Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9873
Título: A Linguagem Prudencial como guia no debate político brasileiro no Senado Imperial de 1832.
Autor(es): Teixeira, Larissa Breder
Orientador(es): Pereira, Luisa Rauter
Palavras-chave: Brasil - História - Regências 1831-1840
Reforma constitucional
Prudência
Data do documento: 2018
Membros da banca: Pereira, Luisa Rauter
Mollo, Helena Miranda
Lynch, Christian Edward Cyril
Referência: TEIXEIRA, Larissa Breder. A Linguagem Prudencial como guia no debate político brasileiro no Senado Imperial de 1832. 2018.101 f. Dissertação (Mestrado em História) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2018.
Resumo: Em 1831, logo após a abdicação de Dom Pedro I, começaram na Câmara dos Deputados as discussões sobre as reformas constitucionais que culminariam no Ato Adicional de 1834. Tendo como tema as mudanças na forma da representação política, especificamente no que dizia respeito ao problema do poder político e administrativo provincial, os principais debates foram guiados por uma linguagem prudencial. Ou seja, as discussões da reforma constitucional sobre a construção da nação estariam inseridas dentro de uma linguagem que busca cautela e prudência. A prudência não significaria lentidão, e sim perceber o momento certo para a ação – nem antes, nem depois. Acreditamos que essa linguagem era capaz de estruturar conceitos, metáforas, moldar o pensamento e ordenar decisões. Entendemos o ano de 1832 como um nó histórico, como nos fala Pierre Rosanvallon. Isto é, como um momento central onde ocorrem intensas reformulações na linguagem política e na forma como os grupos políticos dominantes no Império percebem a realidade presente do país. Central nestas mudanças foi a reconfiguração da forma como tempo e história foram vividos e conceituados: como passado, presente e futuro foram construídos pelos grupos políticos em questão durante os debates. Essa dissertação, portanto, pretende lançar luz sobre tais fenômenos, tomando como fonte os debates ocorridos no ano de 1832 no Senado Imperial, instituição do poder legislativo onde se encontravam os membros da mais alta elite política e social do país.
Resumo em outra língua: The dissertation aims to analyze the prudential language that pervades the entire debate about the reform of the Constitution of 1824 in the year 1832 in the Senate of the Brazilian Empire. We believe that this language is structurant due to the great instability of time, as described by the senators. We understand that a guide is needed to guide policymakers at a time when historical examples are not able to fully guide the new modern experience. Thus, we analyze the concepts and metaphors expressed in this scope, because, through them, we characterize how the modern experience of politics passed in that period. Such elements are central to understanding the particularities of the experience that the former American colonies now had. That is, we see how the concepts of prudence and caution were decisive for action in a time of yet little political experience. In addition, we believe that they are structurants because the modern prudential language can be recognized not only in the Brazilian case, but in America and post-restoration Europe. Dialoging with Pierre Rosanvallon, we propose that 1832 was a "historical knot", where reformulations of political structures were especially intense. Thus, this work contributes to a new vision of what was the Brazilian Regulative Period.
Descrição: Programa de Pós-Graduação em História. Departamento de História, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9873
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor(a), 19/04/2018, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Aparece nas coleções:PPGHis - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_LinguagemPrudencialGuia.pdf5,4 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.