Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/14994
Title: Mortalidade adulta por nível de escolaridade em São Paulo : análise comparativa a partir de diferentes estratégias metodológicas.
Other Titles: Adult mortality by education level in São Paulo : comparative analysis based on different methodological strategies.
Authors: Ribeiro, Mirian Martins
Turra, Cassio Maldonado
Pinto, Cristine Campos de Xavier
Keywords: Dados faltantes
Imputação
Diferenciais socioeconômicos em mortalidade
Brasil
Socioeconomic differentials in mortality
Issue Date: 2021
Citation: RIBEIRO, M. M.; TURRA, C.M.; PINTO, C. C. de X. Mortalidade adulta por nível de escolaridade em São Paulo: análise comparativa a partir de diferentes estratégias metodológicas. Revista brasileira de Estudos de População - REBEP, v. 38, 2021. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/rbepop/a/BPWkPhPGvRWChR7LDvD7F7g/#:~:text=Os%20resultados%20indicam%20que%20a,adulta%20(cerca%20de%2050%25).>. Acesso em: 24 maio 2022.
Abstract: Neste artigo, são estimados os diferenciais educacionais de mortalidade de adultos residentes em São Paulo. É realizada uma análise comparativa de estimativas a partir de dados do Censo 2010 e do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) – Datasus e de três formas distintas de mensuração da escolaridade: registrada no SIM; declarada no Censo para o responsável pelo domicílio; e imputada estatisticamente no Censo para indivíduos que morreram. Para as imputações da escolaridade, utilizou-se o método de Dempester (1977), que propõe o uso do algoritmo esperança-maximização (algoritmo E-M) para lidar com dados faltantes. Foram considerados três níveis de escolaridade (baixo, médio e alto) e estimadas as taxas de mortalidade com base em modelos Poisson. Os resultados indicam que a obtenção de escolaridade pode reduzir em até 77% as taxas de mortalidade entre 25 e 59 anos de idade. Além disso, em um país em que a população tem baixa escolaridade, obter ensino médio representa um ganho significativo do ponto de vista da sobrevivência adulta (cerca de 50%). Encontraram-se padrões de mortalidade por escolaridade semelhantes para as estimativas obtidas com dados registrados no SIM e aqueles imputados no Censo 2010. Além disso, a análise sugere que estimativas assumindo a escolaridade do responsável pelo domicílio resultam em diferenciais de mortalidade atípicos, provavelmente distorcidos pela transição de educação no Brasil. Espera-se que o modelo de imputação proposto aqui possa ser utilizado em futuras análises dos dados de mortalidade a partir do Censo 2010.
metadata.dc.description.abstracten: In this article, we estimate adult mortality by education level in São Paulo. We compare estimates based on deaths from the 2010 Census and the 2013 Mortality Information System (Sistema de Informação de Mortalidade – SIM) – DATASUS, and three different ways of measuring education level: recorded in the SIM, reported in the census for the household heads and imputed statistically in the census for individuals who died. For the statistical imputation, we use the Dempester (1977) method, which proposes using the expectation-maximization algorithm (EM algorithm) to deal with missing data. We consider three education levels (low, medium, and high) and estimate mortality rates based on Poisson models. The results indicate that between ages 25 and 59, more years of schooling are associated with mortality rates up to 77% lower. Secondary (medium) education level provides most of the mortality gains at adult ages (about 50%). The mortality differentials calculated with death records from the SIM and census deaths with education imputed statistically are similar. However, estimates based on the assumption that the deceased's education is equal to the household head's in the census resulted in atypical mortality patterns. We hope that the imputation model we propose in the current study can be used in future mortality analyses by SES using census deaths.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/14994
metadata.dc.identifier.doi: https://doi.org/10.20947/S0102-3098a0139
ISSN: 1980-5519
metadata.dc.rights.license: All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License. Fonte: o PDF do artigo.
Appears in Collections:DEECO - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_MortalidadeAdultaNível.pdf806,58 kBAdobe PDFView/Open
ARTIGO_AdultMortalityEducation.pdf792,1 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.