Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13613
Title: Tear de reminiscências : memória, viagem e imagem em outros cantos, de Maria Valéria Rezende.
Authors: Lobo, Isabela Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor: Gama, Mônica Fernanda Rodrigues
Keywords: Memória cultural
Literatura
Narração
Issue Date: 2021
metadata.dc.contributor.referee: Gama, Mônica Fernanda Rodrigues
Rezende, Carolina Anglada de
Silva, Fabiana Carneiro da
Citation: LOBO, Isabela Rodrigues. Tear de reminiscências: memória, viagem e imagem em outros cantos, de Maria Valéria Rezende. 2021. 103 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2021.
Abstract: Esta dissertação é uma leitura do romance contemporâneo Outros cantos, de Maria Valéria Rezende, com enfoque na inerente relação entre as dimensões da memória, a viagem e a experiência do olhar. A memória é elo central a partir do qual norteamos esta pesquisa na qual refletimos e analisamos os processos de lembrança na instância da produção literária – especificamente, no romance Outros cantos, de Maria Valéria Rezende –, por meio dos estudos mnemônicos empreendidos por: Maurice Halbwachs, Aleida Assmann e Jan Assmann. Ademais contemplamos as concepções basilares de literatura contemporânea, de literatura de viagem e de visibilidade cunhadas pelos estudiosos: Karl Eric Schøllhammer, Erich Auerbach, Jacques Ranciére, Flora Süssekind, Georges Didi-Huberman, Walter Benjamin, Sérgio Cardoso, Marilena Chaui, Alfredo Bosi, Eurídice Figueiredo e Edward Said. No romance Outros cantos a memória é uma chave de leitura importante que permeia toda a narrativa. A protagonista Maria, por meio de rememorações confronta uma imagem remota do sertão nordestino, no contexto do pós-golpe de 1964, à imagem contemporânea, que é percebida dentro de um ônibus, em 2014, durante uma viagem de retorno aos vilarejos do semiárido. Partindo desses dois contextos surgem diversos desdobramentos da memória na obra. Na esfera individual, a protagonista reflete sobre o cenário e a vida sertaneja, nas duas temporalidades. Nesse movimento de resgate de sua própria história, por parte da narradora-personagem, são apresentados causos relatados por ela e pelos moradores do povoado em rodas de contação de histórias – o que configura a dimensão coletiva e cultural da lembrança. Visto que as rememorações estão presentes em diversos planos do romance – individual, afetivo, coletivo, cultural e simbólico –, constata-se que a memória é um ponto essencial para a compreensão da narrativa, e por isso o foco desta investigação.
metadata.dc.description.abstracten: This dissertation is a reading of the contemporary novel Outros cantos, by Maria Valéria Rezende, focusing on the inherent relationship between the dimensions of memory, travel and visual experience. Memory is the central link from which we guide this research in which we reflect and analyze the processes of remembering in the instance of literary production – specifically, in the novel Outros cantos, by Maria Valéria Rezende –, through the mnemonic studies undertaken by: Maurice Halbwachs, Aleida Assmann and Jan Assmann. In addition, we contemplate the basic concepts of contemporary literature, travel literature and visibility coined by scholars: Karl Eric Schøllhammer, Erich Auerbach, Jacques Ranciére, Flora Süssekind, Georges Didi-Huberman, Walter Benjamin, Sérgio Cardoso, Marilena Chaui, Alfredo Bosi, Eurídice Figueiredo and Edward Said. In the novel Outros cantos, memory is an important reading key that permeates the entire narrative. The protagonist Maria, through remembrances, confronts a remote image of the northeastern hinterland, in the context of the post-coup of 1964, with the contemporary image, which is perceived inside a bus, in 2014, during a return trip to the semi-arid villages. From these two contexts, several developments of memory emerge in the work. In the individual sphere, the protagonist reflects on the scenery and country life, in both temporalities. In this movement to rescue her own story, on the part of the narrator-character, stories related by her and the villagers are presented in storytelling circles – which configures the collective and cultural dimension of the memory. As recollections are present in different planes of the novel – individual, affective, collective, cultural and symbolic –, it appears that memory is an essential point for the understanding of the narrative, and therefore the focus of this investigation.
Description: Programa de Pós-Graduação em Letras. Departamento de Letras, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13613
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 25/08/2021 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:POSLETRAS - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_TearReminiscênciasMemórias.pdf2,81 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons