Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/3130
Title: Minas de Babel padrões ortográficos e alterações burocráticas na Câmara de Mariana – MG entre 1824 e 1853.
Authors: Carvalho, Pedro Eduardo Andrade
metadata.dc.contributor.advisor: Venâncio, Renato Pinto
Keywords: Minas Gerais - história
Linguística
Gramática
Ortografia e silabação
Issue Date: 2012
Publisher: Programa de Pós-Graduação em História. Departamento de História, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: CARVALHO, P. E. A. Minas de Babel: padrões ortográficos e alterações burocráticas na Câmara de Mariana – MG entre 1824 e 1853. 2012. 414 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2012.
Abstract: Esta pesquisa insere-se no campo da história social da linguagem, uma vez que tem como objeto a escrita praticada pelos correspondentes da Câmara Municipal de Mariana e sua articulação política e social. A questão perpassa diversas áreas do fazer histórico envolvendo os campos da instrução, da política e do conflito entre camadas sociais distintas. Enfatizaremos o contexto da formação do Estado Nacional brasileiro, focando as mudanças legislativas que gradualmente difundiram a aplicação da justiça e ampliaram o número de funcionários do corpo administrativo e jurídico locais entre 1824 e 1853. Realizou-se uma comparação sistemática entre a prática da escrita dos correspondentes da Câmara de Mariana e a proposta ortográfica presente no “Dicionario da Lingua Portugueza” de Antônio de Morais Silva (1813). Com isso, contribuímos para as análises acerca da relação entre a escrita e a instrução na formação do Estado Nacional, pois se deseja atingir uma camada intermediária da população que, se não frequentou, em sua maioria, uma universidade, não deixava de conhecer as letras. A metodologia adotada põe em diálogo a História e a Linguística objetivando verificar se há uma correlação, do ponto de vista hierárquico, entre a escrita praticada pelos escriturários das correspondências recebidas pela Câmara de Mariana e a posição ocupada por estes dentro da administração e jurisdição local no período em questão.
metadata.dc.description.abstracten: This research is part of the social story of the language, since it has as resource the writing practiced by the correspondents of the “Câmara Municipal de Mariana” and its political and social articulation. The issue cuts across many history areas and involves the fields of education, politics and conflict between different social strata. We emphasize the formation of the Brazilian National State context, focusing on legislative changes that gradually spread the justice application and increased the number of local governing and legal employees between 1824 and 1853. We performed a systematic comparison between the writing at the “Câmara Municipal de Mariana” and the proposed spelling in the " Dicionario da Lingua Portugueza " by Antonio de Morais Silva (1813). This research contributes to the analyzes of the relationship between writing instruction and the national state formation, because this research wishes to reach a part of the population which wasn´t attended by a university, but did not fail to know the letters. The methodology provides a dialogue between the history and linguistics in order to verify if there is a correlation, in the hierarchical point of view, between the clerks who wrote the correspondence received by the the “Câmara Municipal de Mariana” and the position occupied by them in the local administration and the jurisdiction in the corresponding period.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3130
Appears in Collections:PPGHis - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_MinasBabelPadrões.pdf4,58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.