Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10174
Title: Avaliação do índice de mercúrio e silício em material particulado no distrito de Antônio Pereira, Ouro Preto - MG.
Authors: Carvalho, Paulo Henrique de
metadata.dc.contributor.advisor: Silva, Roberta Eliane Santos Froes
Keywords: Partículas
Pele - doenças
Issue Date: 2018
metadata.dc.contributor.referee: Bertoli, Alexandre Carvalho
Bezerra, Olívia Maria de Paula Alves
Silva, Roberta Eliane Santos Froes
Citation: CARVALHO, Paulo Henrique de. Avaliação do índice de mercúrio e silício em material particulado no distrito de Antônio Pereira, Ouro Preto - MG. 2018. 70 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2018.
Abstract: Pênfigo foliáceo endêmico (PFE), ou “fogo selvagem”, é uma doença autoimune, cuja causa ainda está sendo investigada. Fatores de ordem ambiental, genéticos e imunológicos podem desencadear a enfermidade. Entre os fatores ambientais, a exposição a mercúrio e a poeiras minerais devem ser considerados. Em Antônio Pereira, distrito de Ouro Preto – MG, existem alguns casos de PFE. Esta região possui como principal atividade a mineração de ferro e o garimpo artesanal de ouro, que utiliza mercúrio para fazer amálgama. Buscou-se neste trabalho investigar possíveis relações da incidência da patologia com a presença de particulados no ar, em especial a sílica e o mercúrio. Foi utilizado um amostrador de ar de grandes volumes (Hi-Vol) e amostradores passivos. A quantificação foi feita por espectrometria de absorção atômica e espectrometria de absorção atômica com geração de vapor a frio. Os resultados obtidos mostraram a presença de silício e de mercúrio no ar e elevados teores de particulados.
metadata.dc.description.abstracten: Endemic pemphigus foliaceus (PFE), or "Fogo selvagem", is an autoimmune disease, the cause of which is still being investigated. Environmental, genetic and immunological factors can trigger the disease. Among environmental factors, exposure to mercury and mineral dust should be considered. In Antônio Pereira, district of Ouro Preto - MG, there are some cases of PFE. This region has as main activity the mining of iron and the artisanal gold mining, which uses mercury to make amalgam. In this paper, we investigated possible relationships between the incidence of the disease and the presence of particulates in the air, especially silica and mercury. A large volume air sampler (Hi-Vol) and passive samplers were used. The quantification was done by atomic absorption spectrometry and atomic absorption spectrometry with cold vapor generation. The results showed the presence of silicon and mercury in the air and high levels of particulates.
Description: Programa de Pós-Graduação em Química. Departamento de Química, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10174
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 15/08/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PPGQUIM - Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AvaliaçãoÍndiceMercúrio.pdf2,03 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons