Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11428
Title: Movimentos epistêmicos, práticas epistêmicas e argumentação : análise da construção de significados no contexto de desenvolvimento de uma sequência didática sobre fotossíntese.
Authors: Araújo, Letícia de Cássia Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor: Mendonça, Paula Cristina Cardoso
Keywords: Dificuldade de aprendizagem
Análise do discurso
Sequência didática
Biologia - ensino médio
Fotossíntese
Issue Date: 2019
metadata.dc.contributor.referee: Paulo, Jacks Richard de
Mendonça, Paula Cristina Cardoso
Motokane, Marcelo Tadeu
Citation: ARAÚJO, Letícia de Cássia Rodrigues. Movimentos epistêmicos, práticas epistêmicas e argumentação : análise da construção de significados no contexto de desenvolvimento de uma sequência didática sobre fotossíntese. 2019. 214 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2018.
Abstract: Esta pesquisa trata-se de um estudo de caso relacionado a análise do discurso de sala de aula considerando os processos de ensino e de aprendizagem de fotossíntese. Identificamos Obstáculos Epistemológicos nas respostas dos alunos em uma turma de 1o ano de ensino médio quanto ao tema em um questionário diagnóstico. Tais resultados foram importantes para subsidiar a elaboração de uma Sequência Didática. Ela é composta por oito atividades e a abordagem inclui eventos históricos, experimentos e atividades investigativas. A partir do seu desenvolvimento em aulas de biologia, analisamos a construção social de significados a partir da identificação dos processos argumentativos, por meio dos critérios e conflitos de pontos de vista ou justificativa do conhecimento. Consideramos que a argumentação é fundamental para explicitação do pensamento e discussão de teorias alternativas. De forma específica, investigamos: (i) como os processos argumentativos contribuíram para a construção de significados no contexto de desenvolvimento da SD; (ii) como a SD e o seu desenvolvimento nas aulas de biologia contribuíram para a construção de significados; (iii) quais significados foram construídos ao longo do desenvolvimento da SD nas aulas de biologia. A SD foi desenvolvida na mesma turma de 1o ano do ensino médio de uma escola pública estadual. Ela era composta por alunos regulares com idades entre 15 e 16 anos. Os alunos tinham pouca ou nenhuma experiência prévia com atividades investigativas, experimentos e eventos históricos no ensino de ciências. A coleta de dados ocorreu durante os meses de agosto a outubro de 2017. Atuei como pesquisadora participante, interagindo com os alunos e a professora da turma e elaborando notas de campo. Foram filmadas todas as aulas com foco em um grupo de alunos. A escolha do grupo se deu pelo engajamento e participação destes durante o desenvolvimento da SD, que consideramo-lo como representativo da classe, visto que a turma, de modo geral, era bem participativa, e os alunos eram enturmados buscando-se um perfil homogêneo. Todos os vídeos das aulas foram transcritos. Isto permitiu identificar episódios para cada atividade da SD, os quais compuseram os quadros analíticos. Perante os dados definimos categorias de movimentos epistêmicos da professora e da pesquisadora e de práticas epistêmicas dos alunos desenvolvidas nos processos argumentativos. Os dados evidenciam que apesar dos alunos terem se engajado no processo argumentativo, a partir da preponderância das práticas epistêmicas concluindo e elaborando hipóteses, os alunos nem sempre argumentaram cientificamente, o que foi constatado pelo baixo percentual das práticas relacionada ao uso de evidências. Justificamos isso pelo fato de terem pouco contato com as abordagens da SD, pois para argumentar cientificamente torna-se necessário que esta prática faça parte da cultura escolar. Outro aspecto evidente em nossos dados foi a importância dos movimentos epistêmicos, especificamente, os de reelaboração e elaboração, os quais propiciaram práticas epistêmicas, fazendo com que os alunos se engajassem no processo argumentativo explicitando melhor suais ideias. Tivemos vários indícios de construção de significados dos alunos sobre fotossíntese, e por isso reconhecemos que a SD o seu desenvolvimento foram importantes na aprendizagem dos alunos, pois contribuiu para favorecer a argumentação em processos de construção de significados. Com base na análise, julgamos que alguns aspectos da SD podem ser reformulados, como acrescentar questões contextualizadas visando desenvolver o pensamento crítico e tornar o ensino de argumentação explícito
metadata.dc.description.abstracten: This work is a case study related to the analysis of a classroom speech considering the photosynthesis teaching and learning processes. Were identified Epistemological Obstacles in a diagnostic questionnaire answers applied to first grade students related to this subject. These results were important to support the Learning Sequence (SD) elaboration, which has eight activities and the approach includes historical events, experiments and investigative activities. A social construction of meanings from argumentative processes through viewpoints criteria and conflicts or knowledge justification was analyzed from SD development in biology classes. The argumentation is considered essential to discuss to clarify the thinking and to discuss alternative theories. So, this study specifically investigated: (i) the argumentative processes contribute to the meanings construction in SD development; (ii) the contribution of SD and of its development at biology classes to the meanings construction; (iii) which meanings were constructed during SD development at biology classes. The SD was developed in the same class of a high school first year at a state public school. It was composed of 15 and 16 years old regular students. These students had a little or no experience with investigative activities, experiments and historical events at science teaching. Data collection was done from August to October, 2017. I have been as a participant researcher interacting with the students and the teacher, also doing the field notes. All classes were recorded focusing on a student’s group. The choice of this group was due to their engagement and participation during the SD development, and they were considered as a representative group of the class seeing that the class generally was participative and the group was formed looking for a homogeneous profile. The videos classes were all transcribed allowing us to identify episodes for each SD activity which composed the analytical tables. According to the data we defined categories of epistemic movements from the teacher and the researcher also from students developed in argumentative processes. The data showed that although the student’s engagement in argumentative processes concluding and elaborating hypotheses from the epistemic practices preponderance, the students did not always argued scientifically which was evidenced by the low percentage of practice related to the evidence’s using. It was justified by the little contact with the SD approaches because to argue scientifically it’s necessary that this practice be a part of the school culture. Another evident data aspect was the epistemic movements importance specifically those of reprocessing and elaboration which provided epistemic practice leading to the students to engage in argumentative process exposing better their ideas. Several signs of meanings construction were obtained from the students about photosynthesis therefore we recognized that the SD and its development were important to student’s learning because it has contributed to support the argumentation in meaning construction process. To conclude based on the analysis it’s considered that some SD aspects can be reformulated such as adding contextualized question aiming to develop the critical thinking and become the argumentation teaching explicit.
Description: Programa de Pós-Graduação em Educação. Departamento de Educação, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11428
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 23/05/2019 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PPGEDU - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_MovimentosEpistêmicosPráticas.pdf2,4 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons