Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3047
Título: Estudo comparativo em folhas e caules de indivíduos de Clethra scabra pers (Clethraceae) e sua susceptibilidade à herbivoria em floresta higrófila e floresta estacional semidecidual montana no Parque Estadual do Itacolomi, MG.
Autor(es): Gramigna, Thiago Henrique de Almeida
Orientador(es): Sousa, Hildeberto Caldas de
Palavras-chave: Clethraceas
Florestas - floresta higrófila
Floresta estacional semidecidual
Anatomia foliar
Data do documento: 2012
Editora / Evento / Instituição: Programa de Pós-Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais. Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Referência: GRAMÍGNA, T. H. de A. Estudo comparativo em folhas e caules de indivíduos de Clethra scabra pers (Clethraceae) e sua susceptibilidade à herbivoria em floresta higrófila e floresta estacional semidecidual montana no Parque Estadual do Itacolomi, MG. 2012. 88 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2012.
Resumo: Solos alagados de planície de inundação impõem condições restritivas às plantas porque dificultam a oxigenação dos órgãos submersos, sobretudo raízes e partes do caule. Muitas espécies vegetais são capazes de responder a esses efeitos através de alterações anatômicas e morfológicas. Contudo, essas adaptações resultam em demandas evolutivas conflitivas com investimentos em defesa contra inimigos naturais. Em um fragmento de floresta estacional semidecidual no Parque Estadual do Itacolomi (PEIT), MG ocorrem florestas higrófilas nas áreas inundadas de entorno de riachos. A floresta estacional semidecidual possui solos bem drenados, mas que não apresentam déficit hídrico durante a época seca, enquanto a floresta higrófila é uma área alagada em todas as estações do ano, embora haja variação do grau de encharcamento do solo. Clethra scabra Pers (Clethraceae), em estudo fitossociológico anterior, foi considerada uma espécie dominante da planície de inundação, com um alto índice de valor de importância (IVI) em ambas as áreas, refletindo sua adaptação a este tipo de solo. O presente estudo testou a hipótese de que há diferenças morfo-anatômicas foliares e na herbivoria foliar de indivíduos de C. scabra nos diferentes ambientes desse fragmento florestal. Árvores localizadas na floresta higrófila e na floresta semidecidual foram marcadas e a luminosidade incidente sobre a copa, assim com o teor de água no solo e a variação do lençol freático foram mensurados mensalmente durante um ano. Folhas foram coletadas para descrição dos estômatos, tricomas, ângulos foliares, tecidos do mesofilo foliar e grau de herbivoria (área foliar perdida por mastigação). Análises de parâmetros caulinares como altura, raio e volume também foram realizadas. As árvores de C. scabra da floresta higrófila apresentaram menores alturas, raios e volumes caulinares e suas folhas possuíram menor espessura ao longo das estações quando comparadas com as árvores da floresta semidecidual. Além disso, as árvores da floresta estacional semidecidual apresentaram maiores índices de herbivoria que as árvores da floresta higrófila. __________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: Wetlands are commons in floodplains and impose restrictive conditions to plants because difficult the submerse organs oxygenation, overcoat roots and stem parts. Many vegetable species have capability of response to these effects through of anatomical and morphological alterations. Though, these alterations result to evolutionary demands that can create conflict with investment to defense against natural enemies. In a woodland fragment of Parque Estadual do Itacolomi (PEIT), MG there are semi-deciduous seasonal montane forest flanked for flooded forest. In this fragment, the semi-deciduous seasonal montane forest has soils well drained but that does not show hydric deficit during the dry season while the flooded forest is a wetland during all year seasons, although there are variation of the soil flood degree. Clethra scabra Pers. (Clethraceae) in anterior phytosociological study was regarded complementary specie by occurrence with high importance value index (ivi) in both areas. The present study objectives know the morphological and anatomical differences in leaves of C. scabra that occurs in the different environments of this forest fragment. Trees founded on flooded forest and on semi-deciduous seasonal montane forest were marked and the incident luminosity about the top of the trees as well as the water contents of soil and the variation of waterbearing were monthly measured during a year. Leaves were collected to analyze of stomata, of trichomes, of leaf angle, of mesophyll tissues and herbivory degree (leaf area lost by mastication). Analysis of stem parameters as high, radius and volume also were realized. The leaves of C. scabra in flooded forest showed minor thickness along of the seasons when compared with leaves from trees of semi-deciduous seasonal montane forest. Moreover the tree from semi-deciduous seasonal montane forest show bigger herbivore index than trees from flooded forest.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3047
Aparece nas coleções:PPGEBT - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_EstudoComparativoFolhas.PDF8,39 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.