Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4678
Título: A decomposição de macrófitas e invertebrados associados em uma lagoa rasa temporária altitudinal.
Autor(es): Dias, Emerson Silva
Orientador(es): Sant'Anna, Eneida Maria Eskinazi
Palavras-chave: Biodegradação
Invertebrado aquático
Ecologia de água doce
Lagoas
Data do documento: 2014
Referência: DIAS, E. S. A decomposição de macrófitas e invertebrados associados em uma lagoa rasa temporária altitudinal. 2014. 46 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2014.
Resumo: A decomposição de macrófitas é um processo chave em diversos ambientes aquáticos. O estudo teve por objetivo analisar quais grupos de invertebrados se sobressaem durante a decomposição e se estes possuem alguma influência no processo. A colonização de invertebrados durante a decomposição de Eleocharis minima Kunth e de uma mistura representativa de macrófitas contendo E. minima, Egeria najas Planchon e Nymphoides indica Kuntze foi investigada através do método de sacos de litter. Foram confeccionados sacos de litter com tamanhos diferentes de malha (2cm e 500μm) no intuito de permitir diferentes grupos de invertebrados participarem do processo. O local de estudo foi a Lagoa dos Coutos, uma lagoa temporária na serra do Gandarela, no noroeste do Quadrilátero Ferrífero, em Minas Gerais. Um total de 24505 organismos foram coletados e 28 táxons identificados. O grupo de maior abundância foi Acari (74,9%), devido à desproporcional quantidade de Hydrozetes sp em todas as amostras. O segundo grupo de maior abundância foi Chironomidae, com 2258 indivíduos (9,2%), seguido de Naididae, com 974 individuos (3,9%). Caenis fittkaui foi a única espécie de Ephemeroptera encontrada no estudo, com 387 indivíduos (1,5% do total). Os resultados indicaram que a assembleia de invertebrados foi diferente nos sacos com malha diferente e as densidades foram efetivamente menores (P<0,00; P<0,00) nos sacos de 500μm. Entretanto, essa diferença não foi efetiva na taxa de decomposição em nenhuma das macrófitas estudadas (P=0,503; P=0,36). O tempo de decomposição foi um fator significativo na alteração da assembleia de invertebrados (P=<0,00), mas essa diferença foi pouco pronunciada, afetando principalmente Cladocera. A taxa de decomposição de E. minima foi baixa (k =0,0062±0,0007, malha fina; k=0,0065±0,0008, malha larga). A mistura de macrófitas obteve taxas de decomposição maiores do que a de E. mínima (k=0,0082±0,0015, malha fina; k=0,0150±0,0023, malha larga). A assembleia de invertebrados foi indiferente à composição de macrófitas no saco de litter (P=0,22). Os resultados indicam que a assembleia de invertebrados não é um componente funcional determinante do processo de decomposição, não sendo observado um processo de decomposição mais veloz no tratamento controle de invertebrados (malha larga) em comparação com o tratamento de exclusão parcial, ou seleção por tamanho (malha fina); ainda assim, o período de decomposição afetou a sucessão da assembleia de invertebrados. _________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: The macrophyte decomposition is a key process in certain aquatic environments. The study objective was to analyze wich invertebrate groups stand out during decomposition and if these have any influence on the process. The invertebrate colonization during decomposition of Eleocharis minima Kunth and a representative mixture of macrophytes containing E. minima, Egeria najas Planchon and Nymphoides indica Kuntze was assessed trough the litterbag method. The litterbags were made of different mesh sizes (2cm and 500μm) in order to allow different invertebrate groups to participate in the process. The study was carried out in Lagoa dos Coutos, a temporary pond in the Gandarela range, which is part of the Iron Quadrangle in Minas Gerais state, Brazil. A total of 24505 individuals were collected and 28 taxa were identified. The largest group in abundance was Acari (74.9%), due to the disproportional quantity of Hydrozetes sp.in all samples. The second highest abundance group was Chironomidae, with 2258 individuals (9.2%), followed by Naididae, with 974 (3.9%). Caenis fittkaui was the only Ephemeroptera species found, with 387 individuals (1.5%). The results suggest that the assembly was different in the different litterbags mesh and densities were significantly smaller (P<0.00; P<0.00). However, this difference had no effect over the decomposition rates in none of the studied macrophytes (P=0.503; P=0.36). The decomposition time was a significative factor in the variation of the invertebrate assembly (P<0.00), though this difference wasn’t pronounced, affecting mainly Cladocera. The decomposition rate of E. minima was low (k=0.0062±0.0007, fine mesh; k=0.0065±0.0008, coarse mesh). The macrophyte mixture got higher decomposition rates than E. minima (k=0.0082±0.0015, fine mesh; k=0.0150±0.0023, coarse mesh). The invertebrate assembly was unaffected by the macrophyte composition in the litterbag (P=0.22). The results indicate that the invertebrate assembly is not a determinant functional component of the decomposition process, as the control group (coarse mesh) yielded no gains in the decomposition rate in comparison to the partial exclusion experiment. Still, the decomposition state affected the invertebrate assembly succession.
Descrição: Programa de Pós-Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais. Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4678
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 17/12/2014, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece nas coleções:PPGEBT - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_DecomposiçãoMacrófitasInvertebrados.pdf2,91 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons