Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/15054
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMartins, Nair Prata Moreirapt_BR
dc.contributor.authorCeniceros Manjarrez, Lorena Ilia-
dc.date.accessioned2022-07-14T19:50:44Z-
dc.date.available2022-07-14T19:50:44Z-
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.citationCENICEROS MANJARREZ, Lorena Ilia. Sinaloa aprende en casa : educação pelo rádio durante o período pandêmico da Covid-19 nas comunidades indígenas de Sinaloa, México. 2022. 183 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Instituto de Ciências Sociais e Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2022.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/15054-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Comunicação. Instituto de Ciências Sociais e Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractA presente pesquisa se propõe a mostrar os movimentos que envolve o governo mexicano para garantir o acesso à educação e verificar, especificamente, se o programa Sinaloa Aprende en Casa, através do rádio, e enquanto ferramenta emancipatória, proporciona a universalização da educação, como estabelece a Constituição Federal do México na atenção às comunidades indígenas de Sinaloa, afetadas pela falta de recursos econômicos e digitais durante o período da pandemia da Covid-19 em 2020. Para tanto, baseamo-nos no discurso emancipatório proposto por Paulo Freire (1978) para poder explicar as estratégias implementadas pelo governo do Estado de Sinaloa, México, em comunidades indígenas, como alternativa pedagógica durante o primeiro período escolar em 2020 durante a pandemia da Covid-19, reconhecer a teoria metodológica em relação a uma educação emancipatória e descrever a maneira como o programa Aprende en Casa constrói o conteúdo especificamente durante esse período de emergência. Utilizaremos uma metodologia mista para uma melhor compreensão do nosso objeto de estudo, fazendo uso de métodos qualitativos que pemitem a obtenção de dados descritivos, utilizando como instrumentos para contrução de dados entrevistas semiestruturadas realizadas junto à agência encarregada de projetar e operar programas de educação para o Estado de Sinaloa e às rádios participantes do programa governamental Sinaloa Aprende en Casa.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.subjectDoenças transmissíveis emergentespt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.subjectIndígenas - saúde pública - Méxicopt_BR
dc.subjectRádiopt_BR
dc.titleSinaloa aprende en casa : educação pelo rádio durante o período pandêmico da Covid-19 nas comunidades indígenas de Sinaloa, México.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 27/06/2022 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais.pt_BR
dc.contributor.refereeMartins, Nair Prata Moreirapt_BR
dc.contributor.refereeCapsitrano, Ismarpt_BR
dc.contributor.refereeBianco, Nelia Rodrigues Delpt_BR
dc.description.abstractenThis research aims to show the movements that the Mexican government involves and to verify whether the Sinaloa Aprende en Casa program, through the radio, and as an emancipatory tool, provides universal education, as established by the Federal Constitution of Mexico in terms of attention to communities indigenous people of Sinaloa, affected by the lack of economic and digital resources during the period of the Covid-19 pandemic in 2020. Therefore, we based ourselves on the emancipatory discourse proposed by Paulo Freire (1978) in order to explain the strategies implemented by the government of the State of Sinaloa, Mexico, in indigenous communities as a pedagogical alternative during the first school period in 2020 during the Covid-19 pandemic, recognize the methodological theory in relation to an emancipatory education and describe how the Aprende en casa program builds content specifically during this period of emergency. We will use a mixed methodology not to take advantage of the explanatory value and a better understanding of our object of study, making use of qualitative methods that will allow us to obtain descriptive data, using as instruments for the construction of data, semi-structured interviews, carried out at the agency in charge of projecting and operate education programs for the State of Sinaloa and the participating radios of the government program Sinaloa Aprende en Casa.pt_BR
Appears in Collections:PPGCOM - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_SinaloaAprendeCasa.pdf2,19 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons