Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/12378
Title: Monoparentalidade feminina e socialização dos filhos : um estudo com famílias em situação de vulnerabilidade social.
Authors: Oliveira, Daniela Vale de
metadata.dc.contributor.advisor: Nogueira, Marlice de Oliveira e
Keywords: Socialização
Famílias monoparentais
Famílias sem pai
Exclusão social
Sociologia educacional
Issue Date: 2020
metadata.dc.contributor.referee: Nogueira, Marlice de Oliveira e
Coutrim, Rosa Maria da Exaltação
Coutinho, Priscila de Oliveira
Reis, Lilian Perdigão Caixêta
Citation: OLIVEIRA, Daniela Vale de. Monoparentalidade feminina e socialização dos filhos: um estudo com famílias em situação de vulnerabilidade social. 153 f. 2020. Dissertação (Mestrado em Educação) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2020.
Abstract: Esta pesquisa investigou os processos de educação em famílias conduzidas por mulheres em situação de vulnerabilidade social. O objetivo principal foi compreender os modos de socialização empreendidos nas famílias monoparentais femininas. A pesquisa de campo foi desenvolvida com quatro famílias monoparentais moradoras do Morro Santana, um microterritório da cidade mineira de Ouro Preto, mediante a realização de entrevistas com as mães. O aporte teórico e metodológico utilizado se baseou no Perfil de Configuração de Bernard Lahire. Para cada núcleo familiar entrevistado, foi traçado um perfil sociológico. A síntese do estudo convergiu para os seguintes elementos: a socialização ocorrida no grupo estudado é garantida aos filhos sob muita vigilância e participação das mães. A escola é percebida nessas famílias como a instância socializadora de maior prestígio e com grande potencial transformador da situação em que se encontram. Suas vidas são fortemente perpassadas por desigualdades de gênero. O território onde estão localizadas as residências familiares guardam marcas históricas de exclusão social, o que também afeta a condição de vulnerabilidade vivenciada. É pelo trabalho, pela renda, pela educação e pela rede de apoio, principalmente a familiar, que os sujeitos dessa pesquisa encontram meios de superação das fragilidades atreladas à sua realidade e garantem uma educação promissora aos filhos. Embora enfrentem muitos desafios na condução familiar, como privação de realização de desejos pessoais em prol dos cuidados indispensáveis ao bem-estar dos descendentes, sobrecarga de atividades no dia a dia, enfrentamento de relações conturbadas e tóxicas com os progenitores dos filhos e muito “jogo de cintura” para administrar bem a equação: ativos (renda mensal) x passivos (gasto mensal), as mães do grupo pesquisado encontram maneiras singulares de superar os desafios diários. No mais, é o amor, diga-se, o vínculo maternal, que preenche suas vidas de sentido.
metadata.dc.description.abstracten: This research investigated the processes of education in families conducted by socially vulnerable women. The main objective was to understand the types of socialization undertaken in single-parent female families. The field research was developed with four single-parent families living in Morro Santana, a micro-territory in the city of Ouro Preto – Minas Gerais, through interviews with the mothers. The theoretical and methodological input used was based on Bernard Lahire's Configuration Profile. For each family nucleus interviewed, a sociological profile was drawn. The synthesis of the study converged on the following elements: in the studied group, the socialization that occurred is guaranteed to the children under a lot of surveillance and participation of the mothers. The school is perceived in these families as the most prestigious socializing body with great potential to transform the situation in which they find themselves. Their lives are strongly permeated by gender inequalities. The territory where the family residences are located bears the historical marks of social exclusion, which also affects the condition of vulnerability experienced. It is through work, income, education and the support network, especially the family, that the subjects of this research find ways to overcome the weaknesses linked to their reality and ensure a promising education for their children. Although they face many challenges in the family conduct, such as deprivation of the fulfillment of personal desires in favor of the indispensable care for the well-being of their descendants, overload of day-to-day activities, confronting troubled and toxic relationships with their children's parents, and a lot of “waist play” to manage the equation well: active (monthly income) x passive (monthly spending), the mothers of the group researched found unique ways to overcome the daily challenges. In addition, it is love, say, the maternal bond, that fills their lives with meaning.
Description: Programa de Pós-Graduação em Educação. Departamento de Educação, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/12378
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 15/06/2020 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PPGEDU - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_MonoparentalidadeFemininaSocialização.pdf2,48 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons