Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7249
Título: Através da Pátria Brasileira : possibilidades de narrativa acerca do indígena brasileiro em livros de leitura da Primeira República.
Autor(es): Almeida, Helena Azevedo Paulo de
Orientador(es): Rangel, Marcelo de Mello
Abreu, Marcelo Santos de
Fernandes, Luis Estevam de Oliveira
Palavras-chave: Brasil - história - República Velha, 1889 - 1930
História - estudo e ensino
História - índio - Brasil
Livros de literatura
Material didático - alunos
Data do documento: 2016
Membros da banca: Abreu, Marcelo Santos de
Rangel, Marcelo de Mello
Bentivoglio, Júlio César
Referência: ALMEIDA, Helena Azevedo Paulo de. Através da Pátria Brasileira : possibilidades de narrativa acerca do indígena brasileiro em livros de leitura da Primeira República. 2016. 163f. Dissertação (Mestrado em História) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2016.
Resumo: No decorrer do século XIX, ocorreu uma acirrada discussão sobre o lugar do índio na constituição da sociedade brasileira. Podemos destacar duas vertentes principais de abordagem: a Romântica, que exaltava-os como honrados, corajosos e futuros cristãos em seu papel de construção da identidade nacional, e uma outra vertente, vinculada à figura de Varnhagen, que colocava o indígena como parte de um passado remoto, bárbaro, sem qualidades, que precisaria ser esquecido e superado através de sua escravização em substituição à mão de obra escrava negra. Assim, o presente trabalho tem por intenção discutir as modificações e permanências destas propostas, a partir de uma análise dos livros de leitura, utilizados no início do século XX, a partir da noção de memória coletiva.
Resumo em outra língua: During the 19th century a ferocious debate was taken place in Brazil, about the place of the American Indian in Brazilian society. Two tendencies can be emphasized: the romantic one, which glorified the Indians as honorable, courageous and future Christians in their role of national identity construction, and another one, linked to Varnhagen, which put the Indians as part of a remote past, barbarian, without qualities, which was needed to be forgotten throw enslavement in substitution of black slavery. Thus, the present dissertation has for intention discuss the modifications and persistence of these propositions, based on reading books (livros de leitura) analysis, which were used in the beginning of the 20th century, and referring to a collective memory notion.
Descrição: Programa de Pós-Graduação em História. Departamento de História, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7249
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 08/02/2017, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece nas coleções:PPGHis - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_AtravésPátriaBrasileira.pdf2,1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.