Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3064
Título: Composição e diversidade da anurofauna de serapilheira da Serra do Ouro Branco, Minas Gerais.
Autor(es): Magalhães, Adriele Prisca de
Orientador(es): Pires, Maria Rita Silvério
Palavras-chave: Anuro
Serapilheira - folhiço
Microhabitat
Sazonalidade
Floresta - fragmentação - efeito de borda
Data do documento: 2012
Editora / Evento / Instituição: Programa de Pós-Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais. Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Referência: MAGALHÃES, A. P. de. Composição e diversidade da anurofauna de serapilheira da Serra do Ouro Branco, Minas Gerais. 2012. 107f. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2012.
Resumo: A serra do Ouro Branco, inserida na porção sul da cadeia do Espinhaço, apresenta uma vegetação caracterizada por um ecótone entre os biomas Mata Atlântica e Cerrado, considerados os dois únicos “hotsposts” brasileiros. A alta diversidade de anfíbios dessa serra vem sendo documentada em trabalhos recentes. Entretanto, a destruição do hábitat e a fragmentação constituem fatores de ameaça aos anfíbios. Com o objetivo de analisar a composição e diversidade de espécies, bem como, a sazonalidade da anurofauna de serapilheira, foram amostradas três áreas de um fragmento de Mata Atlântica na serra do Ouro Branco, município de Ouro Branco, entre janeiro de 2010 a maio de 2011. Além disso, foi avaliada a influência do ambiente na composição da comunidade, a partir da análise de variáveis ambientais e da amostragem de anuros em áreas de interior de mata e de diferentes tipos borda. Para tanto, foram utilizadas armadilhas de interceptação e queda (pitfall) distribuídas em ambientes de borda e interior de mata nas três áreas de estudo. As variáveis ambientais foram mensuradas nas proximidades das linhas de armadilhas. Foram encontradas 15 espécies de anuros, tendo sido a maior parte dessas associadas ao ambiente de serapilheira e Haddadus binotatus a espécie mais abundante. As espécies Chiasmocleis sp. e Ischnocnema parva corresponderam a novos registros para região. Os resultados demonstraram que a estrutura das bordas na serra se assemelhou ao ambiente de interior da mata, provavelmente devido ao estágio recente de regeneração da mata e distância em relação às bordas. Além disso, foi evidenciada a importância das características da matriz na ocorrência das espécies que ocupam as bordas de mata. A serapilheira constituiu um fator fundamental para anurofauna que habita o chão de florestas, particularmente para as espécies de desenvolvimento direto. Os fragmentos de Mata Atlântica da serra do Ouro Branco são importantes locais para conservação, particularmente para anuros, por abrigarem grande diversidade de espécies e microhábitats, mesmo em suas porções alteradas __________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: The Serra do Ouro Branco is inserted in the southern portion of the Espinhaço Mountain Range. Its vegetation types are characterized by the domains of Atlantic Forest and Cerrado, both of them are considered Brazilian “hotspots”. The high diversity of amphibians at the Serra do Ouro Branco has been documented in recent studies. However, habitat loss and fragmentation are factors of threat to amphibians. In order to analyze the diversity and species composition, as well as population fluctuations of litter frogs, in this study we sampled three areas of an Atlantic Forest fragment at the Serra do Ouro Branco, MG, during the period of 17 months, between January 2010 and May 2011. Furthermore, we evaluated the influence of different types of edges and environment variables on community species composition. For this purpose, we used pitfall traps distributed in the edge and inside of the forest in study areas. The environmental variables were measured near the lines of the traps. Fifteen species of anurans were collected, having been the most species associated with the leaf litter and Haddadus binotatus the most abundant species. Chiasmocleis sp and Ischnocnema parva corresponded new records for the region. The results showed that the structure of the edges in this Serra do Ouro Branco is similar to the environment inside the forest, probably due to recent stage of regeneration of forest and the distance between the edges. Furthermore, we evidenced the importance of matrix characteristics on the occurrence of the species that occupy the forest edges. The leaf litter biomass was an important factor for anurans that inhabits the forest floor, particularly for the species of direct development. Atlantic forest fragments at the Serra do Ouro Branco are important sites for conservation, especially for frogs, for harboring a great diversity of species and microhabitats, even in its disturbed portions
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3064
Aparece nas coleções:PPGEBT - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_ComposiçãoDiversidadeAnurofauna.PDF2,74 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.