Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/16692
Title: Mining and productive specialization : economic impacts of the collapse of the Dam of Fundão in Mariana/Brazil.
Other Titles: Mineração e especialização produtiva : impactos econômicos do rompimento da Barragem do Fundão em Mariana / Brasil.
Authors: Silva, Jordana Ferreira da
Silva, Fernanda Faria
Oliveira, Héder Carlos de
Keywords: Synthetic control method
Issue Date: 2021
Citation: SILVA, J. F. da; SILVA, F. F.; OLIVEIRA, H. C. de. Mining and productive specialization: economic impacts of the collapse of the Dam of Fundão in Mariana/Brazil. Gestão & Regionalidade, São Caetano do Sul, v. 38, n. 114, p. 183-206, maio-ago. 2022. Disponível em: <https://seer.uscs.edu.br/index.php/revista_gestao/article/view/7318>. Acesso em: 01 mar. 2023.
Abstract: This paper analyzes the economic impacts in the municipality of Mariana from the Fundão Dam rupture occurred at the end of 2015. The central hypothesis is that economic dependence on the mineral extraction sector makes this municipality more vulnerable to adverse shocks affecting this productive sector, compromising its job recovery capacity. In order to calculate the impacts of this disaster, datas on formal employment estimated through the Synthetic Control Method were used. The results showed that, although Mariana and its synthetic version show similar formal employment trajectory in the pre-shock period, Mariana recovered employability in the second year after the dam rupture, unlike the control group. However, this result is not due to the recovery of formal employment based on sustainable economic diversification strategies, but essentially by dependence of the mining activity and the post- disaster remediation actions that has been gradually implemented in order to recover affected areas.
metadata.dc.description.abstracten: Este artigo analisa os impactos econômicos em Mariana a partir da ruptura da barragem de Fundão ocorrida no final de 2015. A hipótese central é que a dependência econômica do setor de extração mineral torne esse município mais vulnerável a choques adversos que afetam esse setor produtivo, comprometendo sua capacidade de recuperação do emprego. Para calcular os impactos desse desastre, foram utilizados dados de emprego formal estimados pelo Método de Controle Sintético. Os resultados mostraram que, embora Mariana e sua versão sintética mostrem trajetória formal similar de emprego no período pré-choque, Mariana recuperou a empregabilidade no segundo ano após o rompimento da barragem, diferentemente do grupo de controle. No entanto, esse resultado não se deve à recuperação do emprego formal baseada em estratégias sustentáveis de diversificação econômica, mas essencialmente pela dependência da atividade de mineração e das ações de reparação pós-desastre que foram gradualmente implementadas para recuperar as áreas afetadas.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/16692
metadata.dc.identifier.doi: https://doi.org/10.13037/gr.vol38n114.7318
ISSN: 2176-5308
metadata.dc.rights.license: Este trabalho está sob uma Licença Creative Commons - AtribuiçãoNãoComercial 4.0 Internacional. Fonte: o PDF do artigo.
Appears in Collections:DEECO - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_MiningProductiveSpecialization.pdf564,41 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.