Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/14893
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCarrara, Ângelo Alvespt_BR
dc.contributor.authorAndrade, Iuri Dantas da Silva-
dc.date.accessioned2022-05-10T19:46:01Z-
dc.date.available2022-05-10T19:46:01Z-
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.citationANDRADE, Iuri Dantas da Silva. A formação da zona suburbana da cidade de Ilhéus (1888-1933). 2021. 129 f. Dissertação (Mestrado em História) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/14893-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em História. Departamento de História, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractEsta dissertação mapeia a configuração morfológica das zonas suburbanas da cidade de Ilhéus no início do século XX, considerando as ocupações e as significações do espaço realizadas pelos moradores dessas áreas. O foco recai sobre os bairros nos morros da cidade, o Outeiro de São Sebastião, Vitória e Conquista. Objetiva-se compreender em que momento as antigas áreas próximas ao núcleo urbano de Ilhéus começaram a ser ocupadas, quais foram os mecanismos sociais que possibilitaram a ocupação desses terrenos e como as novas tessituras foram se moldando aos aspectos topográficos, considerando, ainda, a cultura urbana de matriz lusa presente desde o período colonial. Como impulsionadores desse processo considera-se a expansão econômica capitaneada pelo cacau, a abolição e o avanço demográfico como seus principais fatores. A consolidação econômica e o impacto demográfico, demandarão das municipalidades uma atuação no espaço urbano, sendo o plano diretor elaborado em 1933, o fomentador de ideia de cidade que se queria projetar. Fontes textuais e iconográficas forneceram informações sobre a situação dos arrabaldes da cidade e permitiram a produção de banco de dados, de mapas e plantas com ferramentas de georreferenciamento. Os resultados desta pesquisa são apresentados em forma de narrativa textual, de conjunto de mapas conjecturais de diferentes momentos da evolução da zona suburbana da cidade e na análise do plano diretor de 1933.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.subjectUrbanizaçãopt_BR
dc.subjectPlanejamento urbanopt_BR
dc.subjectIlhéus - BApt_BR
dc.titleA formação da zona suburbana da cidade de Ilhéus (1888-1933).pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 06/05/2022 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeCarrara, Ângelo Alvespt_BR
dc.contributor.refereeDias, Marcelo Henriquept_BR
dc.contributor.refereeAntunes, Álvaro de Araújopt_BR
dc.description.abstractenThis dissertation maps the morphological configuration of the suburban areas of the city of Ilhéus in the beginning of the 20th century, considering the occupations and meanings of space carried out by the residents of these areas. The focus is on the neighborhoods in the city's hills, the Outeiro de São Sebastião, Vitória and Conquista. The objective is to understand at what time the old areas near to the urban center of Ilhéus began to be occupied, what were the social mechanisms that enabled the occupation of these lands and how the new structures were molded to topographical aspects also considering the culture urban of portuguese origens present since the colonial period. The main factors are the boosts of this process: economic expansion led by cocoa, abolition and demographic advance.The economic consolidation and the demographic impact will demand from the municipalities an action in the urban space, with the master plan elaborated in 1933 being the fomenter of the idea of the city that they wanted to project. Textual and iconographic sources provided information of the situation on the outskirts of the city and allowed the production of a database, maps and plans with geo-referencing tools. The results of this research are presented in the form of a textual narrative, a set of conjectural maps from different moments in the evolution of the suburban area of the city and in the analysis of the 1933 master plan.pt_BR
Appears in Collections:PPGHis - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_FormaçãoZonaSuburbana.pdf9,74 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons