Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/2955
Title: Avaliação da eficácia da descontaminação de resíduos biológicos do subgrupo A1 por tratamento térmico em autoclave a vapor : um estudo de caso.
Authors: Galvão, Maria Aparecida
metadata.dc.contributor.advisor: Teixeira, Mônica Cristina
Keywords: Resíduos
Autoclaves
Tratamento térmico
Gestão ambiental
Tecnologias ambientais
Issue Date: 2012
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental. PROÁGUA, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: GALVÃO, M. A. Avaliação da eficácia da descontaminação de resíduos biológicos do subgrupo A1 por tratamento térmico em autoclave a vapor : um estudo de caso. 2012. 85 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2012.
Abstract: O tratamento térmico dos resíduos infectantes do subgrupo A1 é indispensável para garantir uma disposição final ambientalmente correta e segura para os funcionários que os manipulam, tendo em vista que, alguns micro-organismos patogênicos podem permanecer viáveis, inclusive no solo, por períodos de até 180 dias. Este trabalho objetivou verificar a eficácia da descontaminação dos resíduos infectantes gerados em laboratórios de microbiologia que realiza diagnóstico e monitoramento das doenças de interesse a saúde pública, após tratamento prévio pelo método de autoclavação. Visou ainda observar o gerenciamento destes resíduos na instituição. Para alcançar os objetivos propostos realizou-se uma pesquisa de campo alicerçada em dois estudos de caso, ambos realizados no Laboratório Central de Saúde Pública de Minas Gerais, que tem descrito e aprovado em seu Plano de Gerenciamento dos Resíduos Serviços de Saúde o tratamento preliminar dos resíduos do subgrupo A1 por autoclavação. Os resíduos foram submetidos ao processo de autoclavação a 121ºC por 40 minutos e 127ºC por 30 minutos. Para investigar a eficácia da descontaminação utilizou-se um bioindicador termorresistente (suspensão de esporos de Bacillus stearotermophilus - ATCC 7953) que, quando utilizado de forma adequada, permite uma análise qualitativa e quantitativa da eficiência do processo de autoclavação. No primeiro estudo avaliou-se a descontaminação dos resíduos do subgrupo A1 acondicionados em sacos plásticos resistentes às altas temperaturas de todos os laboratórios. Posteriormente investigou-se exclusivamente os resíduos contendo o micro-organismo patogênico Mycobacterium tuberculosis, acondicionados em caixas metálicas de aço inox. Os principais resultados obtidos no primeiro estudo de caso indicam que 62,5% dos resíduos infecciosos submetidos ao tratamento não foram devidamente descontaminados como consequência do volume de resíduos acondicionado por saco. No segundo estudo, no qual, os resíduos eram dispostos em caixas metálicas, observou-se 100% de eficiência no tratamento. Constatou-se também que durante etapas chaves do gerenciamento dos resíduos há pontos de fragilidade como a segregação inadequada na totalidade dos sacos plásticos inspecionados e no acondicionamento inadequado em 38,7% destes. Quanto ao manuseio interno, há uma inobservância ao estabelecido dentro da instituição. Esses fatores podem ter contribuído negativamente para a eficácia do tratamento. Para melhoria dos resultados foram propostas algumas intervenções no manuseio, incentivo à minimização na geração de resíduos, educação continuada sobre o tema e, principalmente, a capacitação dos servidores para a correta execução das etapas do gerenciamento dos resíduos infectantes dentro da instituição.
metadata.dc.description.abstracten: The thermal treatment of infectious waste is essential to ensure an environmentally correct disposal and security for employees that handle it, considering that some pathogenic micro-organisms can remain viable in the soil even for periods of up to 180 days. This work presented here aims to determine the effectiveness of decontamination of infectious waste generated in public health laboratory responsible for diagnostic and monitoring of reportable diseases, after pretreatment by autoclaving method. This work also aims to observe the management of these wastes within the institution. To achieve the proposed objectives a field research was conducted based on the analysis of two case studies. Those studies were conducted at the Central Laboratory of Public Health of Minas Gerais, which has described and approved a Plan for the Management of Health Services Wastes (PGRSS) that obligates that the preliminary treatment of infectious residues should be achieved by autoclaving. The residues were subjected to the autoclave at 121°C for 40 minutes and 127°C for 30 minutes. To investigate the effectiveness of decontamination we used a bioindicator – a Bacillus stearotermophilus ATCC 7953 spore suspension - a heat resistant microorganism that, if correctly used, permits a quantitative and qualitative analysis of the efficiency of the decontamination process. In the first study we evaluated the decontamination of infectious waste (subgroup A1) of all microbiology laboratories packed in plastic bags resistant to high temperatures. Subsequently we investigated only wastes containing the pathogenic microorganism Mycobacterium tuberculosis (subgroup A1) put up in stainless steel containers. The main results obtained in the first case studies indicate that 62.5% of infectious wastes had not been properly decontaminated and that this fact was associated with the volume of waste packaged in the bags. In the second study, in which the residues were placed in metal boxes, there was 100% efficiency. It was also found that during key stages of the management of the health solid waste there are points of weakness such as inadequate segregation for all the plastic bags checked and packaging (38.7%). As regards to the internal management of hazardous wastes there is a failure in accomplishing PGRSS standards established by the institution. These factors may have contributed negatively to the effectiveness of treatment. In order to improve waste management process performance some policies have been proposed: handling modifications, incentive to minimize waste generation, continuing education of technical staff.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2955
Appears in Collections:PROAMB - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_ AvaliaçãoEficáciaDescontaminação.PDF1,29 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.