Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/14783
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSilva, Guilherme Jorge Brigolinipt_BR
dc.contributor.advisorSilva, Keoma Defáveri do Carmo ept_BR
dc.contributor.authorCaetano, Marina Altoé-
dc.date.accessioned2022-03-30T16:21:50Z-
dc.date.available2022-03-30T16:21:50Z-
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.citationCAETANO, Marina Altoé. Avaliação de matrizes obtidas pela álcali-ativação do rejeito de barragem de minério de ferro aditivado com resíduo de lã de vidro. 2020. 65 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/14783-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractA utilização de rejeitos industriais no desenvolvimento de novos materiais para a construção civil é uma alternativa com grande potencial de mitigação do impacto ambiental. Sendo assim, a incorporação de rejeitos torna-se estratégica visando a redução do consumo de materiais não-renováveis, a fabricação de ligantes com menor emissão de CO2 e a possibilidade de destinação ambientalmente adequada. Diante disso, tem-se os materiais álcali ativados, os quais são obtidos a partir da ativação alcalina de materiais ricos em alumínio e silício e podem ter diversas aplicações. Considerando a composição dos resíduos advindos da mineração do ferro e que estes se enquadram como um passivo ambiental, a aplicação destes resíduos em novos ligantes tem relevância. Nesse sentido, o presente trabalho avaliou a viabilidade da utilização de rejeito de barragem de minério de ferro aditivado com resíduo de lã de vidro em matrizes ativadas alcalinamente por hidróxido de sódio. Ambos os rejeitos passaram pelo procedimento de moagem em moinho de bolas horizontal e caracterização física, química e mineralógica. Em seguida, foram produzidas seis misturas variando a concentração molar de hidróxido de sódio (4 e 8 mol/L) e a adição de resíduo de lã de vidro (0, 15 e 30 % em massa), com relação em massa água/rejeitos fixada em 0,27. Posteriormente, os corpos de prova foram submetidos à cura em temperatura ambiente controlada (27 ºC) por até 28 dias. As matrizes foram submetidas à ensaio de resistência à tração na flexão e compressão nas idades de 14 e 28 dias. Ensaios de difração de raios-x e termogravimetria foram realizadas para todas as misturas com 28 dias. De forma geral, as matrizes com adição de lã de vidro apresentaram desempenho mecânico superior às matrizes de referência. Sendo que, o acréscimo de resíduo de lã de vidro nas matrizes proporcionou acréscimo de capacidade de carga. Além disso, observou-se que todas as misturas sofreram interferência na resistência à compressão com variação da concentração de hidróxido de sódio. Os resultados indicam que o melhor desempenho foi encontrado nas misturas com 30 % de adição de resíduo de lã de vidro. Ocorreu a formação da fase do tipo zeólita, sodalita, em algumas matrizes analisadas e aumento do teor de amorfo comparado ao teor presente no rejeito de barragem de minério de ferro. O material desenvolvido poderá contribuir para uma construção mais sustentável, minimização dos impactos ambientais e transformação de resíduos em produtos com valor agregado.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.subjectBarragens de rejeitos - minérios de ferropt_BR
dc.subjectResíduos de vidro - reaproveitamento - lã de vidropt_BR
dc.subjectMinas e recursos minerais - sodalitapt_BR
dc.titleAvaliação de matrizes obtidas pela álcali-ativação do rejeito de barragem de minério de ferro aditivado com resíduo de lã de vidro.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 19/02/2021 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeSilva, Guilherme Jorge Brigolinipt_BR
dc.contributor.refereeSilva, Keoma Defáveri do Carmo ept_BR
dc.contributor.refereeCarvalho, José Maria Franco dept_BR
dc.contributor.refereePedroti, Leonardo Gonçalvespt_BR
dc.description.abstractenThe use of industrial waste in the development of new materials for civil construction is an alternative with great potential to mitigate the environmental impact. Therefore, the incorporation of tailings becomes strategic in order to reduce the consumption of nonrenewable materials, to produce binders with lower CO2 emissions and enable the possibility of environmentally-friendly disposal. Thus, we have activated alkali materials, which are obtained from the alkaline activation of materials rich in aluminum and silicon and have several applications. Considering the composition of mining waste and is categorized as an environmental passive, the application of this waste in the production of new binders is relevant. In this sense, the present work evaluates the feasibility of using iron ore dam tailings added with glass wool residue in development matrices activated alkaline by sodium hydroxide. Both residues went through the horizontal ball mill grinding procedure and physical, chemical and mineralogical characterization. Then, six mixtures were produced varying the molar concentration of sodium hydroxide (4 and 8 mol / L) and the addition of glass wool residue (0, 15 and 30 % by mass), with water / tailings mass ratio fixed at 0,27. Subsequently, the specimens were cured at a controlled room temperature (27 ºC) for 28 days. The matrices were submitted to a tensile strength test in flexion and compression at the ages of 14 and 28 days. X-ray diffraction and thermogravimetry tests were performed for all mixtures at 28 days. The specimens with the addition of glass wool showed superior mechanical performance compared to the reference specimens overall. Thus, the addition of glass wool residue in the matrices provided an increase in load capacity. In addition, it was observed that all mixtures suffered significant interference in the compressive strength with variation in the concentration of sodium hydroxide. The results indicate that the optimum performance was found with 30% addition of glass wool residue. The formation of the sodalite, a zeolite-type phase, type phase occurred in some matrices and an increase in the amorphous content compared to the content present in the iron ore tailings dam. The material developed presents great potential to be deployed in sustainable constructions, minimizing environmental impacts and transforming waste into products with greater added value.pt_BR
Appears in Collections:PROPEC - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AvaliaçãoMatrizesObtidas.pdf2,86 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons