Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13247
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBotaro, Vagner Robertopt_BR
dc.contributor.advisorDuek, Eliana Aparecida de Rezendept_BR
dc.contributor.authorMelero, Anna Maria Gouveia de Souza-
dc.date.accessioned2021-05-25T23:38:34Z-
dc.date.available2021-05-25T23:38:34Z-
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.citationMELERO, Anna Maria Gouveia de Souza. Dispositivo de acetato de celulose modificado com ácido etilenodiamino tetracético (EDTA): aplicações biomédicas. 2019. 128 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Materiais) – Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/13247-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais. Departamento de Engenharia Metalúrgica, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractA constante evolução dos materiais possibilitou o desenvolvimento de dispositivos médicos capazes de substituir temporariamente ou permanentemente algumas funções do corpo humano, como curativos, arcabouços para crescimento celular e até mesmo órgãos artificiais. Por essa razão, o desenvolvimento de um novo hidrogel a base de acetato de celulose e dianidrido de EDTA (HAC-EDTA), com propriedades de absorção de água que pode chegar até 800% m/m e facilidade de intumescimento com outros meios líquidos como soluções fosfato-salina, meios de cultura para células se faz necessáro. As características anfóteras e físico-químicas do HAC-EDTA chamou atenção para possível aplicação como biomaterial, sendo assim, após entender seu comportamento térmico, conhecer sua resistência mecânica e ensaios de interação em meio biológico, foi proposto nesse trabalho verificar a possibilidade de aplicações biomédicas desse hidrogel. Após conhecer as suas propriedades físico-químicas e mecânicas, foram realizadas análises de citocompatibilidade utilizando células mesenquimais e osteoblastos, ensaios de dinâmica de liberação controlada com sinvastatina e microbiológico utilizando antibiótico, além de aplicação do HAC-EDTA como curativo cutâneo, visando diminuição de processo inflamatório com a retirada de exsudato em tratamento de queimaduras de segundo grau. Devido à afinidade do hidrogel em se ligar com ânions e cátions, foi possível verificar a interação de fármacos e sais, pois o FTIR permitiu observar que os medicamentos interagiram e foram absorvidos pelo hidrogel, uma vez que bandas características dos fármacos foram observadas após carreamento, bem como comprovar a liberação desses medicamentos em meio aquoso com comportamentos semelhantes. No entanto, foi necessário entender a dinâmica de liberação e absorção desse hidrogel. Outra resposta interessante verificada nesse trabalho foi a formação de matriz óssea na superfície do material carreado com sinvastatina, utilizado como plataforma de crescimento celular de osteoblastos e comprovado por ensaio de fosfatase alcalina. Portanto, apesar de muitos testes ainda serem necessários, o HAC-EDTA estudado nesse trabalho apresenta possibilidade de ser utilizado como biomaterial para crescimento de matriz óssea e um promissor dispositivo de liberação controlada. Esse trabalho é um exemplo da importância das caracterizações relacionadas com interação entre material polimérico e material biológico.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectHidrogelpt_BR
dc.subjectAcetato de celulosept_BR
dc.subjectBiocompatibilidadept_BR
dc.titleDispositivo de acetato de celulose modificado com ácido etilenodiamino tetracético (EDTA) : aplicações biomédicas.pt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 22/04/2021 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeBotaro, Vagner Robertopt_BR
dc.contributor.refereeOliveira, Elaine Conceição dept_BR
dc.contributor.refereeIrazusta, Silvia Pierrept_BR
dc.contributor.refereeNovack, Kátia Monteiropt_BR
dc.contributor.refereeKomatsu, Danielpt_BR
dc.description.abstractenThe constant evolution of materials has enabled the development of medical devices capable of temporarily or permanently replacing some functions of the human body, such as dressings, cell growth scaffolds and even artificial organs. For this reason, the development of a new cellulose acetate and EDTA dianhydride based hydrogel with water absorption properties that can reach up to 800% m/m and ease of swelling with other liquid media such as phosphate-saline solutions, of cell culture. The amphoteric and physicochemical characteristics of HAC-EDTA drew attention to its possible application as a biomaterial. Thus, after understanding its thermal behavior, knowing its mechanical resistance and interaction tests in biological environment, it was proposed in this paper to verify the possibility of biomedical applications, this hydrogel, now called HAC-EDTA. After knowing their physicochemical and mechanical properties, cytocompatibility analyzes were performed using mesenchymal cells and osteoblasts, simvastatin and microbiological controlled release dynamics assays using antibiotics, as well as HACEDTA application as a skin dressing, aiming at process reduction. inflammatory disease with the removal of transudate in the treatment of second degree burns. Due to the hydrogel affinity to bind with anions and cations, it was possible to verify the interaction of drugs and salts, since FTIR allowed to observe that the drugs interacted and were absorbed by the hydrogel, since characteristic bands of the drugs were observed after carreating, as well as proving the release of these drugs in aqueous medium with similar behaviors, however it was necessary to understand the dynamics of release and absorption of this hydrogel. Another interesting response verified in this work was the formation of bone matrix on the surface of simvastatin-loaded material, used as an osteoblast cell growth platform and proven by alkaline phosphatase assay. Therefore, although many tests are still necessary, it can be said that the HAC-EDTA studied in this work presents the possibility of being used as a biomaterial for bone matrix growth and a promising controlled release device. This paper is an example of the importance of characterizations related to interaction between polymeric material and biological material.pt_BR
Appears in Collections:REDEMAT - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_DispositivoAcetatoCelulose.pdf4,51 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons