Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/2902
Title: Análise comparativa dos impactos ambientais e dos aspectos tecnológicos da produção de alumínio primário em Minas Gerais.
Authors: Alves, Cláudia Geralda de Souza Maia
metadata.dc.contributor.advisor: Santi, Auxiliadora Maria Moura
Keywords: Monitoramento ambiental
Licenciamento ambiental
Alumínio indústria
Ouro Preto - Minas Gerais
Poços de Caldas - Minas Gerais
Issue Date: 2011
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental. PROÁGUA, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: ALVES, C. G. de S. M. Análise comparativa dos impactos ambientais e dos aspectos tecnológicos da produção de alumínio primário em Minas Gerais. 2011. 254 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2011.
Abstract: Este trabalho apresenta uma avaliação do desempenho ambiental e das tecnologias de processo das indústrias produtoras de alumínio primário instaladas em Minas Gerais, a Novelis do Brasil Ltda. e a Aloca Alumínio S.A., localizadas nos municípios de Ouro Preto e Poços e Caldas, respectivamente. A primeira começou a operar em 1945 e a segunda no início da década de 1970. Ambas as empresas operam com a tecnologia de anodos de pasta Söderberg, característica importante do ponto de vista das emissões atmosféricas das plantas industriais. Para atingir os objetivos propostos, tomou-se como base os resultados de monitoramento ambiental que as empresas enviam ao órgão ambiental estadual, referentes ao período de 2000 a 2010, e que contemplam o elenco de poluentes analisados, o número de pontos de coleta de amostras e a periodicidade das medições, definidos na ocasião da concessão de licenças ambientais pelo Conselho de Política Ambiental (COPAM). Também foram analisadas as solicitações de Autorização Ambiental de Funcionamento (AAF) e os Autos de Infração (AI) lavrados contra as empresas. Constatou-se que há uma diferença considerável no conteúdo dos planos de monitoramento ambiental, desenvolvidos pelas duas empresas e aprovados pelo COPAM, tanto no que diz respeito aos tipos de poluentes a serem monitorados e à periodicidade das análises, quanto à abrangência do monitoramento. Durante a investigação, constatou-se que vários relatórios referentes aos planos de monitoramento das duas empresas não se encontravam nos acervos do órgão ambiental, o que prejudicou a realização de uma avaliação mais precisa. A partir da investigação realizada, pode-se inferir que a Novelis apresentou, de certa forma, um desempenho ambiental pior do que o da Alcoa, evidenciado pelas constantes ultrapassagens dos padrões de emissão de efluentes atmosféricos, o que foi refletido no maior número de autos de infração lavrados contra a empresa. De modo geral, pode-se afirmar que o plano de monitoramento ambiental foi cumprido satisfatoriamente pelas duas empresas, no que diz respeito ao monitoramento hídrico (efluentes líquidos e qualidade de águas superficiais) e ao monitoramento da qualidade do ar, embora a Alcoa não tenha realizado medições da concentração de efluentes atmosféricos, em algumas fontes. Em vista da falta de dados, não foi possível avaliar o cumprimento do plano de monitoramento de emissões atmosféricas da Novelis. Embora seja notório que a indústria de alumínio é uma importante fonte de emissão de hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs), compostos considerados de alta periculosidade para a saúde humana, constatou-se que o monitoramento da emissão desses compostos não é realizado por nenhuma das duas empresas, o que é respaldado pela própria legislação ambiental brasileira, que, tanto em nível federal quanto em nível estadual, não estabeleceram limites para a emissão de HPAs, fazendo com que a população das áreas urbanas próximas às plantas industriais fique sujeita aos riscos da exposição crônica a esses compostos. Concluiu-se, também que, da forma como vêm sendo propostos e desenvolvidos os planos de monitoramento das empresas Novelis e Alcoa e da forma como o órgão ambiental analisa os resultados apresentados, que os investimentos em recursos humanos e financeiros não trazem o retorno esperado, em termo da qualidade das informações geradas, as quais, em síntese, deveriam ser úteis para o controle da emissão na fonte e para a avaliação da qualidade ambiental das regiões onde tais empreendimentos encontram-se inseridos. Destaca-se que o trabalho tem um caráter inédito, uma vez que a avaliação proposta, voltada para a indústria de alumínio primário instalada em Minas Gerais, não tinha sido realizada até então.
metadata.dc.description.abstracten: This study has presented an evaluation of the environmental performance and of the process technologies from the enterprises which have produced primary aluminum installed in Minas Gerais State, namely, Novelis do Brasil Ltda., and Alcoa Alumínio S.A., placed in the cities of Ouro Preto and Poços de Caldas, respectively. The first one began producing in 1945 and the second one at the beginning of decade of 1970. Both of them have used the technology of anodes of Söderberg paste, important feature under view point of atmospheric emissions from industrial plants. In order to reach the purposed goals, the results of environmental monitoring which the enterprises send to the State environmental authority referred to the time period between the years 2000 and 2010 were used like a base. These data observe the discrimination of the analized pollutants, the number of points of sampling collecting, and the measurements periodicity, defined at the time of the environmental license concessions by the Conselho de Política Ambiental (COPAM). The askings of Environment Authorization of Working and the Infractions Registers (IR) made against the enterprises were analized too. It has been perceived that there is some considerable difference in the content of the environmental monitoring planes, developed by the two enterprises and approved by COPAM, both on considering the kinds of pollutants to be monitored and to the periodicity of the analyses, in relation to the reaching of the monitoring. During the investigation, it was shown that several reports referred to the monitoring planes from the both enterprises weren´t found into the registers from the environmental Institute, what damaged the realization of one more precise research. From the realized study, it was possible inferring that Novelis had presented, in any way, an environmental performance worse than Alcoa, evidenced by the constant surpassings in the standards of atmospheric effluents emissions, what was reflected on the bigger number of registers of infractions reported by the enterprise. Generally, it is possible to say that the environmental monitoring was fulfilled with satisfaction by the two enterprises, in relation to the hydric monitoring (liquid effluents and quality of superficial Waters) and to the monitoring of the air quality, although Alcoa hadn´t realizes measurements of the atmospheric effluents concentration, in some fountains. In front of the lack of data, it wasn´t possible the evaluation of the fulfillment of the plane on atmospheric emissions monitoring from Novelis. Although it is clear that the aluminum industry is one important resource of emission of aromatic polycyclic hydrocarbons (APHs), compounds considered very dangerous to the human health, it was shown that the monitoring of these compounds emission isn´t carried out by any one of both enterprises, what is permitted by the proper Brazilian Environment Laws, which, both in federal level and State one, don´t set limits to the emission of APHs, leading the urban areas population near the industrial plants has been submitted to chronic risk exposition to these compounds. It was too concluded, that , into the way like the monitoring planes of both enterprises are developed and into the way like the environmental Institute analyses the presented results, that the investments in human and financial resources don´t bring the waited return, in terms of quality of the generated information, that, in resume, should be useful to the control of the emission in the resource and to the evaluation of the environmental quality of the regions where these enterprises are inserted. It is evidenced that the study has an unpublished detail, once that the purposed evaluation, directioned to the primary aluminum industry placed in Minas Gerais, was not carried out until now.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2902
Appears in Collections:PROAMB - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_ AnáliseComparativaImpactos.pdf6,34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.