Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2934
Title: Reflexões sobre modelos socioeconômicos à luz de premissas e pressupostos: o programa bolsa família como ponto de partida.
Authors: Resende, Welligton Marzano
metadata.dc.contributor.advisor: Bean, Dale William
Keywords: Matemática crítica
Modelagem matemática
Premissas e pressupostos
Issue Date: 2013
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática. Departamento de Matemática, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: RESENDE, W. M. Reflexões sobre modelos socioeconômicos à luz de premissas e pressupostos : o programa bolsa família como ponto de partida. 2013. 141 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2013.
Abstract: Na busca de metodologias que contribuíssem para a formação dos alunos enquanto cidadãos capazes de interagir, ajudar, modificar a realidade em que vivem, desenvolvemos uma atividade com os alunos do 3º ano do Ensino Médio da Escola Estadual “Expedicionário Geraldo Baêta”, da Cidade de Entre Rios de Minas, que atende basicamente a alunos de famílias da zona rural, com o objetivo de desenvolver nos estudantes, um olhar crítico frente a programas socioeconômicos, sejam eles governamentais ou não, que concebemos como modelos que norteiam atividades de cidadãos. O desenvolvimento do trabalho ocorreu por meio de um cenário para investigação elaborado e conduzido conforme a perspectiva da Educação Matemática Crítica e educação para democracia na concepção de Skovsmose (2001, 2007, 2008) e de modelagem matemática segundo Bean (2003, 2005, 2007, 2009, 2011). Partimos do princípio de que um olhar crítico se traduz na competência de interpretar, refletir, criticar, construir soluções frente a modelos, situações sociais e políticas. A turma foi dividida em cinco grupos a critério dos alunos. Por atender grande parte das famílias dos alunos da turma, o Programa “Bolsa Família” foi o modelo escolhido para desencadear as atividades. Os alunos pesquisaram os critérios, os objetivos, a fiscalização e outros aspectos, criticando e elogiando o Programa; em seguida, cada grupo foi convidado a melhorar ou desenvolver um programa ou modelo com o tema que considerasse importante. Dos cinco grupos, dois construíram modelos sobre o Bolsa Família, dois sobre idosos e o último sobre uma associação rural. Todos os grupos apesentaram os objetivos e características dos seus modelos e os exibiram aos colegas em um ambiente de críticas, reflexões, ações, autonomia e discussões. Por fim, os alunos foram convidados a dar continuidade ao projeto ou, se preferirem, encerrá-lo. Eles definiram quase que por unanimidade para dar continuidade ao mesmo tema do grupo de associação rural. A análise qualitativa demonstrou que o objetivo da pesquisa foi alcançado.
metadata.dc.description.abstracten: In the search for methodologies that contribute to the formation of students as citizens able to interact in, and help to change, the reality in which they live, we developed an activity with twelfth grade high school students with the goal of developing a critical attitude in relation to governmental or nongovernmental socio-economic programs that we conceive as models that guide activities of citizens. The field research took place at the State School "Expeditionary Geraldo Baêta" in the city of Entre Rios de Minas, which basically serves students from families of the rural farming community. The execution of the research activity was based on landscapes of investigation, emphasizing an education for democracy approach, prepared and conducted in a Critical Mathematics Education perspective (SKOVSMOSE, 2001, 2007, 2008) in which socio-economic programs are characterized as models (BEAN, 2003, 2005, 2007, 2009, 2011). The activity was developed on the assumption that a critical attitude translates into a competence to interpret, reflect, criticize and construct solutions involving models related to social and political situations. The class was divided into five groups at the discretion of the students. As the families of a large number of the students of the class received subsidies from the Family Benefit Program (Programa Bolsa Família) we chose this model to initiate and develop the activity. The students collected information about the criteria, objectives, monitoring and other aspects of the program; criticizing and praising it. Afterward, each group was asked to make improvements to the program or develop another program (model) that they considered important. Of the five groups, two built models similar to the Family Benefit Program, two with regards to Senior Citizens and the fifth, regarding a rural farming association. The classroom presentations, in which all groups explained the objectives and characteristics of their models, turned into an environment of criticism, action, autonomy and discussion. Finally, the students were asked if they wished to continue the activity or if they preferred to bring it to a close. They defined almost unanimously to continue, adopting the theme of the rural farming association presented by a group of their colleagues. The qualitative analysis showed that the research objective was achieved
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2934
Appears in Collections:PPGEDMAT - Mestrado profissional (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_ReflexõesModelosSocioeconômicos.pdf852,13 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.