Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/3249
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBacellar, Luis de Almeida Pradopt_BR
dc.contributor.authorCosta, Fernanda Martineli-
dc.date.accessioned2013-09-24T16:27:38Z-
dc.date.available2013-09-24T16:27:38Z-
dc.date.issued2005-
dc.identifier.citationCOSTA, F. M. Análise por métodos hidrológicos e hidroquímicos de fatores condicionantes do potencial hídrico de bacias hidrográficas - estudo de casos no Quadrilátero Ferrífero (MG). 2005. 147 f. Dissertação (Mestrado em Evolução Crustal e Recursos Naturais) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2005.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3249-
dc.description.abstractOs meios hídricos superficiais e subterrâneos estão em dinâmica interação e, conseqüentemente, eventuais interferências em um meio são refletidas, a curto ou longo prazo, em todo o sistema, o que justifica a necessidade de gerenciamento integrado. Esta interconexão possibilita ainda a análise das condições dos aqüíferos a partir de informações hidrológicas por meio dos métodos indiretos de caracterização hidrogeológica, fundamento da presente pesquisa. Trata-se de investigações baseadas, em especial, na análise das taxas de recessão do fluxo de base, ou seja, na capacidade do aqüífero produzir água e contribuir para a vazão das drenagens superficiais. Com este método, a partir do conhecimento do regime hidrológico das bacias, é possível analisar as variáveis que participam da definição do potencial hídrico de uma região. Ressalta-se que tais variáveis, lém numerosas, atuam de forma integrada, tendo geralmente seus efeitos superimpostos. Neste trabalho, as variáveis consideradas foram: geologia, geomorfologia e uso e ocupação do solo, em especial a presença de voçorocas. Foram analisadas nove microbacias de drenagem com características preferencialmente homogêneas em toda a sua extensão e que se diferenciavam entre si por alguma particularidade pré definida. Buscou-se assim avaliar o efeito deste atributo diferencial no potencial hídrico da bacia, que foi determinado pelos métodos hidrológicos e hidroquímicos (métodos indiretos). A maioria das microbacias localiza-se no Complexo Metamórfico Bação, sendo duas estruturadas em rochas do Supergrupo Minas, ambas unidades localizadas no Quadrilátero Ferrífero – MG. No monitoramento destas microbacias, com duração de um ano hidrológico, foram utilizados pluviômetros alternativos com resultados satisfatórios. Na determinação da vazão utilizou-se vertedores portáteis de placa de metal semelhantes aos sugeridos pelo USGS, de baixo custo, altamente confiáveis e de grande praticidade. Paralelamente, foram analisadas bacias com dados fluviométricos históricos em tamanhos variados a fim de balizar os resultados. O índice hídrico “coeficiente de recessão” foi determinado por meio de técnicas pouco divulgadas em âmbito nacional e de grande utilidade por necessitar de séries fluviométricas relativamente curtas. Trata-se dos métodos da “Correlação” e “Matching Strip”, sendo que, para os dados disponíveis, o segundo apresentou melhores resultados. Para a separação dos hidrogramas, determinação do fluxo de base (utilizando-se, em especial, o índiceBFI: percentual do fluxo de base em relação ao fluxo total) e de outros índices foi aplicada a técnica “Smoothed Minima”, que gerou resultados igualmente coerentes. Foi aplicado também o tradicional método de Barnes, em especial nas bacias com dados fluviométricos históricos. A partir dos preceitos de Maillet e Rorabaugh, foi estimada, ainda, a difusividade (transmissividade/coeficiente de armazenamento) das microbacias e indicados alguns valores possíveis da transmissividade. A comparação entre as microbacias evidenciou que aquelas estruturadas em granito-gnaisse tendem a um maior potencial hídrico que aquelas estruturadas em xistos e filitos. E, sob mesmas condições geológicas, aquelas com relevo mais acentuado, apresentam menor potencial hídrico. Porém, deve-se considerar que há uma tendência do manto de intemperismo ser mais espesso em áreas de relevo mais plano nos terrenos granito-gnaissicos, o que tambémcontribui para o maior potencial hídrico das bacias. Não foi possível observar com clareza os efeitos das formas de uso e ocupação do solo sobre os recursos hídricos, sendo necessários estudos mais detalhados para interpretações definitivas. Porém, verificou-se uma significativa diminuição do fluxo de base nas microbacias afetadas por voçorocas, causando expressivo impacto sobre o regime hidrológico. Devido ao baixo custo e praticidade, a metodologia aqui empregada se mostrou adequada para analisar o potencial hídrico de regiões com deficiência de dados hidrológicos e hidrogeológicos.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherPrograma de Pós-Graduação em Evolução Crustal e Recursos Naturais. Departamento de Geologia. Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.subjectGeologiapt_BR
dc.subjectBacias hidrográficas - Quadrilátero Ferrífero - Minas Geraispt_BR
dc.titleAnálise por métodos hidrológicos e hidroquímicos de fatores condicionantes do potencial hídrico de bacias hidrográficas - estudo de casos no Quadrilátero Ferrífero (MG).pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.description.abstractenAs surface water and groundwater are continuously interacting, anyexternal influence is able to affect them in the long or short term. Because of this interconnection, aquifer information can be obtained by the analysis of drainage flow pattern (hydrological approach). This approach is based on the analysis of baseflow recession, i.e., the study of the aquifer ability to yield water and to maintain the stream flow. This approach can be used to analyze the variables that affect the hydrological potential of a basin. It should be stressed that there are manyvariables which can act together in the flow pattern, sometimes with superimposed effects. In this work the following variables were analyzed: geology, geomorphology, and land degradation, especially by gullies. Nine small catchments were selected, with similar characteristics, but with some pre-defined differences. This research aims to analyze the role of the above mentioned variables in the catchment hydrological potential through indirect (hydrological and hydrogeochemical) methods. The catchments are located in the Quadrilátero Ferrífero region, two of them in rocks of Minas supergroup and the other ones in the Bação Metamorphic Complex. Some alternative monitoring equipments (pluviometers and portable steel weirs, USGS type) were used and they showed very goods results at low operating costs. Some larger hydrographic basins of the region were simultaneously analyzed, in order to compare the results. The recession coefficient was determined through some methods thatare very useful to treat small fluviometric series: the correlation method and the matching strip method. The last one showed the best results for the available data. The smoothed minima technique was used to determine the ratio of base flow to total flow (base flow index) and other indices and the results were equally very good. The graphical method of Barnes was applied simultaneously, especially with the data of the larger basins. The diffusivity (transmissivity/storage coefficient) was calculated thorough the assumptions established by Maillet and Rorabaugh, allowing the estimation of an average transmissivity for the study catchments. The results showed that those catchments on granite-gneissic terrains tend to have bigger hydrological potential than the ones on schists and phillites. The catchments placed in high relief areas present lower hydrological potential. In fact, the regolith tendsto be thicker over gently sloping areas in basement rocks, which contributes to their higher hydrological potential. Land degradation usually affects the water resources, but in this study these effectswere not properly detected. However, it was noted that gullies tend to decrease the baseflow, causing a great impact in the hydrological regime of streams. This study proved that the adopted methodology is very useful to analyze the hydrological potential, even when there is not a great amount of hydrological and hydrogeological data.-
Appears in Collections:PPGECRN - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AnáliseMétodosHidrológicos.pdf4,61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.