Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/18152
Title: Memória e corpo na biografia de Ney Matogrosso : espaço público e privado no jornalismo de teor testemunhal.
Authors: Santos Júnior, Carlos Augusto Pereira dos
metadata.dc.contributor.advisor: Maia, Marta Regina
Keywords: Ney Matogrosso - biografia
Biografia
Corpo humano
Jornalismo - aspectos sociais
Narrativa - retórica
Issue Date: 2024
metadata.dc.contributor.referee: Maia, Marta Regina
Schwaab, Reges Toni
Mendonça, Felipe Viero Kolinski Machado
Citation: SANTOS JÚNIOR, Carlos Augusto Pereira dos Santos. Memória e corpo na biografia de Ney Matogrosso: espaço público e privado no jornalismo de teor testemunhal. 2024. 107 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2024.
Abstract: Esta dissertação tem como objetos de pesquisa o livro "Ney Matogrosso: a biografia" (2021), escrito pelo jornalista e biógrafo Julio Maria, e duas entrevistas realizadas com o autor da obra. O objetivo geral é realizar uma análise da relação entre corpo (BUTLER, 2017; RUBIN, 2017; FOUCAULT, 1998; GONÇALVES, 2004; ZUMTHOR, 2018), memória (POLLAK, 1989; SARLO, 2007; SELIGMANN-SILVA, 2008; AGAMBEN, 2009), e testemunho jornalístico (FROSH, 2009; BARRETOS, 2017; MAIA, PERES, 2023), assim como dos limites entre o espaço público e privado (LONGUI, 2006; SILVA, 2006; CHRISTOFOLETTI, 2019; MAIA, FERNANDES, 2022). Com isso, surge o seguinte problema de pesquisa: "Em que medida as escolhas narrativas do biógrafo, no que concerne à memória e ao corpo, delineiam as fronteiras entre o espaço público e privado na elaboração de narrativas biográficas no âmbito do jornalismo de teor testemunhal?". A análise baseia-se em uma abordagem epistemológica fundamentada no jornalismo de teor testemunhal, respaldada pelos estudos de Frosh e Pinchevski (2009), Resende e Peres (2016), além de Maia e Fernandes (2023). Ainda foram definidos dois eixos norteadores: a relação entre biógrafo, biografado e fontes; e a relação entre biógrafo e processo da narrativa biográfica. Ambos têm como operadores metodológicos a "concepção de memória", que busca investigar as interpretações sobre memória no espaço público e privado; e a "concepção de corpo", a fim de se compreender como a interpretação sobre o corpo foi fundamental para a construção da biografia de Ney. Como resultados, evidenciou-se que a biografia de Ney, escrita por Maria (2021), considerou as ideias de memória e corpo na construção de uma narrativa centrada nas vivências do artista. Esses elementos configuraram a narrativa e levaram o jornalista a pensar sobre os limites no espaço público e privado. Assim, a pesquisa também suscita outras formas de configurações narrativas e pensa o processo de construção da pauta, captação e edição do livro jornalístico, e as relações entre biógrafo e biografado, e biógrafo e construção da narrativa.
metadata.dc.description.abstracten: This academic dissertation focuses on the book "Ney Matogrosso: a biografia" (2021), written by journalist and biographer Julio Maria, as well as two interviews conducted with the author. The overall objective is to analyze the relationship between body (BUTLER, 2017; RUBIN, 2017; FOUCAULT, 1998; GONÇALVES, 2004; ZUMTHOR, 2018), memory (POLLAK, 1989; SARLO, 2007; SELIGMANN-SILVA, 2008; AGAMBEN, 2009), and journalistic testimony (FROSH, 2009; BARRETOS, 2017; MAIA, PERES, 2023), as well as the boundaries between public and private spaces (LONGUI, 2006; SILVA, 2006; CHRISTOFOLETTI, 2019; MAIA, FERNANDES, 2022). This raises the following research question: "In what ways does the biographer's understanding of the body and memory shape the biographical narrative, delimiting the boundaries between public and private spaces in the field of testimonial journalism?". The analysis is based on an epistemological approach grounded in testimonial journalism, supported by the studies of Frosh and Pinchevski (2009), Resende and Peres (2016), as well as Maia and Fernandes (2023). Two guiding axes were also defined: the relationship between the biographer, the biographical subject, and sources; and the relationship between the biographer and the process of biographical narrative. Both axes utilize the methodological operators of the "conception of memory," which seeks to investigate interpretations of memory in public and private spaces; and the "conception of body," in order to understand how interpretations of the body were fundamental to the construction of Ney's biography. The results show that Maria's biography about Ney (2021) considered the ideas of memory and body in constructing a narrative centered on the artist's experiences. These elements shaped the narrative and led the journalist to establish certain boundaries in the public and private space of the biographical subject. Thus, the research also raises other forms of narrative configurations and considers the process of agenda-setting, gathering, and editing of the journalistic book based on the relationships between the biographer and the subject, and the biographer and the construction of the narrative.
Description: Programa de Pós-Graduação em Comunicação. Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/18152
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 12/03/2024 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite a adaptação.
Appears in Collections:PPGCOM - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_MemóriaCorpoBiografia.pdf1,82 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons