Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9937
Título: Sistema de patentes e dinâmica industrial : um enfoque comparativo.
Autor(es): Martins, Anna Carolina
Orientador(es): Barrenechea, Martin Harry Vargas
Palavras-chave: Bem-estar social
Indústria - aspectos sociais
Inovação tecnológica
Data do documento: 2018
Membros da banca: Barrenechea, Martin Harry Vargas
Montenegro, Rosa Lívia Gonçalves
Francisco Neto, Antônio
Referência: MARTINS, Anna Carolina. Sistema de patentes e dinâmica industrial : um enfoque comparativo. 2017. 96 f. Dissertação (Mestrado em Economia Aplicada) – Instituto de Ciências Sociais e Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2018.
Resumo: Este trabalho visa fazer uma comparação entre os resultados do modelo proposto por Winter (1993), e os resultados de um modelo de sistemas de patentes e bem-estar social com um sistema de licenciamento de patentes. Ou seja, entendendo os resultados de Winter (1993) que um sistema de patentes forte não seria necessariamente bom para a atividade inovadora e, portanto, para o desenvolvimento do mercado e do bem-estar social, é interessante discutir as possíveis implicações da incorporação de um sistema de licenciamento de patentes fazendo essa comparação. Tal comparação é possível, através do uso de modelagem computacional baseada em agentes. Portanto, inicialmente os modelos de Nelson e Winter (1982), Winter (1984) e Winter (1993) foram computacionalmente replicados, utilizando o software Netlogo. Os modelos propostos em Winter (1984) e (1993) são, em suma, uma extensão do modelo proposto por Nelson e Winter (1982), que questionam como a indústria evolui pelo progresso técnico ao longo dos anos. O modelo proposto por Winter (1984) acrescenta a essas discussões um estudo sobre o desenvolvimento da indústria em diferentes regimes tecnológicos, e o modelo Winter (1993), debate sobre como ocorre a evolução da indústria quando as firmas adotam um sistema de patentes, levando em conta também o estado de bem-estar. A partir disso, atendendo ao objetivo principal deste artigo, um sistema de licenciamento de patentes é incorporado ao modelo Winter (1993). Os resultados indicam que, no contexto da atividade inovativa, a inclusão do sistema de licenciamento de patentes não apresentou resultados positivos, porém, do ponto de vista do bem-estar social, mostrou-se fortemente benéfico, embora unilateral. A conclusão geral é que o uso de um sistema de licenciamento prejudica a atividade inovadora, mas traz resultados positivos para o bem-estar da indústria, por mais unilateral que seja.
Resumo em outra língua: This work aims to do a comparation between the results of the proposed model by Winter (1993), and the results of one model of the patents sytems and social welfare with a patent licensing system. That is, understanding the results of Winter (1993) that a strong patent system would not necessarily be good for the innovative activity and thus for the development of the market and social welfare, it is interesting to discuss the possible implications of the incorporation of a patent licensing system by making this comparison. Such comparation is possible, through the use of agent-based computational modeling. Therefore, initially the Nelson and Winter (1982), Winter (1984) and Winter(1993) models were computationally replicated, using the Netlogo software. The models proposed in Winter (1984) e (1993) are, in short, an extension of the model proposed for Nelson andWinter (1982), which question about how the industry evolves by tecnical progress over the years. The model proposed by Winter (1984), adds theses discussions an study about the development of the industry in different tecnological regimes, and the model Winter (1993), debates about how occours the evolution of the industry when the firms adopt a patert sistem, taking into account also the welfare state.From this, attending to the main objective of this paper, a patent licensing system is incorporated to the Winter (1993) model. The results indicate that in the context of the innovative activity, the inclusion of the patent licensing system did not present positive results, however, from the point of view of social welfare it was shown to be strongly beneficial, although unilateral. The general conclusion is that the use of a licensing system harms the innovative activity but brings positive results for the well-being of the industry, however unilateral.
Descrição: Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada. Departamento de Ciências Econômicas e Gerenciais, Instituto de Ciências Sociais e Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9937
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 07/05/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Aparece nas coleções:PPEA - Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_SistemaPatentesDinâmica.pdf1,64 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons