Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13133
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorGomes, Romero Césarpt_BR
dc.contributor.advisorPorto, Thiago Bomjardimpt_BR
dc.contributor.authorGontijo, Gabriele Martins-
dc.date.accessioned2021-03-06T15:02:15Z-
dc.date.available2021-03-06T15:02:15Z-
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.citationGONTIJO, Gabriele Martins. Reavaliação geotécnica das ancoragens de uma estrutura de contenção com patologias diversas. 2020. 126 f. Dissertação (Mestrado em Geotecnia) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/13133-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Geotecnia. Núcleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractA técnica de contenção em ancoragens reinjetáveis e protendidas ainda é pouco estudada, apesar de ser muito utilizada no Brasil de forma empírica, em comparação com outras soluções de estabilização de encostas como o solo grampeado, que obteve um grande avanço teórico-experimental nos últimos 30 anos. Em projetos que empregam essa técnica, faz-se necessária a determinação da capacidade de carga dos tirantes, a qual é obtida através de formulações teóricas semiempíricas publicadas mundialmente. Contudo, os resultados nem sempre representam a realidade para as condições geológicogeotécnicas do solo local, tornando-as imprecisas. Desta forma, uma avaliação detalhada do correto dimensionamento da capacidade de carga, aferido pelos resultados de provas de carga, permite uma otimização das estruturas. Este trabalho tem como objetivo principal analisar os resultados obtidos de capacidade de carga de uma contenção com 308 tirantes a partir de: (a) três métodos semiempíricos clássicos da literatura técnica, (b) um método teórico a partir da teoria de Mohr Coulomb e (c) ensaios de recebimento em conformidade com a NBR 5629, cuja ruptura física idealizada foi possibilitada pela extrapolação matemática de Van Der Veen (1953) modificada por Aoki (1976). Este estudo pretendeu, ainda, obter os valores mobilizados para a resistência ao cisalhamento (qs) na interface solo-bulbo para o maciço geotécnico estudado. Para esta pesquisa foram utilizados dados provenientes do projeto e da obra de reforço de uma cortina atirantada com ancoragens protendidas e reinjetáveis de uma obra de contenção localizada na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Os resultados obtidos possibilitaram uma comparação entre as metodologias empregadas neste trabalho. Esta pesquisa se justifica pelo pequeno número de estudos relacionados a ancoragens injetadas no solo desenvolvidos nas últimas décadas e também o fato das metodologias de cálculo clássico serem restritas ao local que foram elaboradas e logo serem aplicadas erroneamente em outras regiões. Os resultados encontrados mostram-se satisfatórios, sendo possível estabelecer uma tendência.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectTirantes em solospt_BR
dc.subjectAncoragem - engenharia de estruturaspt_BR
dc.subjectFundações - capacidade de cargapt_BR
dc.subjectCisalhamento dos solos - resistênciapt_BR
dc.titleReavaliação geotécnica das ancoragens de uma estrutura de contenção com patologias diversas.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 25/02/2021 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeGomes, Romero Césarpt_BR
dc.contributor.refereeOliveira, Tales Moreira dept_BR
dc.contributor.refereeAzevedo, Crysthian Purcino Bernardespt_BR
dc.description.abstractenThe retaining technique in rejectable and prestressed anchors is still poorly studied, despite being widely used in Brazil empirically, in comparison with other slope stabilization solutions such as soil nailing, which has achieved a great theoretical and experimental advance in the last 30 years. In projects that use this technique, it is necessary to determine the load carrying capacity of the tie rods, which is obtained through semi-empirical theoretical formulations published worldwide. However, the results do not always represent the reality for the geological-geotechnical conditions of the local soil, making them inaccurate. In this way, a detailed assessment of the correct dimensioning of the load capacity, as measured by the results of load tests, allows an optimization of the structures. The main objective of this work is to analyze the results obtained from the load capacity of a retaining with 308 tie rods from: (a) three classic semi-empirical methods in the technical literature, (b) a theoretical method based on Mohr Coulomb's theory and (c) receiving tests in accordance with NBR 5629, whose idealized physical break was made possible by the mathematical extrapolation of Van Der Veen (1953) modified by Aoki (1976). This study also aimed to obtain the mobilized values for shear strength (qs) at the soil-bulb interface for the studied geotechnical massif. For this research, data from the project and the work to reinforce an anchored wall with 308 prestressed and rejectable anchorages from a retaining work in the city of Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil, were used. The results obtained enabled a comparison between the methodologies used in this work. This research is justified by the small number of studies related to anchors injected into the soil developed in the last decades and also the fact that the classical calculation methodologies are restricted to the place that were elaborated and soon to be applied erroneously in other regions. The results found are satisfactory, being possible to establish a trend.pt_BR
Appears in Collections:POSGEO - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_ReavaliaçãoGeotécnicaAncoragens.pdf4,23 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons