Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7010
Título: Importância de fatores locais e regionais sobre a riqueza e composição do zooplâncton em lagoas rasas montanas.
Autor(es): Brito, Lorena Aparecida Fortes
Orientador(es): Santa'Anna, Edneia Maria Eskinazi
Leite, Mariangela Garcia Praça
Palavras-chave: Nicho - ecologia
Lagoas
Ecologia de água doce
Comunidades animais
Data do documento: 2016
Membros da banca: Wishiewski, Maria José dos Santos
Pires, Maria Rita Silvério
Referência: BRITO, Lorena Aparecida Fortes. Importância de fatores locais e regionais sobre a riqueza e composição do zooplâncton em lagoas rasas montanas. 2016. 44 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2016.
Resumo: Os fatores locais e regionais, relacionados às escalas onde predominam processos ecológicos e biogeográficos, podem representar importantes elementos na seleção de espécies, em ecossistemas aquáticos continentais. Os fatores atuam estruturando espacialmente as comunidades, sobretudo a zooplanctônica, por apresentar sensibilidade frente às alterações ambientais. O presente estudo objetivou contribuir no conhecimento acerca da composição de espécies do zooplâncton em ecossistemas rasos montanos, avaliando o efeito dos fatores locais (aspectos limnológicos e heterogeneidade de habitats) e regionais (conectividade e hidroperíodo) sobre a riqueza da comunidade zooplanctônica. Para isso, desenvolvemos o estudo em oito lagoas rasas montanas (cinco permanentes e três temporárias) na Cordilheira do Espinhaço. As coletas foram realizadas no fim do período chuvoso (Fevereiro/Março) em 2015. Foram feitas análises de nutrientes, quantificado a conectividade com demais ambientes hídricos e estimada a cobertura de macrófitas (heterogeneidade do habitat). A biomassa algal seguiu o mesmo padrão em escala espacial dos nutrientes, sendo os valores significamente maiores nas lagoas temporárias. Foram coletados 10.430 organismos, classificados em 125 táxons zooplanctônicos. Os resultados indicaram, uma dissimilaridade quanto à composição de espécies de zooplâncton, considerando o hidroperíodo das lagoas (temporárias e permanentes). As lagoas permanentes apresentaram maior número de táxons em relação às lagoas temporárias, que em contrapartida se mostraram locus de espécies raras (Celsinotum candango, Euchlanis calpidia, Keratella quadrata, Lecane hornemanni e L. pumila). Lecane bulla e Anthalona verrucosa apresentaram ocorrência superior a 60% dos pontos amostrais, podendo ser consideradas espécies comuns a lagoas rasas, com diferentes hidroperiodos. As maiores riquezas foram observadas nas lagoas cuja cobertura de macrófitas excedeu a 50% da área total, indicando um forte efeito do fator local sobre a estrutura da comunidade zooplanctônica. As análises demonstraram ainda que a riqueza de táxons de zooplâncton foi determinada pelos fatores locais, sobretudo a cobertura de macrófitas, e agem na estruturação da comunidade, os fatores regionais, especialmente o hidroperíodo. Assim, a maior diversidade da biota aquática será mantida em paisagens onde grandes e pequenas massas de água, temporárias (com espécies endêmicas) e permanentes (com maior número de táxons), forem preservadas com sua principal característica de ampla heterogeneidade de habitats.
Resumo em outra língua: The local and regional factors, related to the scales where ecological and biogreographic processes dominate, can represent important elements in the species selection and evolutionary forcings, spatially structuring the communities, especially the zooplanktonic, to show sensitivity when facing environmental changes. The main goal of this study was to improve understanding about the composition of zooplankton species in shallow, montane ecosystems, evaluating the effect of both local (limnological aspects and habitat heterogeneity) and regional (connectivity and hydroperiod) factors on the richness of the zooplankton community. In order to do that we developed a study in 8 shallow montane lakes (five permanent and three temporary) in the Espinhaço Mountain Range. The samples were collected at the end of the rainy season (February/March) in 2015. In total 10,430 organisms, classified in 125 taxon were collected. We analysed the nutrients, quantified the connectivity with other hydrologic features and estimated the macrophyte coverage. The results show that lakes with different hydroperiods had different zooplankton species composition. Furthermore, the five permanent lakes had a higher number of taxon compared to the other three temporary lakes. However, those three lakes appear to be sites of rare species (Celsinotum candango, Euchlanis calpidia, Keratella quadrata, Lecane hornemanni e L. pumila). Lecane bulla e Anthalona verrucosa occurred in more than 60% of sampling points. The algal biomass followed the same patterns in spatial range as the nutrients, being significantly larger in temporary lakes. The greatest richness was observed in lakes where the macrophyte coverage was greater than 50% of the total area. The analysis demonstrated that the zooplanktonic taxon richness is determined by local factors, mainly the macrophyte coverage. And regional factors also influence community structure, namely the hydroperiod. Therefore, the highest diversity of aquatic biota will be found and maintained in landscapes where big and small water bodies, with both temporary (with their endemic species) and permanent (with higher number of taxons) lakes, are preserved.
Descrição: Programa de Pós-Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais. Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/7010
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 29/08/2016, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece nas coleções:PPGEBT - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_ImportânciaFatoresLocais.pdf1,51 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons