Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3125
Título: Avaliação em laboratório da utilização de emulsão com óleo de xisto na imprimação de solos.
Autor(es): Ramalho, Roner Walisson
Orientador(es): Motta, Laura Maria Goretti da
Palavras-chave: Mecânica do solo
Pavimentos - imprimação
Solos - coesão
Impermeabilização
Data do documento: 2011
Editora / Evento / Instituição: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Geotécnica. Núcleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Referência: RAMALHO, R. W. Avaliação em laboratório da utilização de emulsão com óleo de xisto na imprimação de solos. 2011. 138 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Geotécnica) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2011.
Resumo: Atualmente existe uma tendência de substituir os asfaltos diluídos na função de imprimação das bases por emulsões especialmente preparadas para este serviço de imprimação. A motivação principal deve-se ao fato de ser uma opção para se evitar impacto ambiental dos compostos orgânicos voláteis (VOCs) presentes nas diluições e também pelo alto custo dos solventes à base de petróleo usados nos asfaltos diluídos. O CM Eco Xisto é uma emulsão asfáltica formulada a base de óleo de xisto, que foi desenvolvida para substituir o asfalto diluído de petróleo CM-30, tradicionalmente utilizado no Brasil para imprimação. Neste trabalho, avalia-se o comportamento desta emulsão para o serviço de imprimação de base, no que se refere à penetração em três tipos de solos (arenoso, cascalho de quartzo argiloso e laterítico) encontrados no Estado de Minas Gerais. Utiliza-se a mesma taxa definida em laboratório de 1,0 l/m 2 , do Asfalto Diluído de Petróleo ADP (CM-30) sendo feita análise quantitativa de penetração, impermeabilização, coesão e aderência, entre a base e o revestimento. As amostras de solos foram submetidas aos ensaios de: Limites de liquidez e plasticidade, granulometria por peneiramento e sedimentação; compactação Proctor; CBR e expansão na energia intermodificada, definida pelo DER-MG. Foram produzidos corpos-de-prova compactados e imprimados com a emulsão e o Asfalto Diluído de Petróleo CM-30 que foram usados para se estabelecer esta comparação. Também foi utilizado um ensaio especial de arrancamento com equipamento DIPEA que ajudou a definir a qualidade da imprimação. As imprimações realizadas com a emulsão nos três solos apresentaram comportamento satisfatório, em relação às imprimações com o asfalto diluído de petróleo CM -30, em termos de penetração, coesão, aderência e impermeabilização, nas mesmas condições de ensaio. __________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: Currently there is a tendency to replace the asphalt in the role of priming diluted basis for the emulsions prepared especially for this service priming. The main motivation is to be an option to avoid environmental impact of volatile organic compounds (VOCs) in dilutions and also the high cost of petroleum-based solvents used in diluted asphalts. The CM is an Eco Shale asphalt emulsion formulated with the basis of shale oil, which was developed to replace the CM-30 diluted asphalt oil, traditionally used in Brazil. In this paper, we evaluate the behavior of this emulsion for priming the basic service, regard ing penetration in three soil types (sandy, gravel lateritic clay and quartz) found in the Minas Gerais State. We use the same rate set in the laboratory of 1.0 l / m 2, Diluted Asphalt Oil DAO (CM-30), and quantitative analysis of penetration, waterproofing, cohesion and adhesion between the base and coating were performed. The soil samples were submitted to tests, liquid limit and plasticity, grain size by sieving and sedimentation; Proctor compaction, CBR and expansion in the intermodified energy defined by DER-MG. The test-bodies compressed and primed with asphalt emulsion and Diluted Oil CM-30 that were used to establish a comparison. It was also used a special test equipment DIPEA wrenched off with that helped define the quality of priming. The priming performed with the emulsion in the three soils showed satisfactory performance, regarding the priming of CM-30 diluted asphalt oil in terms of penetration, cohesion, adhesion and sealing, with the same test conditions
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3125
Aparece nas coleções:PPGEG - Mestrado profissional (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_ AvaliaçãoLaboratórioUtilização.PDF4,8 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.