Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/2217
Title: Caracterização bioquímica e molecular de bactérias redutoras de sulfato isoladas na RPPN do Caraça, MG.
Authors: Patrício, Ivan Cezarini
metadata.dc.contributor.advisor: Lanna, Maria Célia da Silva
Keywords: Sulfatos
Biorremediação
Bioquímica molecular
Saneamento ambiental
Issue Date: 2009
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental. PROÁGUA, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: PATRÍCIO, I. C. Caracterização bioquímica e molecular de bactérias redutoras de sulfato isoladas na RPPN do Caraça, MG. 2009. 91 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2009.
Abstract: O estudo sobre as bactérias redutoras de sulfato (BRS) tem sido direcionado, entre vários aspectos, a sua identificação, considerando a importância das mesmas para os processos de remediação de ambientes contaminados pelas mais diversas substâncias, visto a atual demanda ambiental nos países industrializados. O uso de microrganismos na remediação requer um conhecimento detalhado sobre a sua fisiologia e bioquímica, o qual tem sido subsidiado por diversas pesquisas visando o aprimoramento de técnicas de isolamento e identificação das diferentes características que tornam este grupo de bactérias de grande utilidade nestes processos. No presente trabalho, a partir de amostras de sedimento do Rio Conceição localizado na RPPN do Caraça em Minas Gerais, Brasil, foram isoladas linhagens bacterianas de bastonetes Gram negativos e Gram positivos capazes de reduzir sulfato a sulfeto de hidrogênio. Esses isolados bacterianos foram submetidos a testes para a sua caracterização bioquímica e mostraram-se capazes de utilizar variados substratos como fonte de carbono e elétrons para a redução de sulfato. Testes adicionais demonstraram a capacidade destas linhagens em realizar metabolismos diferenciados como a redução de nitrato. Em relação à investigação da sua fisiologia foram determinadas as taxas de crescimento dos isolados R102A, R106A, R112A, R304A, R307A e R313A em cultivo controlado, assim como a eficiência destas diferentes linhagens para a produção de sulfeto como produto da redução do sulfato consumido, embora não tenham sido observadas diferenças significativas entre algumas linhagens. A identificação filogenética dos isolados citados, baseada nas sequências do DNAr 16S, indicou que os mesmos pertencem à família Enterobacteriaceae, com similaridade em torno de 99% com espécies de Enterobacter sp. e Pantoea sp. Com base nos resultados fisiológicos e filogenéticos pode-se definir tais isolados como possivelmente pertencentes à família Enterobacteriaceae. A utilização alternativa do sulfato como aceptor final de elétrons demonstrada pelas linhagens isoladas, apesar desta característica metabólica ser pouco comum entre os representantes da família Enterobacteriaceae é condizente com a versatilidade desse grupo taxonômico. Destaca-se ainda que, a flexibilidade metabólica para os isolados indica a possibilidade da sua utilização em processos de biorremediação e imobilização de metais.
metadata.dc.description.abstracten: The study of sulphate-reducing bacteria (SRB) has been conducted, among several aspects, for their identification, considering the importance of this bacteria for remediation of contaminated environments by many substances, in observation at the current environmental demands in industrialized countries. The application of microorganisms in remediation requires a detailed knowledge about their physiology and biochemistry, which has been subsidized by many approaches seeking the improvement of isolation and identification techniques of different characteristics that make this bacterial group very helpful in these processes. In this work, from sediment samples of Rio Conceição located in the Caraça’s RPPN in Minas Gerais, Brazil, were isolated bacterial strains of Gram negative and Gram positive rods able to reduce sulphate to hydrogen sulfide. These bacterial strains were tested for their biochemical characterization and proved capable of using several substrates as carbon and electrons sources to reduce sulphate. Additional tests demonstrated the ability of these strains to perform distinguished metabolic features as nitrate reduction. In relation to the physiological properties were determined the growth rates of R102A, R106A, R112A, R304A, R307A e R313A strains in controlled cultivate, as well as the efficiency of the various lineages for the production of sulfide as sulphate- reduction product, although no significant differences have been observed among some strains. Phylogenetic identification of these strains based on 16s rDNA sequences, indicated that many of the isolates belong to the family Enterobacteriaceae, with similarity around 99% with species of Enterobacter sp. and sp Pantoea. Based on the physiology and phylogenetic results it can be conclude that the isolates as belong to the family Enterobacteriaceae. The capability of using sulphate as electron’s acceptor demonstrated by strains, despite being unusual among the family Enterobacteriaceae members is consistent with the versatility of this taxonomic group. The metabolic flexibility demonstrated by the isolates indicates the possibility of their use in bioremediation and imobilization of metals.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2217
Appears in Collections:PROAMB - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_CaracterizaçãoBioquímicaMolecular.pdf1,87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.