Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6002
Título: O modelo de regressão linear misto para dados longitudinais : uma aplicação na análise de dados antropométricos desbalanceados.
Título(s) alternativo(s): Mixed linear regression model for longitudinal data : application to an unbalanced anthropometric data set.
Autor(es): Fausto, Maria Arlene
Carneiro, Mariângela
Antunes, Carlos Mauricio de Figueiredo
Pinto, Jorge Andrade
Colosimo, Enrico Antonio
Palavras-chave: Modelos lineares
Funções verossimilhança
Antropometria
Crescimento
Data do documento: 2008
Referência: FAUSTO, M. A. et al. O modelo de regressão linear misto para dados longitudinais : uma aplicação na análise de dados antropométricos desbalanceados. Cadernos de Saúde Pública, v. 24, p. 513-524, 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/csp/v24n3/05.pdf>. Acesso em: 21 out. 2015.
Resumo: Os dados provenientes de estudos longitudinais se caracterizam pela seqüência de duas ou mais observações em cada indivíduo. Nos estudos de coorte, esses dados geralmente apresentam estrutura desbalanceada. Uma casuística que envolve a avaliação longitudinal de crescimento de lactentes nascidos de mães infectadas pelo HIV foi acompanhada no ambulatório de AIDS pediátrica do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais, Minas Gerais, Brasil. O objetivo deste estudo é demonstrar a aplicação do modelo linear misto na análise de dados longitudinais desbalanceados provenientes dessa coorte. Os resultados mostram que, aos seis meses de idade, os meninos eram, em média, 1,8cm maiores que as meninas e as crianças sororrevertoras eram, em média, 2,9cm maiores que as infectadas. Aos 12 meses, a diferença na altura entre meninos e meninas passou a ser, em média, de 2,4cm enquanto a diferença entre infectados e sororrevertores passou a ser, em média, de 3,5cm. Além de descrever o comportamento longitudinal do crescimento, o modelo também permite estimar a velocidade de crescimento das crianças por sexo e grupo. ____________________________________________________________________________________
ABSTRACT: A longitudinal data set is characterized by a time sequence of two or more observations from each individual. In cohort studies, these data are usually not balanced. A data set related to longitudinal height measurements in children of HIV-infected mothers was recorded at the university hospital of the Federal University in Minas Gerais, Brazil. The objective was to assess the application of the mixed effect model to this unbalanced data set. At six months of age, on average boys were 1.8cm taller than girls, and seroreverter infants were 2.9cm taller than their HIV+ peers. At 12 months of age, on average boys were 2.4cm taller than girls and seroreverter children were 3.5cm taller than HIV+ ones. In addition to describing longitudinal height behavior, this model also includes the growth rate estimation for this infant population by gender and group.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/6002
ISSN: 16784464
Licença: Todo o conteúdo do periódico Cadernos de Saúde Publica, exceto quando identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho em qualquer suporte ou formato desde que sejam citados o autor e licenciante. Fonte < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0102-311X&lng=en&nrm=iso >. Acesso em: 21 out. 2015.
Aparece nas coleções:DEALI - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_ModeloRegressãoLinear.pdf5,39 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.