Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9935
Título: A Falha do Engenho revisitada : sul do Quadrilátero Ferrífero, Minas Gerais.
Autor(es): Piassa, Luand Roberto Aparecido
Orientador(es): Endo, Issamu
Palavras-chave: Geologia estrutural
Arcabouço estrutural
Falhas - geologia
Data do documento: 2017
Membros da banca: Endo, Issamu
Hartwig, Marcos Eduardo
Martins, Maximiliano de Souza
Referência: PIASSA, Luand Roberto Aparecido. A Falha do Engenho revisitada : sul do Quadrilátero Ferrífero, Minas Gerais. 2017. 156 f. Dissertação (Mestrado em Evolução Crustal e Recursos Naturais) – Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2017.
Resumo: A falha do Engenho é uma estrutura com aproximadamente 70 km de extensão, localizada na porção sul do Quadrilátero Ferrífero (MG). A grande maioria dos trabalhos descreve a falha do Engenho como sendo uma falha transcorrente sinistral e corroboram com a proposta inicial de Guild (1957). Porém o presente trabalho sugere que o acervo estrutural da região foi moldado através de dobramentos com ao menos 3 fases de deformação. As duas primeiras fases apresentam vergência para sul, as quais são responsáveis pelas principais tramas da região. A terceira fase corresponde a tramas de menor penetratividade responsáveis pela geração de clivagens de crenulação com direção N-S. Através da técnica de deconvolução de Euler 2D, foram realizados quatro perfis transversais a falha com o intuito de analisar a continuação da estrutura em profundidade e sua natureza. Estes perfis demonstram que a estrutura apresenta mergulho para sul e pontos de inflexão associada a dobras. O mapeamento lito-estrutural, mostrou que os contatos entre as unidades delimitadas pela falha do Engenho são transicionais, e que o arcabouço estrutural local apresenta feições típicas de dobramentos. Na região da serra de Ouro Branco, observa-se que os elementos tectônicos e estratigráficos articulam-se por meio de uma megadobra cerrada no formato de um antiforme. O arcabouço estrutural da região moldado através de dobramentos, correlaciona-se melhor ao modelo de evolução proposto por Almeida et al. (2002) e Endo et al. (2005) que consideram a superposição de duas nappes para o Quadrilátero Ferrífero.
Resumo em outra língua: The Engenho fault is a structure with approximately 70 Km of extension, located in the south region of Quadrilátero Ferrífero (MG, Brazil). The great majority of the works describe the Engenho fault as being a sinistral strike-slip fault and corroborate with the initial proposal of Guild (1957). However, the present research suggests that the structural framework of the region was molded by folding with at least 3 phases. The early two phaseses south-vergences event, which are responsible for the main fabric in the region. The later phase corresponds to fabric of lower penetration by responsible of crenulation cleavages with N-S direction. Through the Euler 2D deconvolution technique, four cross-sections to fault were accomplished with the purpose of analyzing the continuation of the structure in depth and its nature. These profiles demonstrate that the structure presents dipping south and inflection points associated with folds. The litho-structural mapping showed that the contacts between the units delimited by the Engenho fault are transitional, and that the local structural framework presents typical features of folds. In the region of serra de Ouro Branco, it is observed that the tectonic and stratigraphic elements are articulated by means of a tight large-scale fold in the form of an antiform. The structural framework of the region formed by folds, correlates better to the evolution model proposed by Almeida et al. (2002) and Endo et al. (2005) that consider the superposition of two nappes to the Quadrilátero Ferrífero.
Descrição: Programa de Pós-Graduação em Evolução Crustal e Recursos Naturais. Departamento de Geologia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9935
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 10/05/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite a adaptação.
Aparece nas coleções:PPGECRN - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_FalhaEngenhoRevisitada.pdf9,3 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.