Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/14707
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorReis, Luciana Paulapt_BR
dc.contributor.advisorFernandes, June Marquespt_BR
dc.contributor.authorCordeiro, Raphaella Ferreira-
dc.date.accessioned2022-03-18T16:47:36Z-
dc.date.available2022-03-18T16:47:36Z-
dc.date.issued2022pt_BR
dc.identifier.citationCORDEIRO, Raphaella Ferreira. Um estudo sobre as barreiras que impactam a adoção da Indústria 4.0. 2022. 60 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Instituto de Ciências Exatas e Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto, João Monlevade, 2022.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/14707-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. Departamento de Engenharia de Produção, Instituto de Ciências Exatas e Aplicadas, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractA nova onda industrial, a chamada Indústria 4.0 (I4.0), promete reformular os padrões atuais de produção e consumo. Considerada uma das principais tendências nos sistemas de fabricação atual, a I4.0 tem revolucionado os cenários industriais, demonstrando grande potencial para desbloquear práticas mais integradoras dentro das organizações. No processo de implementação da Indústria 4.0 são encontradas diferentes barreiras que dificultam ou até mesmo inviabilizam a obtenção de resultados satisfatórios. A partir de uma revisão abrangente da literatura, foram identificadas um total de 12 barreiras que representam as principais dificuldades enfrentadas pelas empresas durante a adoção da I4.0. Uma vez identificadas, o trabalho tem como objetivo avaliar o impacto das barreiras vivenciadas pelas organizações na adoção da I4.0. Como abordagem de pesquisa foi utilizado o método survey, que adota o uso do questionário para a coleta de dados. Este questionário foi enviado a um conjunto de indústrias e, a partir do feedback de 99 empresas, foi realizado uma análise e tratamento quantitativo dos dados com o auxílio da análise fatorial, juntamente com a regressão múltipla. Essas análises buscaram validar o modelo estrutural proposto que visa representar o relacionamento dessas barreiras com a adoção. Além disso, os resultados alcançados podem auxiliar os gestores na compreensão profunda dos desafios da Indústria 4.0, facilitando a propagação desse conceito nas empresas brasileiras.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by/3.0/us/*
dc.subjectIndústria - indústria 4.0pt_BR
dc.subjectEstatística industrial - análise fatorialpt_BR
dc.subjectEconometria - regressão múltiplapt_BR
dc.titleUm estudo sobre as barreiras que impactam a adoção da Indústria 4.0.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 15/02/2022 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante.pt_BR
dc.contributor.refereeReis, Luciana Paulapt_BR
dc.contributor.refereeFernandes, June Marquespt_BR
dc.contributor.refereeSilva, Sergio Evangelistapt_BR
dc.contributor.refereeFerreira, William de Paulapt_BR
dc.description.abstractenThe new industrial wave, the so-called Industry 4.0 (I4.0), promises to reshape current patterns of production and consumption. Considered one of the main trends in current manufacturing systems, I4.0 has revolutionized industrial scenarios, demonstrating great potential to unlock more integrative practices within organizations. In the process of implementing Industry 4.0, different barriers are found that make it difficult or even impossible to obtain satisfactory results. From a comprehensive literature review, a total of 12 barriers were identified that represent the main difficulties faced by companies during the adoption of I4.0. Once identified, the work aims to assess the impact of barriers experienced by organizations in the adoption of I4.0. As a research approach, the survey method was used, which adopts the use of the questionnaire for data collection. This questionnaire was sent to a set of industries and, based on the feedback of 99 companies, an analysis and quantitative treatment of the data was carried out with the aid of factor analysis, together with multiple regression. These analyzes sought to validate the proposed structural model that aims to represent the relationship of these barriers to adoption. In addition, the results achieved can help managers to deeply understand the challenges of Industry 4.0, facilitating the propagation of this concept in Brazilian companies.pt_BR
Appears in Collections:PPGEP - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_EstudoBarreirasImpactam.pdf978,52 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons