difficult and painful process, I can say that conductingthe research on my own practice brought me invaluable contributions to my self-knowledge and thus to redefine my practice in the classroom
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3423
metadata.dc.rights.license: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições. Na qualidade de detentor dos direitos autorais, de acordo com a lei nº 9610/98 autorizo a Universidade Federal de Ouro Preto/ UFOP, a disponibilizar gratuitamente, sem ressarcimento dos direitos autorais, o texto integral da publicação supracitada, em meio eletrônico, na BDTD - Biblioteca Digital de Teses e Dissertações e no Repositório Institucional da UFOP, no formato especificado, para fins de leitura, impressão e/ou download pela Internet, a título de divulgação da produção científica gerada pela Universidade a partir desta data.
Appears in Collections:PPGEDMAT - Mestrado profissional (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_PesquisandoPrópriaPrática.pdf4,52 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons