Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2326
Título: Estudo do comportamento geomecânico de pilares esbeltos modelados em rocha dura na bacia do corpo I, Mina Nova – Crixás/GO.
Autor(es): Brandani, Diogo Braga
Orientador(es): Assis, André Pacheco de
Palavras-chave: Mecânica do solo
Mecânica de rochas
Pilares - mineração
Cisalhamento
Mina Nova – Crixás - GO
Data do documento: 2011
Editora / Evento / Instituição: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Geotécnica. Núcleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Referência: BRANDANI, D. B. Estudo do comportamento geomecânico de pilares esbeltos modelados em rocha dura na bacia do corpo I, Mina Nova – Crixás/GO. 2011. 154 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Geotécnica) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2011.
Resumo: Nos dias de hoje o ouro tem motivado grandes investimentos. Tempos de crise são também tempos de oportunidade para o crescimento de empresas de mineração que trabalham na extração deste mineral. A demanda crescente associada à busca por investimentos seguros tem impulsionado o valor agregado desta commodity a preços recordes. Fato tal vem fomentando taxas de extração cada vez maiores e operações mais eficientes que impactam diretamente no controle dos aspectos relacionados à estabilidade do maciço rochoso. A Mina Nova está localizada no noroeste do estado de Goiás e trata-se de uma operação de lavra subterrânea pelo método de câmaras e pilares desde sua abertura em 1995. Ao longo dos últimos anos, informações adicionais permitiram um significativo aumento da reserva da mina, pela descoberta de novos corpos e pelo aumento nas dimensões dos corpos existentes. O Corpo I trata-se da principal reserva da mina e o aumento das reservas em sua porção central resultou na formação de uma região designada como bacia, onde a potência do minério varia de 6 a 20 metros. Por consistir em uma região previamente lavrada com câmaras e pilares, a recuperação da reserva implicaria na exposição de pilares esbeltos (w/h<0,5) que demandam cuidados a fim de garantir a segurança durante a operação e não comprometer a estabilidade local. O trabalho desenvolvido registra as etapas desta lavra na região da bacia do Corpo I, responsável por cerca de sessenta por cento da reserva do corpo na ocasião. Além disto, são apresentados os principais controles geotécnicos utilizados para o monitoramento do comportamento geomecânico. Em relação à lavra, técnicas diferentes das usuais foram adotadas e estudos técnicos foram desenvolvidos a fim de simular o comportamento dos pilares responsáveis pelo suporte de teto. Levantamentos em campo permitiram a definição dos parâmetros médios responsáveis pela resistência do maciço rochoso e das descontinuidades. De forma analítica, foi estudada a condição de estabilidade de 28 pilares a partir da Teoria da Área Tributária. Quando estes resultados são comparados a uma simulação numérica é possível identificar algumas das limitações do método que, entretanto, não invalidam seu uso de maneira preliminar. ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________
ABSTRACT: Nowadays gold has motivated high investments. Crises are also an opportunity for growing at mining companies which work with the extraction of this mineral. The rising demand regarding to the search of safe investments has driven the value of this commodity to record prices. This fact has fomented higher extraction rates and operations more efficient what impact directly on the controls related to the stability of the rock mass. Mina Nova is located in the northwest of Goiás State and it is an underground mined by room and pillar method since its opening in 1995. In the last years, additional information leaded to a significant increase of mine reserve, through the finding of new orebodies and the rise on dimensions of the existing bodies. Orebody-I is the main reserve of the mine and the reserves expand in its central portion resulted in the formation of a region called basin, where the ore thickness varies from 6 to 20 meters. By consisting in a region mined by room and pillar method, the recovery of this reserve would implicate on the exposition of slender pillars (w/h<0,5), which demand attention in order to assure safety during the operation and not to harm local stability. The work developed records mining stages of the region of Orebody-I basin, responsible for about sixty percent of the body reserve at that time. Furthermore, the main geotechnical controls used for geomechanics monitoring behavior are presented. Regarding mining works, new techniques were adopted and technical studies were prepared to simulate the behavior of pillars responsible for supporting the roof. Field surveys helped in the definition of average parameters responsible for the strength of the rock mass and discontinuities. Analytically, it was studied the stability condition of 28 pillars from the Tributary Area Method. When comparing these results to a numeric simulation, it is possible to identify some method limitations which, although, do not invalidate its preliminary use.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2326
Aparece nas coleções:PPGEG - Mestrado profissional (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_EstudoComportamentoGeomecânico.pdf16,1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.