Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2860
Título: Ecologia de comunidades de aves de rapina (Cathartidae, Accipitridae e Falconidae) em fragmento de Mata Atlântica na região do Médio Rio Doce, MG.
Autor(es): Canuto, Marcus
Orientador(es): Itabaiana, Yasmine Antonini
Palavras-chave: Ecologia
Ave de rapina
Comunidades animais
Data do documento: 2009
Editora / Evento / Instituição: Programa de Pós-Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais. Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Referência: CANUTO, M. Ecologia de comunidades de aves de rapina (Cathartidae, Accipitridae e Falconidae) em fragmento de Mata Atlântica na região do Médio Rio Doce, MG. 2009. 117f. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2011.
Resumo: Informações ecológicas básicas sobre padrões populacionais das aves de rapina na Mata Atlântica são escarsos, muitas vezes devido a não utilização de métodos apropriados ou ao baixo esforço de amostra. A existência de populações sensíveis a fragmentação, exigentes de habitat preservado, de baixa densidade ou abundância local, de baixa detecção ou distribuição esparsa, demonstra a necessidade de estudos específicos ao grupo ao longo do bioma. Estes dados, quando obtidos em habitat extenso e contínuo, são essenciais para um maior entendimento da história natural do grupo, incluindo a ecologia de comunidades. No presente estudo, a coleta de dados quanto a padrões populacionais na comunidade de aves de rapina na Mata Atlântica foi realizada no Parque Estadual do Rio Doce, Minas Gerais, maior remanescente do bioma no estado. Foi realizado em 2004-2005 um estudo piloto para reconhecimento da área, adequação de métodos e coleta preliminar de dados. Apartir deste estudo, e de acordo com metodologia específica a amostragem do grupo, foram utilizados de 1-4 pontos fixos (2,5 km de raio) em árvores emergentes ou morros adjacentes a reserva, em 12 plotes de amostra de 785 a 2492 hectares. Estes pontos permitiram um amplo ângulo de visão das distintas porções da reserva, sendo realizadas um total de 126 amostras, entre 2006 e 2009, durante o período de 07:30 ás 12:00, alternadas dentre os meses de julho a janeiro dos diferentes anos, totalizando 567 horas de observação direta de espécies de aves de rapina florestais. Obteve-se 536 encontros durante os pontos fixos e 93 registros adicionais através de deslocamentos, sendo registradas 33 espécies. Cinco outras espécies foram detectadas no projeto piloto de abril de 2004. Apartir do acúmulo de registros das espécies foi avaliado o esforço de amostra e técnicas utilizadas, a composição das espécies e distribuição espacial, diversidade, abundância, atividade, sazonalidade na atividade e uso de habitat das espécies utilizando-se análises nãoparamétricas. É imprescindível um específico e repetido esforço de amostra de médio a longo prazo para a amostragem de aves de rapina florestais, ocupando territóriosdefendidos, incluindo espécies raras ou ameaçadas, em remanescentes médios ou extensos de Mata Atlântica. __________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: Basic information over population patterns of raptors in the Atlantic rainforest are scarce, many times due to the non use of proper methods or low sample effort. The existence of sensitive populations towards fragmentation, demanding of preserved habitat, of low density or local abundance, of low detection or sparse distribution, shows the need of specific studies of the group in the biome. These informations when gathered on extensive and contiguous habitat are essential for a greater understanding of the group natural history, including communities’ ecology. In the present study, the data gathering on population patterns in the birds of prey community in the Atlantic Rainforest was consummate at the Parque Estadual do Rio Doce, Minas Gerais state; the larger remain of the biome in the state. On 2004-2005 a pilot project was accomplished for recognition of the area, adequacy of methods and preliminary gather of data. From this study, and according to specific methodology to the group census, 1-4 point count (2,5 km radius) were used in emergent trees (N=23) or hills (N=10) adjacent to the reserve, at 12 sample plots from 785 to 2492 hectares. These points allowed a wide angle of view of the distinct portions of the reserve, being achieved a total of 126 samples, between 2006 and 2009, during the 07:30-12:00 period, alternated among the months of July to January of the different years, totaling up 567 hours of direct observation of forest raptors. It was obtained 536 encounters during the point counts and 93 additional records during displacements, being 33 species recorded. Another five species were detected in the pilot project of April 2004. From the accumulation of records of the species it was evaluated the sample effort and used techniques, the species composition and spatial distribution, diversity, abundance, activity, seasonality in the activity, and habitat use of the species through non-parametric analysis. It’s essential to have a concentrate, specific and repeated sample effort from medium to long term for the censuning of forest raptors, occupying defended territories, including rare or threatened species, at medium or extensive remaining of Atlantic rainforest.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2860
Aparece nas coleções:PPGEBT - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_EcologiaComunidadeAves.pdf2,65 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.