Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4251
Título: Influência da mineração nos aspectos limnológicos e estrutura da comunidade zooplanctônica de barragens artificiais da Bacia do Ribeirão Mata Porcos (MG).
Autor(es): Moreira, Francisco Wagner Araujo
Orientador(es): Sant'Anna, Eneida Maria Eskinazi
Palavras-chave: Impacto ambiental
Minas e mineração
Resíduos vegetais
Data do documento: 2013
Referência: MOREIRA, F. W. A. Influência da mineração nos aspectos limnológicos e estrutura da comunidade zooplanctônica de barragens artificiais da Bacia do Ribeirão Mata Porcos (MG). 2013. 82 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2013.
Resumo: A mineração exerce um papel fundamental na economia dos principais países. Contudo, as preocupações frente aos impactos causados pela exploração mineral, com destaque aos recursos hídricos é, com frequência, um dos aspectos de conflito mais eminentes na interface mineração e sociedade. Este estudo foi realizado em barragens afetadas por rejeitos originários de atividades minerárias, compreendendo os aspectos limnológicos e a composição e distribuição espacial do zooplâncton em três sistemas localizados no Quadrilátero Ferrífero (MG). Foram selecionados três ambientes com características distintas: uma barragem sob efeito direto da extração de caulim (Barragem Caulim), outra barragem sob influência da mineração de ferro (Barragem Ferro) e uma terceira considerada sem entrada direta de rejeitos minerários (SEDR). Do ponto de vista limnológico, os reservatórios Caulim e Ferro apresentaram extrema redução sazonal da transparência da água com valores sempre inferiores a 1m (Secchi). Não foi observada estratificação térmica nos lagos, e a biomassa algal foi bastante reduzida (máximo de 13 μg/l), com oscilação sazonal entre os estados oligotróficos e mesotróficos. Os indicadores quantitativos da comunidade zooplanctônica apontaram para uma baixíssima diversidade de espécies (< 1,5 H’) em todas as barragens, o que indica efeitos de impacto difusos, além dos efeitos diretos da mineração. Foi observada ainda uma redução expressiva da densidade zooplanctônica (máximo de 55ind/l), especialmente na barragem Caulim, onde a densidade máxima observada não ultrapassou 25ind/l. A distribuição vertical do zooplâncton apresentou em geral, um padrão comum às barragens, sendo observado um distanciamento entre os máximos zooplanctônicos e os picos verticais de biomassa algal. Esses resultados indicam que os efeitos de atividades minerárias podem afetar substancialmente a comunidade zooplanctônica, reduzindo não apenas sua estrutura taxonômica, mas principalmente a possibilidade de aproveitar habitats mais favoráveis ao seu desenvolvimento, como aqueles associados aos locais de máxima disponibilidade alimentar. Esses padrões podem ter potenciais efeitos sobre a estrutura da cadeia trófica aquática. ______________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: Mining plays a fundamental role in the economies of major countries. However, the concerns facing the impacts of mineral exploration, with emphasis on water resources, is one of the most prominent aspects of conflict at the interface around mining and society. This study was conducted in dams affected by tailings originated from mining activities in the Quadrilátero Ferrífero (MG), including limnological aspects, composition and spatial distribution of zooplankton. Three environments with different characteristics were selected: the first one was under direct effect of the extraction of caulim (Caulim Dam); the second was under the influence of iron mining (Iron Dam), and the third environment was considered with no direct input from mining tailings (SEDR). From the standpoint of limnological, reservoirs Caulim and Iron showed extreme seasonal decrease in water transparency with values always less than 1m (Secchi disc). There was no thermal stratification in lakes and algal biomass was quite low (maximum of 13μg/l), with seasonal oscillation between oligotrophic and mesotrophic states. Quantitative indicators of zooplankton registered a very low species diversity in all dams (<1.5 H '), indicating effects of diffuse impact, beyond the direct effects of mining. It was also observed a significant reduction of zooplankton density (maximum 55ind/l), especially in the dam Caulim, where the maximum density observed did not exceed 25ind/l. The vertical distribution of zooplankton showed, in general, a common pattern in all the dams, being observed a gap between the maximum zooplankton and vertical peaks of algal biomass. These results indicate that the effects of mining activities can substantially affect the zooplankton, reducing not only their taxonomic structure, but mainly the possibility of using habitats most favorable to its development, such as those associated with the local maximum food availability. These patterns may have potential effects on the structure of the aquatic trophic chain.
Descrição: Programa de Pós-Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais. Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4251
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 16/12/2014, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece nas coleções:PPGEBT - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_InfluênciaMineraçãoAspectos.pdf1,95 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons