Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13576
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorTeixeira, Marcílio Baltazar-
dc.contributor.authorCamargo, Pedro Luiz Teixeira de-
dc.contributor.authorMartins Júnior, Paulo Pereira-
dc.date.accessioned2021-08-24T16:05:11Z-
dc.date.available2021-08-24T16:05:11Z-
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.citationTEIXEIRA, M. B.; CAMARGO, P. L. T. de.; MARTINS JÚNIOR, P. P. Análise quanti-qualitativa do estado da degradação de bacia hidrográfica. Revista Ibero-americana de Ciências Ambientais, v. 8, n. 2, p. 351-364, dez. 2017/jan. 2018. Disponível em: <http://www.sustenere.co/index.php/rica/article/view/CBPC2179-6858.2018.002.0028>. Acesso em: 24 mar. 2021.pt_BR
dc.identifier.issn2179-6858-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13576-
dc.description.abstractA ideia de impacto ambiental, às vezes, pode provocar diferentes observações ou entendimentos sobre o meio físico natural, principalmente no que diz respeito a questão estrutural do substrato, e também sobre os processos geodinâmicos externos relacionados a degradante atividade de uso e ocupação solos. Assim, os recursos financeiros que podem ser disponibilizados com atividades de mitigação (e/ou recuperação) ambiental, e a possibilidade de soluções de engenharia são capazes de descrever (ou levantar) as diferenças entre degradação e estado de Degradação (eD). Logo, o objetivo deste trabalho é o de apresentar um procedimento interdisciplinar, que permita mesclar também as geociências e a engenharia para gestão geoambiental do território. Considerando para a avaliação do impacto ambiental, índices de degradação estimados e reconhecidos em função da extensão, dos efeitos de repercussão (em áreas vizinhas e longínquas), da intensidade dos efeitos (como destruições diversas) e da viabilidade de obras de mitigação em função de custos pecuniários e tempos de retorno. Neste caso, ficou constatado que a metodologia utilizada, desenvolvida por Martins Júnior (2014) apresentou um resultado de avaliação de impacto ambiental razoável, ao observar as magnitudes dos impactos ambientais da área de estudo.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectCerradopt_BR
dc.subjectNorte de Minas Geraispt_BR
dc.titleAnálise quanti-qualitativa do estado da degradação de bacia hidrográfica.pt_BR
dc.title.alternativeQuantitative-qualitative analysis of the status of river basin degradation.pt_BR
dc.typeArtigo publicado em periodicopt_BR
dc.rights.licenseOs trabalhos publicados na Revista Ibero-Americana de Ciências Ambientais estão sob Licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação. Fonte: Revista Ibero-Americana de Ciências Ambientais <http://sustenere.co/journals/index.php/rica/index>. Acesso em: 16 out. 2019.pt_BR
dc.description.abstractenThe idea of environmental impact can sometimes provoke different observations or understandings about the natural physical environment, especially with respect to the structural issue of the substrate, as well as external geodynamic processes related to degrading activity of use and occupation alone. Thus, the financial resources that can be made available with environmental mitigation (and/or recovery) activities, and the possibility of engineering solutions are able to describe (or raise) the differences between degradation and degradation (eD). Therefore, the objective of this work is to present an interdisciplinary procedure, which also allows the merging of geosciences and engineering for geoenvironmental management of the territory. Considering for the assessment of the environmental impact, estimated and recognized degradation rates by extension, by-pass effects (in neighboring and remote areas), the intensity of the effects (such as various destruction) and the feasibility of mitigation works due to Pecuniary costs and times of return. In this case, it was verified that the methodology used, developed by Martins Júnior (2014) presented a reasonable environmental impact assessment result, when observing the magnitudes of the environmental impacts of the study area.pt_BR
dc.identifier.doihttps://doi.org/10.6008/CBPC2179-6858.2018.002.0028pt_BR
Appears in Collections:DEGEO - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_AnáliseQuantiQualitativa.pdf3,84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.