Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/11752
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAssis, André Pacheco dept_BR
dc.contributor.authorCorredor Herrera, Jaime Andres-
dc.date.accessioned2019-10-17T14:31:58Z-
dc.date.available2019-10-17T14:31:58Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.citationCORREDOR HERRERA, Jaime Andres. Modelagem numérica tridimensional para análise de eventos de ruptura na base de pilares inclinados em rocha foliada. 2019. 146 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Engenharia Geotécnica) – Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11752-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Geotécnica. Núcleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractO corpo mineralizado da Mina Pilar de Goiás se apresenta em forma de veios de quartzo tabulares a lenticulares com espessura média de 1,5 m, mergulha suavemente entre 18° e 22° na direção SSW, o qual é explorado pelo método de lavra Câmaras e Pilares. Durante a finalização dos painéis de lavra nos setores RS 602/RS 603 no período entre agosto – setembro de 2017, foram identificadas as primeiras evidencias de puncionamento do piso, representados pela formação de trincas e protuberâncias longitudinais e obliquas ao eixo das câmaras de produção, seguido de frequentes registros de perda espontânea de massa dos pilares. Esta sequência de eventos levou à decisão de interromper e interditar indefinidamente o setor de produção com o intuito de estabelecer uma metodologia de monitoramento da deformação e entendimento do fenômeno. Uma revisão detalhada das informações geológicas do setor permitiu formular uma estreita relação das instabilidades com a presença local de uma camada concordante de 5 metros de espessura de Talco Xisto na base dos pilares. As deformações, quebras e recalques dos pisos e dos pilares neste maciço rochoso de resistência particularmente baixa foram tratados analogicamente sob os conceitos de capacidade última de carga para fundações quadradas rasas. Para oferecer uma análise mais próxima das características observadas em terreno, realizou-se uma estimativa do comportamento tensão deformação do maciço rochoso por modelagem numérica tridimensional por elementos finitos no software RS3 da RocScience®, devido às particularidades nos formatos das escavações como galerias shanty Back, pilares assimétricos anisotrópicos. Para calibração dos resultados de deslocamento na base de pilares em maciço anisotrópico, forem verificados os efeitos das tensões horizontais e cargas por cisalhamento com testes preliminares em médio homogêneo, os quais replicaram de maneira satisfatória as observações de campo, em contraste com as amplas variações dos resultados dos modelos analíticos para capacidade de carga de fundações para camadas horizontais.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectCâmaras e pilarespt_BR
dc.subjectCapacidade de cargapt_BR
dc.subjectModelagem numérica - 3Dpt_BR
dc.subjectTalco xistopt_BR
dc.subjectPuncionamento de pisopt_BR
dc.titleModelagem numérica tridimensional para análise de eventos de ruptura na base de pilares inclinados em rocha foliada.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 11/10/2019 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeAssis, André Pacheco dept_BR
dc.contributor.refereeAlameda Hernández, Pedro Manuelpt_BR
dc.contributor.refereeMaia, Karla Cristina Araújo Pimentelpt_BR
dc.description.abstractenThe Pilar de Goiás mine presents a mineralized body in the form of lenticular tabular quartz veins with a mean thickness of 1.5 m, plunging gently between 18° and 22° in the SSW direction. This body is explored through Room and Pillar mining method. Between August and September 2017, during the final stage of the production of panels in the sectors RS 602 / RS 603, the first evidences of floor punching were identified, represented by the formation of cracks and oblique protuberances along and perpendicular to the axis of the production drifts, followed by frequent records of spontaneous loss of mass in the pillars. This sequence of events led to the decision to interrupt and interdict the production for an indefinite time in order to establish a method to monitor the deformation and understand the phenomenon. A detailed review of the geological information of the sector allowed the formulation of a close relation between the instabilities and the local presence of a concordant layer of 5 meters of low-strength Talc Schist in the base of the pillars. The deformations, failures and settlements of the floor and pillars in this particularly low-strength rock mass were treated analogously under the concepts of ultimate load capacity for shallow square foundations. In order to provide a closer analysis of the features observed in the field, a Strain - Stress behavior estimation of the rock mass by finite element three-dimensional numerical modeling was performed in the RocScience® RS3 software, due to the particularities of the excavation formats such as Shanty Back and asymmetric, anisotropic pillars. In order to calibrate the displacement results in the pillar base anisotropic rock mass, the effects of horizontal stresses and shear load stresses were verified with preliminary tests in a homogeneous medium, which replicated the field observations in a satisfactory way, contrary to the wide variations of results of analytical models for the load capacity of foundations for horizontal layers.pt_BR
Appears in Collections:PPGEG - Mestrado profissional (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_ModelagemNuméricaTridimensional.pdf8,82 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons