Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10603
Title: Diagnóstico ambiental da bacia do rio Caratinga utilizando índice de qualidade de água e protocolo de avaliação rápida.
Authors: Sousa, Isabela Cristina de
metadata.dc.contributor.advisor: Roeser, Hubert Mathias Peter
Keywords: Rio Caratinga
Água - qualidade
Protocolo de avaliação rápida
Kohonen - mapas
Bacia do Rio Doce
Issue Date: 2018
metadata.dc.contributor.referee: Horn, Adolf Heinrich
Roeser, Hubert Mathias Peter
Santiago, Aníbal da Fonseca
Citation: SOUSA, Isabela Cristina de. Diagnóstico ambiental da bacia do rio Caratinga utilizando índice de qualidade de água e protocolo de avaliação rápida. 2018. 184 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) – Núcleo de Pesquisas e Pós-Graduação em Recursos Hídricos, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2018.
Abstract: O presente estudo foi realizado na Unidade de Planejamento e Gestão dos Recursos Hídricos do Caratinga –UPGRH-DO5, sub-bacia do Rio Doce em Minas Gerais, com o objetivo principal de realizar uma análise ambiental investigativa dessa unidade, que é um importante afluente do Rio Doce e tem apresentando significativa piora da qualidade de seus recursos hídricos em razão do lançamento de efluentes doméstico in natura nos corpos d’água, e fortes irregularidades no uso e ocupação do solo em razão da agropecuária. A pesquisa desenvolveu-se ao longo de duas campanhas amostrais, a do período seco realizada em junho de 2017 e a do período chuvoso em fevereiro de 2018, que envolveram a coleta de amostras de água ao longo de 21 pontos distribuídos na UPGRH-DO5 onde monitorou-se variáveis físicas, químicas e biológica e calculou-se o IQA. Durante a segunda campanha aplicou-se o Protocolo de Avaliação Rápida (PAR) em pontos sobre o Rio Caratinga. Como resultado, as duas ferramentas apresentaram boa aplicabilidade para a unidade, pois ao passo que IQA permitiu conhecer as variáveis que mais afetavam negativamente a qualidade da água, o PAR revelou os aspectos ambientais que dominam as margens dos corpos hídricos avaliados. A relação entre os instrumentos forneceu diagnóstico de como o uso e ocupação do solo na bacia e o ambiente do entorno refletem na qualidade da água. Por fim, pelo emprego da técnica SOM (Self-organized Map) reconheceu-se os pontos que se destoavam e o agrupamento desses em função das variáveis analisadas, a metodologia confirmou que para a porção da bacia pressionada pela urbanização, as variáveis que mais influenciaram de forma negativa a qualidade da água foram a Escherichia coli, a % de saturação de oxigênio e os teores de nitrato, fósforo e cloreto. Já para área de maior domínio agrícola e pecuário, as variáveis E. coli e nitrato responderam, na maioria dos casos, pela má qualidade observada. Sobre os aspectos ambientais evidenciados pelo PAR, dominam na região a ausência de mata ciliar nativa e a ocorrência de margens erodidas, além da ocupação do entorno por residências ou pastagens. Quanto a influência da variação da sazonalidade, observou-se que, no geral, houve uma piora da qualidade da água durante o período chuvoso. Quanto ao atendimento a legislações vigentes, em ambos os períodos a E. coli foi a variável que mais extrapolou os limites preconizados, sugerindo que a precariedade em serviços de saneamento básico responde como o problema principal da bacia.
metadata.dc.description.abstracten: This study was conducted at Unit Planning and Management of Water Resources of the Caratinga -UPGRH-DO5, sub-basin of the Doce River in Minas Gerais, with the main purpose of performing an investigative environmental analysis of this unit, which is an important tributary of the Rio Doce and has a significant deterioration in the quality of its water resources due to the release of fresh domestic effluents in water bodies and strong irregularities in land use and occupation due to agriculture. The study was conducted over two sampling campaigns, the dry season held in June 2017 and the rainy season in February 2018, involving the collection of water samples over 21 points distributed in UPGRH-DO5 where physical, chemical and biological variables were monitored and the IQA was calculated. During the second campaign the Rapid Assessment Protocol (PAR) was applied in points on the Rio Caratinga. As a result, the two tools presented good applicability for the unit, because while IQA allowed to know the variables that most negatively affected the water quality, the PAR revealed the environmental aspects that dominate the water bodies' margins evaluated. The relationship between the instruments provided a diagnosis of how the use and occupation of the soil in the basin and the surrounding environment reflect on the quality of the water. Finally, by using the Self-organized Map (SOM) technique, we recognized the points that were disaggregated and the grouping of these according to the variables analyzed, the methodology confirmed that for the portion of the basin pressured by urbanization, the variables that most influenced the water quality was negative for Escherichia coli, the oxygen saturation percentage and the nitrate, phosphorus and chloride contents. As for the area of greater agricultural and livestock area, the E. coli and nitrate variables responded, in most cases, the poor quality observed. Regarding the environmental aspects evidenced by the PAR, the absence of native riparian forest and the occurrence of eroded margins, in addition to the occupation of the surroundings by residences or pastures, dominate in the region. Regarding the influence of the seasonal variation, it was observed that, in general, there was a worsening of the water quality during the rainy season. Regarding compliance with current legislation, in both periods, E. coli was the variable that extrapolated the recommended limits, suggesting that precariousness in basic sanitation services responds as the main problem of the basin.
Description: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental. Núcleo de Pesquisas e Pós-Graduação em Recursos Hídricos, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10603
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 19/12/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PROAMB - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_DiagnósticoAmbientalBacia.pdf10,64 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons