Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9856
Título: Diversidade metagenômica e potencial biotecnológico de cavernas de canga do Quadrilátero Ferrífero.
Autor(es): Lemes, Camila Gracyelle de Carvalho
Orientador(es): Moreira, Leandro Marcio
Palavras-chave: Afloramentos ferruginosos
Microrganismos
Cavidades naturais
Biotecnologia
Data do documento: 2018
Membros da banca: Moreira, Leandro Marcio
Salgado, André Augusto Rodrigues
Silva, Silvana de Queiroz
Referência: LEMES, Camila Gracyelle de Carvalho. Diversidade metagenômica e potencial biotecnológico de cavernas de canga do Quadrilátero Ferrífero. 2018. 86 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) – Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2018.
Resumo: O Quadrilátero Ferrífero (QF) possui alta concentração de minérios em seu solo, o que tem propiciado um elevado extrativismo que se contrapõe à sua importância biológica. Nesta área, cavernas de cangas apresentam-se como ambientes com características geomorfológicas únicas. Poucas destas cavernas foram catalogadas e um número ainda mais reduzido foi incorporado em estudos biológicos, o que torna esse geossistema ferruginoso um ambiente altamente propício para novas descobertas de cunho microbiológico e biotecnológico. O objetivo deste trabalho foi investigar a diversidade bacteriana e o potencial biotecnológico em cavernas de canga associadas a aflorame ntos ferruginosos por metagenômica DNAr 16S. Para isso, foram coletadas amostras do piso e do teto de 7 cavernas de canga e 1 caverna de quartzito (controle) na região do QF, em condições estéreis. O DNA total foi extraído e a região V4-V5 da subunidade ribossomal 16S foi sequenciada usando plataforma PGM™. Um total de 6 milhões de leituras foram identificadas. Análise de α-diversidade revelou que as cavernas de canga apresentam maior riqueza em relação à caverna controle. Análise de β-diversidade demonstrou que as cavernas de canga e a de quartzito apresentam classificações filogenéticas distantes, ainda mais quando os estratos piso e teto foram avaliados independentemente. Esta diversidade ficou evidenciada em nível de gênero, muitos dos quais já descritos na literatura como sendo potenciais organismos de interesse biotecnológico, por exemplo Actinoallomurus, Cystobacter e outros. Uma análise mais aprofundada de três das cavernas selecionadas, todas inseridas na região da Chapada de canga no município de Mariana, mostrou que apesar de geograficamente estarem muito próximas, apresenta m riqueza e diversidade significativamente diferentes entre si. Estes resultados colocam em destaque pela primeira vez um patrimônio genético mineiro ainda desconhecido em estudos biológicos e evidenciam a necessidade de incorporação desta área em programa s de conservação, ainda mais por estar sobre iminente pressão pela ação antrópica.
Resumo em outra língua: The Iron Quadrangle (IQ) has a high concentration of ores in its soil, which has led to high extractivism activity that contrasts with its biological importance. In this area, canga caves present themselves as environments with unique geomorphological characterist ics. Few of these caves have been cataloged and an even smaller number have been incorporated into biological studies, which makes this ferruginous geosystem a highly conducive environment for new microbiological and biotechnological discoveries. The objective of this work was to investigate the bacterial diversity and biotechnologica l potential of canga caves associated to ferruginous outcrops by metagenomic 16S rDNA. For this, samples of floor and ceiling of 7 canga caves and 1 quartzite cave (control) were collected in the QF region under sterile conditions. Total DNA was extracted and the V4- V5 region of the 16S ribosomal subunit was sequenced using PGM ™ platform. A total of 6 million reads were identified. Analysis of α-diversity revealed that the caves of canga present greater wealth in relation to the control cave. β-diversity analysis showed that canga and quartzite caves present distant phylogenetic classifications, especially when the floor and ceiling strata were independently evaluated. This diversity was evidenced at the genus level, many of which have already been described in the literature as potential organisms of biotechnological interest, for example Actinoallomurus, Cystobacter and others. A more in-depth analysis of three of the selected caves, all inserted in the Chapada of Canga region in the municipality of Mariana, showed that although geographically they are very close, they present significantly different richness and diversity among them. These results highlight for the first time a genetic patrimony of Minas Gerais that is still unknown in biological studies and evidences the need to incorporate this area into conservation programs, even more because it is about imminent pressure by anthropic action.
Descrição: Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa de Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/9856
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor(a), 11/04/2018, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Aparece nas coleções:PPBIOTEC - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_DiversidadeMetagenômicaPotencial .pdf2,89 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.