Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13378
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorTorres, Marco Antôniopt_BR
dc.contributor.authorArreguy, Agnes Vasconcelos-
dc.date.accessioned2021-07-15T17:25:03Z-
dc.date.available2021-07-15T17:25:03Z-
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.citationARREGUY, Agnes Vasconcelos. Gênero e sexualidade na educação física escolar: discussões presentes nas produções científicas do período de 2015 a 2019. 2021. 76 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13378-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Educação. Departamento de Educação, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractDiante de uma realidade cada dia mais violenta e excludente para pessoas que não se encaixam na heteronormatividade, este trabalho visa verificar como as temáticas gênero e sexualidades vêm sendo articuladas pela Educação Física escolar nos contextos das produções científicas. A construção deste estado do conhecimento, se deu por meio de pesquisa bibliográfica. Para a qual realizou-se uma busca nos sites: da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento Pessoal de Nível Superior), da SciELO (Scientific Electronic Library Online), da BDTD (Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações), da BVS (Biblioteca Virtual em Saúde), assim como em repositórios de das universidades públicas federais localizadas no estado de Minas Gerais. Foram encontrados 31 trabalhos que, após serem divididos por temas, foram analisados. Utilizando como aporte teórico, autores pósestruturalistas como: Michel Foucault, Judith Butler, Guacira Louro, entre outros, é que este estudo trabalha com os conceitos de gênero e sexualidades. As pesquisas foram subdivididas em grupos de acordo com seus focos de investigação e, de forma geral, constatou-se que a área da Educação Física escolar apresenta discussões incipientes sobre gênero e sexualidades quando comparadas as pesquisas da área da Educação. Uma vez que a licenciatura é justamente onde suas propostas se interseccionam, esperava-se que seus discursos fossem mais próximos. Além disso, evidencia-se o fato de que apenas o grupo 5 compila investigações onde as experiências escolares de indivíduos LGBTI+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais, Intersexos e +) são realmente abordadas. Enquanto os demais grupos apresentam abordagens ainda biologicistas sobre a ideia de gênero e sexualidades. Neste sentido, acredita-se que este atraso pode contribuir com a manutenção da invisibilidade das demais representatividades de performatividade de gênero, como os LGBTI+ na Educação Física escolar.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.subjectEducação físicapt_BR
dc.subjectCorpopt_BR
dc.subjectGêneropt_BR
dc.subjectSexualidadept_BR
dc.subjectPós-estruturalismopt_BR
dc.titleGênero e sexualidade na educação física escolar : discussões presentes nas produções científicas do período de 2015 a 2019.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 28/06/2021 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeTorres, Marco Antôniopt_BR
dc.contributor.refereeDiniz, Margarethpt_BR
dc.contributor.refereePaixão, Jairo Antônio dapt_BR
dc.description.abstractenIn the face of a reality that is each day more violent and exclusionary for people who are not fit into heteronormativity, this work aims to verify how the themes gender and sexualities have been articulated by school Physical Education in the contexts of scientific productions. The construction of this state of knowledge took place through bibliographical research. For which a search was took place on the following websites sites: CAPES (Coordination of Higher Level Personal Improvement), from SciELO (Scientific Electronic Library Online), from BDTD (Brazilian Digital Library of theses and dissertations), of the VHL (Virtual Health Library), as well as on the websites of the Repositories of Federal Universities of the state of Minas Gerais. 31 works were found that, after being divided by themes, were analyzed. Using as theoretical support, post-structuralist authors such as: Michel Foucault, Judith Butler, Guacira Louro, among others, is that this study works with the concepts of gender and sexualities. The researches were subdivided into groups according to their focus of investigation and, in general, it was found that the area of school Physical Education presents incipient discussions about gender and sexualities when compared to researches in the area of Education. Since the degree is precisely where their proposals intersect, it was hoped that their speeches would be closer. Furthermore, it is evident that only group 5 compiles investigations where the school experiences of LGBTI+ individuals (Lesbians, Gays, Bisexuals, Transvestites, Transsexuals, Intersex and +) are actually addressed. While the other groups still have biological approaches to the idea of gender and sexualities. In this sense, it is believed that this delay can contribute to maintaining the invisibility of other representations of gender performativity, such as LGBTI+ in Physical Education at school.pt_BR
Appears in Collections:PPGEDU - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÂO_GêneroSexualidadeEducação.pdf751,5 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons