Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/3291
Title: Professoras iniciantes da educação infantil : encantos e desencantos da docência.
Authors: Cardoso, Solange
metadata.dc.contributor.advisor: Nunes, Célia Maria Fernandes
Keywords: Prática de ensino
Professores - formação
Profissões - desenvolvimento
Educação de crianças
Issue Date: 2013
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Educação. Departamento de Educação, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: CARDOSO, S. Professoras iniciantes da educação infantil : encantos e desencantos da docência. 2013. 156 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2013.
Abstract: O início da carreira docente, marcado pela passagem da condição de aluno para professor, representa a primeira etapa do desenvolvimento profissional docente. Essa fase da carreira caracteriza o início da docência como um momento marcado por muitas angústias, descobertas, desafios, tentativas do tipo “erro e acerto” e, ainda, como um momento em que o professor vive um “choque de realidades”. Esta pesquisa refere-se a um estudo sobre o desenvolvimento profissional das professoras iniciantes da Educação Infantil. Para compreendermos essa fase da carreira e os sujeitos que dela fazem parte nos apoiamos em autores como Garcia (1998; 1999; 2009), Huberman (2000), Tardif e Raymond (2000) e Lima (2006; 2011). Definimos como questão de investigação compreender os desafios e dilemas das professoras iniciantes que atuam na Educação Infantil da rede Pública Municipal da abrangência da 25ª Superintendência Regional de Ensino de Ouro Preto, MG, Brasil. No intuito de encontrarmos respostas para o nosso problema de investigação, traçamos os objetivos visando identificar e analisar os dilemas e tensões vivenciados pelas professoras da Educação Infantil nos primeiros anos do desenvolvimento profissional. Como referencial metodológico, desenvolvemos uma pesquisa de abordagem predominantemente qualitativa. Para a coleta de dados optamos por utilizar o questionário, a observação e a entrevista semiestruturada; e, para a exploração dos dados, optamos pela análise de prosa. O estudo revelou que as professoras iniciantes da Educação Infantil vivenciam diversos dilemas e tensões nos primeiros anos da carreira, identificados em sua fala por meio da constatação de fatores que, ao mesmo tempo, levam ao encanto e/ou desencanto. O encantamento se manifesta quando elas revelam que se sentem realizadas por estarem na profissão que sempre sonharam, por estarem trabalhando com alunos da faixa etária que se identificam e que sentem “amor” por eles, por assumirem uma sala de aula sozinha, por poderem receber e dar carinho e perceberem que as experiências com a sala de aula e os estágios contribuíram para que elas não ficassem perdidas, bem como que podem recorrer a seus pares para buscarem apoio. Mas, atrelado a essas constatações positivas, há o “desencantamento” revelado por elas quando percebem que o curso de formação inicial não as preparou para atuarem com esse segmento de ensino; quando elas notam que há uma significativa distância entre os conhecimentos teóricos e a prática, diante da dificuldade de não terem a quem recorrer e buscar apoio na sala de aula; e quando precisam improvisar diante de situações inesperadas em sala de aula. A pesquisa nos revelou a necessidade de se reconhecer a importância e a necessidade de construção de propostas, programas e ações de iniciação à docência de maneira a possibilitar uma maior aproximação da prática educativa na Educação Infantil.
metadata.dc.description.abstracten: The beginning of the teaching career, marked by the passage of the student status to teacher, as a student towards professional represents the first step in the professional teaching development. This phase characterizes the beginning of the career of teaching as a time marked by many anxieties, discoveries, challenges, and attempts such as "trial and error" and also as a moment where the teacher lives a "clash of realities”. This research refers to a study on the professional development of beginning teachers of Early Childhood Education. In order to understand this phase of his career and the subjects belonging to it we support on authors such as Garcia (1998; 1999; 2009), Huberman (2000), Tardif and Raymond (2000) and Lima (2006; 2011). We define research as problem understanding the challenges and dilemmas of the beginning teachers who work in Early Childhood Education from the municipal public network coverage of the 25th Regional Superintendent of Education Ouro Preto, MG, Brazil. In order to find answers to our research problem we establish the objectives to identify and analyze the dilemmas and tensions experienced by teachers of Early Childhood Education in the first years of professional development. As methodological research developed a predominantly qualitative approach. For the collection of data we decided to use a questionnaire, observation and semi-structured interview and for the exploitation of the data analysis we chose prose. The study found that beginning teachers of Early Childhood Education experience various dilemmas and tensions in the first years of his career that were identified in the speech by finding factors that lead to both charm and/or disenchantment. The enchantment comes when they reveal that they feel taken for being in the profession who they have always dreamed, to be working with students from the age group they identify and feel "love" for them, take a own classroom, able to receive and give affection realize that the experiences with classroom and contributed to the stages they would not get lost and they can turn to their peers to seek support. But, linked to these positive findings, there is the "disenchantment" revealed by them when they realize that the initial formation course not prepared them to work with this segment of education; when they notice that there is a significant distance between the theoretical knowledge and practice, before the difficulty of having no one to turn to and seek support in the classroom; and must improvise when faced with unexpected situations in the classroom. The research revealed the need to recognize the importance and necessity of building proposals, programs and activities of initiation to teaching in order to enable further approximation of educational practice in Early Childhood Education.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3291
metadata.dc.rights.license: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições. Na qualidade de detentor dos direitos autorais, de acordo com a lei nº 9610/98 autorizo a Universidade Federal de Ouro Preto/ UFOP, a disponibilizar gratuitamente, sem ressarcimento dos direitos autorais, o texto integral da publicação supracitada, em meio eletrônico, na BDTD - Biblioteca Digital de Teses e Dissertações e no Repositório Institucional da UFOP, no formato especificado, para fins de leitura, impressão e/ou download pela Internet, a título de divulgação da produção científica gerada pela Universidade a partir desta data.
Appears in Collections:PPGEDU - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_ProfessorasIniciantesEducação.pdf501,04 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.