Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4098
Título: Distribuição de guildas de herbívoros em florestas montanas da Mata Atlântica, em resposta a perturbação e ao mosaico de formigas.
Autor(es): Lourenço, Giselle Martins
Orientador(es): Ribeiro, Sérvio Pontes
Palavras-chave: Formiga
Ecologia florestal
Mata Atlântica - conservação
Parque Estadual do Itacolomi
Data do documento: 2013
Referência: LOURENÇO, G. M. Distribuição de guildas de herbívoros em florestas montanas da Mata Atlântica, em resposta a perturbação e ao mosaico de formigas. 2013. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2013.
Resumo: O dossel da floresta tropical é um dos habitats terrestres mais diversos da Terra e está entre os menos estudados. Os efeitos da perturbação antrópica e da interação entre espécies na distribuição das guildas de herbívoros no dossel são ainda menos conhecidos. O objetivo do estudo foi investigar os padrões de distribuição de riqueza e abundância das guildas de herbívoros (e a soma de todas potenciais presas) e suas respostas à perturbação passada, sazonalidade e ao efeito dos mosaicos de formigas, em duas escalas de análise (dossel e copa da árvore). As coletas foram realizadas no Parque Estadual do Itacolomi, Ouro Preto e Mariana, MG, durante duas estações chuvosas (2007 e 2011) e duas estações secas (2011 e 2012), em três áreas com diferentes níveis de impacto (intenso, intermediário e leve). Em cada área foram amostrados oito segmentos de dossel (= 4 a 7 árvores contínuas), utilizando o método de batimento com o guarda chuva entomológico. Na escala do dossel, a área menos perturbada apresentou maior riqueza e abundância de sugadores e presas, já os herbívoros mastigadores não responderam à diferença de perturbação entre as áreas. A presença do mosaico teve efeito apenas sobre a abundância dos sugadores, de forma que a mesma é maior nos locais com mosaico simples, reforçando a ideia de que formigas dominantes monopolizam o recurso decorrente de exsudatos açucarados derivados de insetos (honeydew). Na escala da copa das árvores, a abundância de insetos, independente da guilda, e a riqueza de sugadores e o total de presas foram maiores na área menos perturbada. Porém, a riqueza e a abundância do inseto em árvores específicas dependem da abundância das formigas dominantes e da guilda em questão, sendo apenas a abundância dos sugadores favorecida, principalmente aqueles trofobiontes. Os resultados enfatizam a importância de analisar concomitantemente o maior número possível de variáveis que afetam a distribuição de insetos em dosséis florestais tropicais e, além disso, pela primeira vez a baixa diversidade/densidade de herbívoros/invertebrados no dossel foi adequadamente investigada e mostrou-se que estes locais são, pelo menos parcialmente, relacionada com a presença de mosaicos de formigas. ______________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: Tropical forest canopies comprise some of the most diverse terrestrial habitats on earth and among the lesser studied. The effects of forest disturbance on antagonic interactions, and subsequent consequences on the distribution of insect herbivores guilds in the canopy is even less understood. The aim of this study was to investigate the distribution patterns of species richness, abundance and composition of herbivore guilds and their responses to disturbance, seasonality and the effect of ant species mosaics in two scales of analysis (canopy and tree crowns). The samples were taken in the Parque Estadual do Itacolomi, during two rainy seasons (of 2007 and 2011) and two dry seasons (of 2011 and 2012), in three areas with different levels of impact (intense, intermediate and moderate). In each area were sampled eight canopy segments (= 4 to 7 continuous trees), using a beating sampling device. At the scale of the canopy, the moderately disturbed area showed higher species richness and abundance of sap-sucking and preys, while chewing herbivores did not respond to the effect disturbance. Finally, the presence of the mosaic only had an effect on the abundance of the sap-sucking species, so that it is greater in locations with simple mosaic, reinforcing the idea that the dominant ant monopolize the canopy honeydew. On the scale of the tree crown, insect abundance, independent of the guild, and species richness of sap-sucking and “likely ant preys” (hereafter, only preys) were greater in the moderately disturbed areas, but sap-sucking were also favoured by the dominant ants territories, especially those involved in trophobiont. The present study emphasizes the importance of analyzing concomitantly the most possible number of variables affecting the distribution of insects on tropical forest canopies. In addition, for the first time the existence of low herbivore/invertebrate diversity/density spots in the canopy was properly investigated, and shown to be, at least partially, related to the presence of ant mosaics.
Descrição: Programa de Pós-Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais. Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4098
Licença: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 02/12/2014, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Aparece nas coleções:PPGEBT - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_DistribuiçãoGuildasHerbívoros.pdf1,82 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciado sob uma Licença Creative Commons Creative Commons