Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4146
Título: Análise da espécie Bibimys labiosus (Winge 1887) (Rodentia, Sigmodontinae) ao longo da sua distribuição geográfica no Brasil.
Autor(es): Diório, Daniela Gonçalves
Orientador(es): Pires, Maria Rita Silvério
Palavras-chave: Ecologia
Cricetidae
Variação morfológica
Citocromo
Distribuição potencial
Data do documento: 2014
Referência: DIÓRIO, D. G. Análise da espécie Bibimys labiosus (Winge 1887) (Rodentia, Sigmodontinae) ao longo da sua distribuição geográfica no Brasil. 2014. 79 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2014.
Resumo: Bibimys labiosus é um roedor sigmodontíneo pertencente à Tribo Scapteromyni, caracterizado pela região labial proeminente e de coloração rosada. De acordo com a literatura, a espécie está distribuída ao longo de cinco estados brasileiros, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina, além de algumas localidades na Província de Misiones, na Argentina. Nos últimos anos, houve um aumento no número de espécimes depositados em coleções zoológicas. Contudo, esse material ainda não havia sido analisado, visando atualizar o conhecimento sobre a espécie. Nesse sentido, a partir da análise dos novos exemplares e localidades disponíveis, o presente estudo buscou avaliar as variações morfológicas, morfométricas, ontogenéticas e sexuais ao longo da distribuição geográfica da espécie no Brasil e apontar regiões onde deverão ser intensificados os esforços de coleta em estudos futuros. Foram levantadas informações em todas as coleções científicas brasileiras, onde estão depositados espécimes de B. labiosus. Para as análises morfológicas e morfométricas, foram utilizadas 20 medidas cranianas. A variação ontogenética dos caracteres foi avaliada através do teste de Análise de Variância e o teste de Comparações Múltiplas de Tukey. A Análise de Componentes Principais foi empregada no estudo da variação geográfica dos caracteres. Após o sequenciamento do gene mitocondrial citocromo b, foi elaborada, por meio do método da Máxima Verossimilhança, uma árvore filogenética. Por meio do software Maxent, e considerando 19 variáveis bioclimáticas, foi proposto o mapa de distribuição potencial para a espécie. Foi reunido, para o presente estudo, um total de 81 espécimes, provenientes de 26 localidades nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina. Não foi observado dimorfismo sexual. A variação ontogenética foi maior entre as classes etárias 2 e 5. As análises de variação geográfica e molecular demonstram que não ocorre separação geográfica entre as populações de B. labiosus. Foi elaborado um novo mapa de distribuição geográfica, contendo todas as localidades registradas para a espécie. A distribuição potencial apontou as regiões maior probabilidade de encontro de B. labiosus nas regiões do sudeste, nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e São Paulo. ______________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: Bibimys labiosus is a sigmodontine rodent belonging to Scapteromyni tribe, characterized by prominent labial region and pinkish. According to the literature, the species is distributed over five Brazilian states, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná and Santa Catarina, and some localities in the province of Misiones, Argentina. In recent years, there has been an increase in the number of specimens deposited in zoological collections. However, this material had not yet been analyzed, aiming to update the knowledge of the species. In this sense, the analysis of new specimens and locations available, this study sought to evaluate the morphological, morphometric, ontogenetic and sex variations along the geographic distribution of the species in Brazil and point out areas where collection efforts in future studies should be intensified. Information was used in all Brazilian scientific collections, which are deposited specimens of B. labiosus. 20 cranial measurements were used for morphological and morphometric analyzes. The ontogenetic variation of characters was evaluated by Analysis of Variance test and Tukey's Multiple Comparison test. A Principal Component Analysis was employed in the study of geographic variation of characters. After sequencing the mitochondrial cytochrome b gene, was drafted by the Maximum Likelihood method, a phylogenetic tree. Through the Maxent software, and considering 19 bioclimatic variables, was proposed a map of the potential distribution of the species. Was gathered for this study, a total of 81 specimens from 26 localities in the states of Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro and Santa Catarina. No sexual dimorphism was observed. The ontogenetic variation was higher among age classes 2 and 5. The analyzes of geographic and molecular variation show that there is geographical separation between populations of B. labiosus. A new map of geographical distribution, containing all localities recorded for the species was prepared. The potential distribution indicated the regions most likely to encounter B. labiosus in areas of the southeast, in the states of Minas Gerais, Rio de Janeiro and São Paulo.
Descrição: Programa de Pós-Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais. Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4146
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Autorizo a UFOP – Universidade Federal de Ouro Preto – a disponibilizar gratuitamente, sem ressarcimento dos direitos autorais, o texto integral da publicação supracitada, de minha autoria, em meio eletrônico, na BDTD – Biblioteca Digital de Teses e Dissertações, no formato especificado, para fins de leitura, impressão e/ou download pela Internet, a título de divulgação da produção científica gerada pela Universidade a partir desta data.
Aparece nas coleções:PPGEBT - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_AnáliseEspécieBibimys.pdf2,93 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.